Cultura judaica em Curitiba

Judaísmo em Curitiba

Especificamente no Paraná os primeiros judeus chegaram em 1880, originários da Galícia e pertencentes à família Flacks e à família Rosenmann, que se estabeleceram na recém criada colônia agrícola de Tomás Coelho, hoje Barigui.

Seguindo uma tradição, os judeus se dedicaram às atividades comerciais, vendendo principalmente produtos agrícolas, em especial os cereais, o que facilitou a relação com os agricultores de Tomás Coelho. Os Flacks e os Rosenmann uniram-se e organizaram um armazém de secos e molhados, onde comercializavam os gêneros agrícolas dos camponeses.

A vinda ao núcleo urbano de Curitiba ocorreu anos mais tarde, sendo que apenas Max Rosenmann saiu de Tomás Coelho. Os Flacks retornaram à Europa a fim de casarem seus filhos com pessoas da comunidade judaica, para que assim garantissem a continuidade de suas tradições. Rosenmann, com o passar dos anos, foi se estabelecendo, tornando-se um líder da pequena comunidade que já se formava, passando a exercer um papel de elemento congregador, que buscava preservar a identidade do grupo, organizando as principais cerimônias do rito religioso judaico.

Em 1920 a comunidade conseguiu organizar o Centro Israelita do Paraná, e em seguida o esforço foi para adquirir uma propriedade para construir uma sinagoga e um Centro Cultural e Social, para preservar e difundir a tradição e a cultura judaica. Com a criação do Centro Israelita outras instituições surgiram, sempre buscando responder às necessidades desse grupo. Em 1925, através de uma doação, a comunidade estabeleceu o seu primeiro cemitério, anexo ao Cemitério Municipal, no bairro Água Verde. Hoje a comunidade possui outros dois cemitérios, no bairro Santa Cândida e no Embu. Pouco tempo depois, em 1927, criou-se a escola israelita, que tinha o objetivo de manter a educação, as tradições, os costumes e a cultura judaica.

Atualmente, a Comunidade Judaica Paranaense conta com aproximadamente 1.000 famílias, que em sua maioria vivem em Curitiba. O CIP representa a vertente conservadora do judaísmo, em maior número na cidade, e o Beit Chabad congrega os judeus da vertente ortodoxa.

Fonte: http://www.thecities.com.br

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em hebráico.

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Conheça as famosas comidas típicas da Alemanha

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Intérprete simultâneo de alemão.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Difícil encontrar alguém que não fique satisfeito com as comidas típicas da Alemanha. Marcada por pratos robustos, a gastronomia alemã é lembrada pelos ingredientes marcantes.

De fato, a culinária do país não está entre as mais sofisticadas do mundo. Mas nem por isso é menos deliciosa.
Nos pratos típicos da Alemanha, os protagonistas são a carne de porco, o repolho, a batata e as salsichas.

No Brasil, é bem fácil encontrar essas delícias emcidades colonizadas pelos alemães, que mantêm algumas de suas tradições, como Blumenau (SC) e os municípios da Rota Romântica, como Morro Reuter e Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul.

Se você vai visitar a Alemanha em breve, simplesmente não pode deixar de experimentar os comidas típicas da cozinha germânica. A seguir, vamos falar um pouquinho sobre eles.
5 comidas típicas da Alemanha para experimentar

Não se deixe assustar pelos nomes estranhos: a culinária da Alemanha tem alguns sabores parecidos com os do Brasil e, certamente, pelo menos um dos pratos típicos abaixo vai agradar você. Certifique-se de prová-los:

1. Bratkartoffeln

Batata alemã
Batatas protagonizam os pratos típicos da Alemanha. Foto: iStock, Getty Images

A essência desse prato típico da Alemanha é a batata, um dos ingredientes mais consumidos no território germânico.

Bratkartoffeln é simplesmente um cozido feito com batatas e especiarias, como cebola, bacon, alho e sal. Trata-se de uma receita simples, mas bastante comum nas casas dos alemães.

