O Vale do Café: turismo e cultura

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Juramentada de Carteira de Identidade/Passaportes no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Uma das regiões mais emblemáticas do Estado do Rio de Janeiro é o Vale do Café. Além de percorrer cidades pitorescas e cheias de opções culturais e gastronômicas, apresenta um acervo de fazendas históricas que retratam a história do café e do negro escravizado. A visitação das mesmas, que com a decadência da venda do café e do leite se viram obrigadas a encontrar no turismo uma forma de sobrevivência, tem se profissionalizado muito nos últimos anos e investimentos foram realizados num modelo de gestão hoteleira.

Sem nenhum investimento efetivo do governo do Estado do Rio de Janeiro, os proprietários foram buscando de forma individual  e com seus próprios recursos soluções para problemas pontuais e iniciativas pioneiras, como o recém inaugurado Museu do Café, em Vassouras e um museu da escravidão, em Rio das Flores. Fora a excelência de uma agricultura sem agrotóxicos e criação de búfalos, em Barra do Pirai. Outra preciosidade são jardins musicais presentes. Enfim, algo que nos leva a uma tomada de consciência de nossa grandiosidade turística.

Preservale

Cabe aqui uma menção também ao Preservale. Trata-se de um instituto sem fins lucrativos que congrega as fazendas da região pelo trabalho e que colocou em prática nos últimos cinco anos a sinalização de parte das rodovias federais, o lançamento de uma revista para promover a região, cursos e seminários e a constante utilização das redes sociais, para promoção institucional do grande produto turístico. Tais atividades ajudaram a uma recolocação mercadológica do Vale, que já tem no seu festival de música um importante momento de venda. Essas atividades mercadológicas devem ser sempre priorizadas no sentido de tornar o Vale do Café um destino mais procurado.

As fazendas hoje realizam atividades educacionais voltadas não só para crianças dos municípios vizinhos mas para o público em geral , como forma de manter viva a história brasileira e fluminense, assim como descentralizar a oferta turística existente, com novas opções de comercialização de um turismo cultural, responsável e sustentável. Valorizar o patrimônio preservado é uma forma efetiva de contribuir para a manutenção da memória e de entender melhor os rumos que o Brasil tomou.

Retomada

Com a proximidade das eleições, esperamos que os próximos programas de governo sejam de fato voltados para o desenvolvimento turístico, não com as ideias mirabolantes e constantes lançamentos de programas que não acontecem,  mas sobretudo com uma proposta de retomada do crescimento da região, através de um plano estadual de aperfeiçoamento do turismo, que inclua postos de informações, sinalização e estratégias de desenvolvimento e promoção, com a interação com a população anfitriã que precisa ser parte do processo de busca de sobrevivência do Turismo.

Não basta acreditar, identificar e discutir o potencial turístico, o que a região necessita já está claro e consta do programa feito por técnicos para maximizar o numero de visitantes; o momento é para que os fazendeiros e outros atores se unam e exijam (como herdeiros de uma parte importante de nosso passado) que Poder Público e Iniciativa Privada tracem caminhos para o futuro próximo…

fonte: https://diariodoturismo.com.br/o-vale-do-cafe-turismo-e-cultura/

Circuito Mundial de Squash chegará ao Brasil em 2019

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Juramentada de Certificados de Livre Exportação no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Lagoa Rodrigo de Freitas, no RJ, receberá evento entre 2 e 7 de abril

O Circuito Mundial de Squash chegará ao Brasil em 2019, e o local escolhido foi a Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos cartões-postais mais famosos do Rio de Janeiro. De 2 a 7 de abril, os melhores atletas do mundo no esporte disputarão o Rio International Squash Open, etapa Silver do Circuito Mundial, que chega pela primeira vez na história à América Latina.

Um dos fatores que promete chamar a atenção do público será a implementação da quadra de vidro com visão 360o e vista para o Cristo Redentor. A ideia segue um modelo já consolidado e que faz muito sucesso em outras etapas ao redor do mundo, como na Grand Central Station, em Nova York, nos Estados Unidos, e nas Pirâmides de Gizé, no Egito.

“Trazer uma etapa deste nível do Circuito Mundial de Squash para o Rio de Janeiro é um sonho antigo e inédito no país e na América do Sul. Vamos realizar um evento no nível dos que já são disputados na Grand Central Station (NY), Canary Wharf (Londres) e nas Pirâmides do Egito, com quadra de vidro para uma experiência em 360o incrível. O objetivo do torneio é inserir a cidade no calendário anual do PSA World Tour, sempre trazendo os melhores atletas do mundo para jogar em um ponto turístico do Rio”, afirmou Fernando Paz, sócio da Siga Norte Eventos e diretor do evento.

De acordo com Fernando, ao todo, serão 48 atletas de mais de 20 países nas categorias masculino e feminino. Um dos objetivos é usar o torneio para mostrar as belezas naturais cariocas e atrair turistas. Haverá transmissão para mais de 140 países por meio de emissoras como Eurosport, BT Sport e SquashTV.

“Eventos de grande porte como o Rio International Squash Open 2019 são de extrema importância para a divulgação e promoção dos atrativos turísticos do Rio de Janeiro. É mais um destacado evento esportivo que repercutirá imagens do nosso estado em centenas de países. A cidade, hoje, conta com ampla rede hoteleira, infraestrutura de transporte público, além de equipamentos turísticos, e está preparada para receber eventos desta natureza, que atraem um enorme fluxo de turistas nacionais e internacionais”, disse Nilo Sergio Felix, secretário de estado de turismo do Rio de Janeiro.

 

Em paralelo, o torneio servirá também para promover o squash no Brasil. Ao mesmo tempo em que ocorre a etapa do Circuito Mundial, será realizada uma etapa do circuito carioca, com 250 atletas de todas as partes do país.

“Estamos entusiasmados com a realização de um torneio PSA Silver no Brasil, proporcionando o crescimento e o desenvolvimento do squash em nosso país. Nós incentivamos e apoiamos o compromisso do Rio de Janeiro com o squash e temos certeza de que este evento será uma grande vitrine para a modalidade”, afirmou Carlos Paiva, presidente da Confederação Brasileira de Squash (CBS).

Vale ressaltar que o squash é um esporte que vem crescendo pelo mundo e já tem cerca de 20 milhões de praticantes em mais de 185 países. Além disso, as etapas do PSA World Tour sempre atraem marcas de renome internacional, como Audi, Maserati, Rolex, J.P.Morgan, entre outras.

Com tanta gente praticando e patrocínios bem consolidados, já há especulações de que o squash possa ser inserido no programa olímpico para os Jogos de Paris, em 2024.

fonte: https://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/circuito-mundial-de-squash-chegara-ao-brasil-em-2019_35231.html

Parques do RJ misturam turismo em cachoeiras e piscinas naturais

Espanglish Traduções oferece os seus serviços de Tradução Técnica Biotecnologia no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

O Parque Estadual do Desengano, no Norte FluminenseO Parque Estadual do Desengano, no Norte Fluminense

Criado em 1970 e conhecido pela diversidade de sua fauna, o Parque Estadual do Desengano, no Norte Fluminense, abrange as cidades de Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos. Trilhas de dez minutos levam às cachoeiras Tombo d’Água, com queda de 70 metros, e Maracanã, que tem piscina natural.

O maior de todos
O Parque dos Três Picos, a maior unidade de conservação estadual
O Parque dos Três Picos, a maior unidade de conservação estadual

Entre os atrativos do Parque dos Três Picos, a maior unidade de conservação estadual, com 65 mil hectares, estão as trilhas do Jequitibá (de 1km e que leva à cachoeira de mesmo nome) e da Pedra do Elefante. Abrange Teresópolis, Guapimirim, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Silva Jardim.

As águas vão rolar
O Parque Estadual da Pedra Selada fica em parte da Serra da Mantiqueira
O Parque Estadual da Pedra Selada fica em parte da Serra da Mantiqueira

 

O Parque Estadual da Pedra Selada fica nas cidades de Resende e Itatiaia e em parte da Serra da Mantiqueira. Do pico da Pedra Selada, de 1.755m de altitude, há uma bela vista para o Rio Preto (entre RJ e MG) e para o Pico das Agulhas Negras. Lá dentro, trilhas de diferentes níveis levam a cachoeiras e piscinas naturais.

Andando nas dunas
O Parque Estadual da Costa do Sol, na Região dos Lagos
O Parque Estadual da Costa do Sol, na Região dos Lagos

 

Um dos atrativos do Parque Estadual da Costa do Sol, na Região dos Lagos, é o Morro do Caixão, duna gigante entre Araruama e Arraial do Cabo. O parque é um grande corredor de areia, cercado por vegetação de restinga, com acesso por qualquer uma das cidades da Região dos Lagos.