A batata também protagoniza outros pratos interessantes, como o Kartoffelpuffer (que consiste em uma mistura de batatas raladas com farinha de trigo, ovos e tempero, formando uma espécie de panqueca) e a Kartoffelsalat, a famosa salada de batatas.

2. Sauerkraut

sauerkraut
Sauerkraut é o legítimo chucrute alemão. Foto: iStock, Getty Images

Na tradução literal, Sauerkraut é o tradicionalchucrute – elaborado com a partir da conserva de repolho fermentado.

A receita tradicional tem um toque bem azedinho. Geralmente, ele é servido como acompanhamento de alguma carne de porco.

3. Eisbein

Eisban
Joelho de porco é outro ingrediente tradicional consumido pelos alemães. Foto: iStock, Getty Images

Esta é uma comida típica alemã que costuma causar certo estranhamento aos estrangeiros. Eisbein nada mais é do que o joelho de porco cozido, um prato muito tradicional da Alemanha.

Ele normalmente é preparado com especiarias e servido com batatas e chucrute.

Já a versão assada da carne é chamada de Schweinshaxe – e também é bastante popular nos restaurantes alemães.

4. Wurst

Wurst
Salsichas alemãs são consumidas em todo o território germânico. Foto: iStock, Getty Images

Impossível falar em Alemanha sem mencionar o Wurst. Na verdade, esse é um termo genérico para se referir às salsichas alemãs.

Há mais de 1500 diferentes tipos delas no país, elaboradas com ingredientes como carnes nobres de porco, vaca, vitela ou até uma combinação entre todas.

Dependendo do método de fabricação, o Wurst pode se parecer mais com uma linguiça, uma salsicha ou um patê.

Os tipos mais consumidos em solo alemão variam de acordo com a região. A Frankfurter e a Krakauer, por exemplo, são salsichas de coloração bemavermelhada.

Em Berlim, é fácil encontrar a Currywurst, que é fatiada e temperada com molho curry. Já no sul da Alemanha, fazem mais sucesso as salsichas brancas. Experimente todas para escolher sua favorita!

5. Käsespätzle

Spaetzle
Spätzle é uma massinha típica da Alemanha. Foto: iStock, Getty Images

Outra comida típica deliciosa da Alemanha para incluir no seu itinerário gastronômico é a Käsespätzle.

Trata-se de um prato bem comum na região sul do país, perto de Stuttgart, que consiste em uma massinha feita com farinha de trigo e ovos, cozida em água fervente e acompanhada de um molho de queijo.

Conforme manda a tradição, a massa é servida direto da panela quente, o que garante um charme todo especial ao prato.

Fonte: https://mapadomundo.org/alemanha/comidas-tipicas-da-alemanha/

10 curiosidades culturais sobre a Espanha

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em espanhol.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

1. A Espanha é o segundo maior país da Europa Ocidental depois da França. Além do território situado entre a Andorra, França e Portugal, o território espanhol também inclui Gibraltar e Ilhas Canárias, além de duas cidades autônomas no Norte da África chamadas Melila e Ceuta.

2. A língua oficial no país é o espanhol, mas há outras línguas com o estatuto de co-oficiais. São elas: o catalão, o galego, o basco, o aranês e o valenciano.

3. Falado na região da Galícia, o galego é uma língua muito próxima do português.

4. Em 1580, Portugal e Espanha passaram a ser um só país. A União Ibérica durou até 1640, quando os portugueses conseguiram a sua independência. Isso quer dizer que durante um bom tempo, todos nós fomos espanhóis.

5. Nas cidades do interior, é comum no horário do almoço encontrar o comércio local fechado por um período médio de duas horas, é a siesta. Os nativos têm o hábito de dormir após a refeição. Eles vão para casa, dormem por pelo menos uma hora e então retornam as suas atividades.

6. Na Espanha os filmes são todos dublados, e ver os filmes com legendas é uma exceção. Os filmes são vistos dublados não só na tv, mas também no cinema e na tv a cabo.