Verde que te quero verde
O Parque Estadual Cunhambebe, na Costa Verde
O Parque Estadual Cunhambebe, na Costa Verde

 

O Parque Estadual Cunhambebe, na Costa Verde, está entre Itaguaí, Mangaratiba, Angra dos Reis e Rio Claro. O circuito de cachoeiras do Sahy, que leva a um mirante com vista para a Baía de Sepetiba, é um dos destaques.

fonte: https://www.diariodaregiao.com.br/_conteudo/2018/07/vida_e_estilo/viagem/1116323-parques-do-rio-de-janeiro.html

Senac-RJ lança novos cursos para profissionais do Turismo

Espanglish Traduções oferece os seus serviços de Tradução Técnica Financeira no Rio de Janeiro nas línguas inglesa, espanhola, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

O Senac-RJ lançou novos cursos para profissionais de Turismo do estado do Rio de Janeiro nas áreas de Turismo Cultural e Ecoturismo. Entre as novidades também foram lançados novos programas nas áreas de Turismo de Aventura e Turismo Pedagógico, além de Roteiros do Rio Antigo.

No Rio de Janeiro capital, há turmas abertas nas unidades do Senac-RJ de Botafogo e Santa Luzia (Centro). Os cursos também serão ofertados na unidade de Petrópolis e as inscrições podem ser feitas pelo site da escola.

Os cursos do Senac-RJ

No curso de Ecoturismo – Condutor de Visitantes (40 horas), os profissionais poderão aperfeiçoar técnicas de condução e mediação de conteúdo ambiental por meio de modelos de interpretação do patrimônio natural local de forma adequada a cada tipo de cliente ou grupo.

Em Gestão em Turismo de Aventura (48h), o aluno vai aprender a elaborar programas de turismo de aventura e planos de comunicação e marketing tendo como foco o perfil e expectativas do cliente deste segmento, observando as práticas de segurança.

No Roteiros do Rio Antigo, o profissional poderá expandir seus conhecimentos sobre as possibilidades de roteiros turísticos e programas culturais cujo foco temático seja o patrimônio histórico, material e imaterial presente nos atrativos e bens culturais que caracterizam o conceito de Rio Antigo.

O Turismo Cultural – Condutor de Visitantes (40h) visa aperfeiçoar técnicas de condução e mediação de conteúdo através de modelos de interpretação do patrimônio cultural local de forma adequada a cada tipo de cliente ou grupo.

Já o curso de Turismo Pedagógico (36h), é destinado aos profissionais que desejam atuar na elaboração de programas e produtos turísticos de cunho pedagógico ou que tenham interesse em atuar na condução e mediação de grupos deste segmento.

fonte: https://brasilturis.com.br/senac-rj-cursos-turismo/

Beisebol conquista jovens de comunidades carentes do Rio

http://www.espanglish.com.br      (41)3308-9498 / (41)99667-9498          atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

A paixão pelo beisebol é marca registrada do carioca Uilson Oliveira, professor de educação física e maior incentivador desse esporte no Rio de Janeiro. Sua trajetória inclui projetos sociais que levam jovens de comunidades carentes a colocar luvas, capacetes, máscaras e a manusear tacos de madeira todos os fins de semana, numa campinho da Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul da cidade. É ali que jovens como Leonardo Monteiro e Felipe Rodrigues, ambos de 15 anos, projetam um futuro melhor, repleto de desafios e conquistas.

De olho no retorno do beisebol à modalidade olímpica – já estará presente nos Jogos de Tóquio, em 2020 -, Uilson trabalha também com a possibilidade de descobrir talentos que possam representar o Brasil em futuras olimpíadas.

Em 2012, ele retomou a iniciativa, que abrange crianças de 5 anos e não tem limite de idade para os mais velhos. Manteve a exigência de dedicação aos estudos e já consegue agrupar, hoje, mais de 120 atletas, de diversas faixas etárias e de histórias muito diferentes. Há os que moram em áreas nobres da zona sul carioca e que praticam o esporte mais como hobbie. O esporte do taco e da bolinha também é apresentado a estudantes através do projeto ‘Baseball Escolar’, pelo qual Uilson, junto com colaboradores, levam atividades esportivas a escolas. Mas o número de jovens que clamam por mais oportunidade é maior.