7. O “Dia de Reis” (06 de janeiro, feriado nacional) é mais importante que o Natal para as crianças espanholas. Há desfiles pelas cidades com os Reis Magos vistos por milhares de crianças que esperam ansiosas seus presentes (ou carvão, caso tenham se comportado mal).

8. Na maioria das regiões espanholas é costume levar a aliança de casamento no dedo anular da mão direita.

9. No final de fevereiro a Espanha também tem o carnaval. Em Santa Cruz do Tenerife, a festa de carnaval segue os mesmos moldes do carnaval do Rio de Janeiro.

10. A tradição mais polêmica de toda a cultura espanhola é a Tourada (ou Corrida de Toros, como é conhecida na Espanha).

Fonte:https://www.soespanhol.com.br/conteudo/Curiosidades_espanha.php

Quais os esportes mais populares nos EUA?

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em inglês.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Os Estados Unidos têm vários esportes com grande popularidade e a maioria das modalidades é organiza em ligas, como a MLB, a NFL e a NBA.
Uma curiosidade é que o país do Futebol Americano também está se rendendo ao futebol (soccer). Uma pesquisa realizada em 2010 pela Foxnews apontou que os esportes mais populares nos Estados Unidos são:futebol americano, basquete, beisebol, hóquei no gelo, atletismo, tênis, golfe e futebol.
A MLS – Major League Soccer, já tem atraído um público maior do que a NHL – National Hockey League. A liga de futebol também está ganhando espaço na televisão norte-americana graças ao crescimento da população latina no país.

Fonte: https://www.google.com/amp/s/www.sitedecuriosidades.com/curiosidade-amp/quais-os-esportes-mais-populares-nos-eua.html

Recurso exclusivo dos Pixel Buds, tradução simultânea é liberada para fones de ouvido concorrentes

 

Lançados há pouco mais de um ano, os Pixel Buds – o primeiro par de fones de ouvido sem fio da Google, chegaram ao mercado trazendo novidades surpreendentes: além de ter suporte ao Google Assistente, os novos fones traziam um módulo de tradução simultânea do Google Tradutor, permitindo, pelo menos no papel, que o usuário pudesse ter uma conversa mais fluída com alguém que não falasse a sua língua.

Após a chegada da novidade ao mercado, outras marcas como LG, Bose, Sony e JBL também fizeram as suas aparições e lançaram fones com Google Assistente, mas sem a presença do módulo de tradução, deixando a função exclusiva ao produto do Google.

No entanto, segundo novas informações encontradas na página dos fones, no próprio site do Google, a gigante de buscas pode estar prestes a abrir mão da exclusividade. Com suporte a mais de 40 línguas, ao que parece o recurso poderá ser visto em breve em fones de outras marcas.

Antes descrita como “O Google Tradutor no Google Pixel Buds só está disponível em telefones Pixel”, a seção de compatibilidade recebeu algumas mudanças e agora tem a seguinte descrição: “O Google Tradutor está disponível em todos os fones de ouvido otimizados para o Assistente e telefones Android”.

Ou seja, apesar da compatibilidade do recurso continuar restrita a aparelhos com Android superior ao Marshmallow 6.0, ela já está, ou ficará em breve, disponível para todos os dispositivos que possuem suporte ao Google Assistente. Com isso, se você tem algum fone com esse suporte, pode agendar a sua próxima viagem para o exterior e testar o novo recurso.

fonte: https://www.tudocelular.com/software/noticias/n131838/pixel-buds-traducao-simultanea-fones-de-ouvido.html

Tradução Hebraico

Tradução Hebraico
http://www.espanglishtraducoes.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

O hebraico (עברית, ivrit) é uma língua semítica. A Torá (Pentateuco), que os judeus acreditam ter sido escrita na época de Moisés, há quase 3.400 anos, foi redigida no hebraico “clássico”. Depois da primeira destruição de Jerusalém pelos babilônios em 586 a.C., o hebraico clássico foi trocado no uso diário pelo aramaico, tornando-se em primeiro lugar uma língua franca regional, usada liturgicamente, no estudo do Mishná e no comércio.