O esforço acabou recompensado em 2013, quando chamou a atenção dos americanos da Major League Baseball (MLB), a mais importante liga da modalidade do mundo, de quem passou a receber equipamentos e capacitação para formar professores.

Com a transmissão de jogos da liga americana por canais pagos como ESPN e Fox Sports, o beisebol ganhou fãs brasileiros nas últimas décadas.
Com a transmissão de jogos da liga americana por canais pagos como ESPN e Fox Sports, o beisebol ganhou fãs brasileiros nas últimas décadas.

Foto: Silvio Barsetti / Especial para Terra

Para Uilson, que criou na década passada o Latinos, clube que participa do calendário de competições oficiais do beisebol, sua maior vitória é a de poder retribuir à sociedade um pouco do que recebeu em casa, com pais que se sacrificaram para ver os cinco filhos completarem o curso superior.

“Quando vejo esses jovens empenhados, motivados, isso me enche de alegria.”

Uilson Oliveira ensina beisebol para crianças, jovens e adultos no Rio de Janeiro desde 2003. A falta de apoio já o obrigou a interromper seu projeto social.
Uilson Oliveira ensina beisebol para crianças, jovens e adultos no Rio de Janeiro desde 2003. A falta de apoio já o obrigou a interromper seu projeto social.

Foto: Silvio Barsetti / Especial para Terra

Felipe e Leonardo sabem disso, reconhecem a importância do trabalho de Uilson e se preparam para voos mais altos.

“Entre os meus amigos, há o que perguntam o que é beisebol. Quando veem a bola, perguntam se vou jogar futebol e nem se tocam do tamanho dela. Aí, eu tenho que explicar. Quero me aperfeiçoar e chegar à seleção”, contou Felipe Rodrigues, morador da Rocinha.

Indagado sobre suas notas na escola, ele sorriu antes de responder. “Posso garantir que não tenho nenhuma menor que 5.”

Mesmo já satisfeito de ensinar um esporte para um público que tem pouco acesso a atividades extraescolares, Uilson sonha mais alto: quer encontrar joias cariocas que possam correr atrás do sonho do profissionalismo no beisebol.
Mesmo já satisfeito de ensinar um esporte para um público que tem pouco acesso a atividades extraescolares, Uilson sonha mais alto: quer encontrar joias cariocas que possam correr atrás do sonho do profissionalismo no beisebol.

Foto: Silvio Barsetti / Especial para Terra

Para Leonardo Monteiro, que mora em Irajá, na zona norte, o mais difícil foi convencer sua mãe sobre o significado do beisebol. “Ela não entendeu nada ao me ver fantasiado com a roupa de atleta, ficou desconfiada, mas depois isso passou. Hoje, ela me incentiva bastante.” Assim como Felipe, ele é assíduo nos treinos e vem melhorando a cada semana.

“São duas apostas para uma futura seleção. O caminho é longo e árduo. Mas eles dois, e outros que estão conosco, têm muita força de vontade, são disciplinados e gostam do beisebol”, atesta Uilson, que a partir deste mês de março vai dar aulas de beisebol na Vila Olímpica de Ramos, zona norte.

Modalidade retorna ao programa olímpico

Os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, marcarão o retorno do beisebol à disputa olímpica. O esporte do taco e da bolinha ficou dois ciclos fora do programa olímpico. O Brasil possui uma Seleção Brasileira de Beisebol, mas esta nunca conseguiu se classificar para uma edição de Olimpíada. Com apenas duas vagas para toda a América, normalmente Estados Unidos e Cuba, potências mundiais nesse esporte, abocanham as vagas.

Fonte: https://www.terra.com.br/esportes/jogos-olimpicos/beisebol-conquista-jovens-de-comunidades-carentes-do-rio,fc303a90cc1a46021498defc417e4b578m32knf8.html
Tradução de inglês em Rio de Janeiro. Tradução Simultânea em Rio. Tradução técnica no estado de Rio de Janeiro. Legendas de vídeos em Rio de Janeiro. Tradução Juramentada.

 

 

Em ano de Olimpíada, turismo estrangeiro cresce 4,8% no Brasil e chega a 6,6 milhões

Segundo o Ministério do Turismo, número de visitantes estrangeiros em 2016 é recorde. Brasil, entretanto, segue distante dos principais destinos turísticos mundiais.

 

O Brasil recebeu 6,6 milhões de turistas em 2016, ano em que foi sede da primeira Olimpíada na América Latina. De acordo com o Ministério do Turismo, o número é recorde e representa um aumento de 4,8% em relação a registrado em 2015 – o equivalente a cerca de 300 mil visitantes estrangeiros a mais.

O ministério credita o aumento à realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, no Rio de Janeiro, e informou que os turistas estrangeiros injetaram US$ 6,2 bilhões na economia nacional no ano passado, um volume 6,2% superior ao verificado em 2015.

Apesar do volume recorde de turistas estrangeiros em 2016, o Brasil ainda segue distante dos principais destinos turísticos do Mundo. Por exemplo: o Brasil não recebe nem 10% do volume de turistas da França, líder no ranking da Organização Mundial do Turismo, que em 2015 recebeu 84,5 milhões de visitantes.

O Brasil lidera em número de visitantes estrangeiros na América do Sul, mas seguido de perto pela Argentina, que em 2015 recebeu 5,7 milhões de turistas, segundo a Organização Mundial do Turismo. Naquele ano, o Chile recebeu 4,4 milhões e, o Peru, 3,2 milhões de visitantes vindos de outros países.

Turistas estrangeiros no Brasil (Foto: Arte G1)

Insatisfeito
Segundo o ministro do Turismo, Marx Beltrão, o crescimento do número de turistas no ano passado foi bom quando comparado ao que ocorreu na Inglaterra em 2012, quando aquele país sediou a Olimpíada. De acordo ele, no ano dos Jogos o número de turistas estrangeiros na Inglaterra aumentou 0,92%, mas nos anos seguintes a alta foi de 5%.

“Eu não estou satisfeito com o número. Estou trabalhando para que o Brasil receba mais turistas”, disse o ministro. Beltrão afirmou ainda que, para 2017, a meta é aumentar o número de turistas estrangeiros em pelo menos 5%. Para cumprir a meta, o ministro defendeu a simplificação do processo de concessão de vistos e a abertura do capital estrangeiro para empresas aéreas.

“Já está na hora do Brasil facilitar a questão do visto para os [turistas dos] Estados Unidos, Canadá e Austrália, por exemplo. Não tem motivo para atrapalhar a vinda desses turistas para o Brasil. Os turistas norte-americanos estão indo para a Argentina porque não precisam de visto”, afirmou.

De acordo com Beltrão, a atuação de companhias aéreas estrangeiras no mercado brasileiro também ajudaria na divulgação do Brasil. “As próprias empresas que operam voos vão fazer promoção para trazer turistas para o Brasil”, disse.

Origem
A Argentina manteve o posto de país que mais envia turistas ao Brasil. Em 2016, 2,1 milhões de argentinos visitaram o país. Os Estados Unidos ficaram em segundo lugar, com 600 mil visitantes durante todo o ano passado. A lista tem ainda o Chile, Paraguai, Uruguai, França, Alemanha, Itália, Inglaterra, Portugal e Espanha.

De acordo com o ministério, metade dos estrangeiros que desembarcaram no Brasil tem o lazer como principal motivo da viagem, ficam em hotéis, flats ou pousadas e viajam em família ou casal. Quatro em cada dez turistas usam a internet como principal fonte de informação.

O ministro afirmou que tenta elevar a verba destinada à divulgação do Brasil no exterior. Segundo ele, no ano passado o Brasil gastou US$ 18 milhões em divulgações no exterior. Enquanto isso, disse, a Argentina gastou US$ 60 milhões, o Equador e Colômbia US$ 100 milhões e, o México, US$ 480 milhões. “É uma diferença absurda com o que o Brasil está gastando”.

O levantamento sobre movimento de turistas estrangeiros no Brasil foi feito com dados coletados pelo Banco Central, Polícia Federal e pelo próprio Ministério do Turismo.

Fonte: http://g1.globo.com

Espanglish Traduções

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / 99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Espanglish Traduções oferece serviços de tradução na Cidade de Rio de Janeiro e em todo o estado. Tradução Simultânea (equipamento e intérpretes), Tradução Consecutiva, legendas de vídeos e filmes, tradução técnica, tradução de artigos científicos, tradução de manuais, tradução juramentada em mais de 20 idiomas: inglês, espanhol, alemão, italiano, francês, mandarim, japonês, etc.

Traduções em Rio de Janeiro é com a Espanglish Traduções. Faça um orçamento sem compromisso!