O hebraico renasceu oralmente durante o final do século XIX e começo do século XX como o hebraico moderno, adotando alguns elementos dos idiomas árabe, ladino e idish, como língua falada por grande parte dos habitantes do Estado de Israel, do qual é a língua oficial (assim como o árabe).

Somos uma agência de tradução focada nos serviços de Tradução simultânea, consecutiva e sussurrada, na tradução escrita, tradução jurídica, religiosa e comercial de Português -Hebraico e Hebraico – Português, além de outros pares de línguas.

Tradução de documentos para Hebraico

Você e sua organização podem agora traduzir todo tipo de documentos em Hebraico graças aos nossos tradutores competentes e responsáveis. Os nossos serviços de tradução dirigem-se às empresas que necessitam um serviço rápido e eficiente, assegurando os mais elevados padrões de qualidade e um preço sempre competitivo. Hebraico Bíblico, livros sobre religião e todo tipo de material sobre Israel.

Tradutores de Hebraico – Português

Tradução,processo humano, que nos leva a escolher nossos tradutores de Hebraico de forma cuidadosa, competentes e especializados, comprometidos com a qualidade e a fidelidade. Trabalhamos com tradutores que amam o seu trabalho e que possuem interesse genuíno por você e pelos seus objetivos.

Tradução Simultânea em Hebraico

Se o seu evento precisa de intérpretes nativos de língua Hebraica a ESPANGLISH lhe apresenta os seus serviços de interpretação Simultânea, Consecutiva e Sussurrada em Hebraico no Brasil inteiro, em seminários, visitas técnicas e todo tipo de conferências.

Traduções técnicas de Hebraico – Português

Oferecemos traduções de documentos técnicos, legais e bíblicos em Hebraico, colaborando com outros tradutores de Hebraico. Traduzimos documentos de Hebraico, tais como manuais, textos religiosos, contratos, IT e declarações.

Tradução Juramentada de Hebraico

Tradução realizada por tradutor público, exigida legalmente em todo o país para documentos oficiais em instituições públicas.

Tradução de websites em Hebraico

Traduzimos websites para o Hebraico. Entregamos um website em Hebraico que otimiza os seus negócios, apresentando a sua organização e os seus serviços.

Legendagem e Dublagem em Hebraico

Serviço de Legendagem e Dublagem em Hebraico é com a Espanglish.

  • Tradução de legendas e áudio, respectivamente.
  • Cada Serviço de Legendagem ou Dublagem merece uma dedicação minuciosa com cada frase e cada sentido, o sincronismo é fundamental.
  • Isso é válido para os serviços de Legendagem e o de Dublagem.

Revisão de Textos em Hebraico

A ESPANGLISH Traduções lhe oferece também um serviço de revisão de textos em Hebraico, e outras línguas ou revisão de textos em Português que foram traduzidos de outros idiomas , através de profissionais capacitados na língua Hebraica e outras, para poder aperfeiçoar os seus investimentos e reduzir o prazo de entrega.

Aulas de Hebraico In Company

A abordagem da do Curso de Hebraico da ESPANGLISH oferece atenção mais individualizada para um aprendizado mais eficaz e rápido. As nossas aulas de Hebraico são com professores nativos, que moraram no Israel e conhecem sua cultura e tradições. As aulas podem acontecer qualquer dia da semana, inclusive nos sábados, para que você não adie mais o seu projeto de aprender Hebraico por falta de tempo. Os professores vão até a sua casa ou escritório no horário e dia combinados, e você não precisa perder as aulas por causa de trânsito e pequenos empecilhos do cotidiano. Afinal, em Curitiba, dominar o Hebraico é sem dúvida uma vantagem competitiva no mercado de trabalho. Os cargos de gerência cada vez mais exigem o domínio de uma segunda língua. Conte com a ESPANGLISH, que se ajusta ao seu tempo e te presenteia com o primeiro livro do curso.