Tradução Japonês

http://www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

O japonês é o idioma falado no Japão e em outros lugares do mundo onde se encontram comunidades de imigrantes e descendentes de japoneses. A maior dessas coletividades fora do Japão encontra-se no Brasil.

O nome japonês para a língua é nihongo. A língua japonesa sofreu grande influência do chinês por um período de mais de 1.500 anos. Muito de seu vocabulário foi influência da língua chinesa ou baseado em modelos chineses. Sua gramática é similar à da língua coreana.

A Espanglish Traduções é uma empresa de tradução dedicada aos serviços

  • De tradução simultânea e consecutiva
  • Às traduções técnicas,
  • Jurídicas
  • Comerciais de Português – Japonês e Japonês – Português, além de outras línguas.

Tradução de documentos para Japonês

Oferecemos traduções de documentos em Japonês realizadas por profissionais competentes e responsáveis. Os serviços de tradução de nossa empresa são indicados para empresas que necessitam um serviço urgente e eficiente, assegurando os mais elevados padrões de qualidade sem deixar de lado um preço competitivo, tornando o produto com um ótimo custo-benefício.

Tradutores de Japonês – Português

Nossos tradutores de Japonês possuem competências e áreas de especialização diferentes, mas sempre comprometidos com o detalhe e a categoria. Trabalhamos somente com tradutores que sentem prazer com o seu trabalho e que possuem verdadeiro interesse pelos seus clientes e os excelentes resultados.

Tradução Simultânea e outros tipos de Interpretação em Japonês

A ESPANGLISH oferece serviços de interpretação Simultânea e Consecutiva em Japonês em todos os estados do Brasil, que garantirão o sucesso do seu evento em congressos, seminários, visitas técnicas, fóruns e todo tipo de conferências.

Traduções técnicas Japonês – Português

Oferecemos serviços de tradução de documentos técnicos na língua japonesa, em colaboração com diferentes agências de tradução e tradutores japoneses. Traduzimos manuais, contratos, relatórios e artigos científicos em japonês.

Tradução Juramentada de Japonês

É a tradução oficial do Brasil, realizada por um tradutor público, reconhecida em todo o território nacional para documentos oficiais em entidades públicas.

Tradução de websites em Japonês

Servimos sua empresa traduzindo websites para o idioma Japonês. Garantimos um website que aprimora a aparição de sua empresa, contendo textos facilmente compreensíveis na apresentação dos seus produtos.

Legendagem e Dublagem emJaponês

  • A Espanglish Traduções leva até sua empresa os Serviços de Legendagem e Dublagem nas mais diversas línguas.
  • Legendagem e Dublagem: sobrepor legendas e áudio, respectivamente.

Estes Serviços requerem um trabalho detalhado com cada frase, veja este exemplo: Um trecho em Japonês, traduzido para o português, pode ser bem mais longo ou bem mais curto ao ser pronunciado, e é por isso, que ele necessita ser ajustado de acordo com o seu sentido e, também, de acordo com o tempo em que é falado, para estar sincronizado.

Revisão de Textos em Japonês

A ESPANGLISH, além de todos os serviços de tradução que atendem às mais diversas áreas, proporciona também um serviço de revisão de textos em Japonês como uma alternativa de custo reduzido para validar o conteúdo dos documentos e garantir que as companhias que têm profissionais fluentes na língua japonesa ou outras em suas estruturas, possam reduzir o tempo de entrega e publicação e assim economizar nos seus investimentos.

Aulas de Japonês In Company

  • Ideal para quem vai trabalhar ou fazer turismo ao Japão ou para a pessoa que conseguiu um emprego no qual precisa falar japonês.
  • Você escolhe o dia e o horário.
  • Não precisa esperar formação de turma.
  • Pode estudar sozinho com o professor ou com até 5 alunos na sala de aula.
  • Você foca o curso para a comunicação, não apenas para gramática e escrita
  • Você estuda com professor com vivência no Japão, experiente em sala de aula ensinando brasileiros e estrangeiros.

Empresa de Tradução Juramentada

http://www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

GARANTIMOS QUALIDADE E PRAZO NA SUA TRADUÇÃO JURAMENTADA

Atendimento diferenciado com verdadeiros profissionais. Traduzimos mais de 30 idiomas e atendemos todos o Brasil com ótimo custo benefício.

Tradução juramentada é a tradução com teor oficial, válida diante das autoridades brasileiras e de outros países. Regida por lei, a tradução juramentada desempenha papel fundamental em situações oficiais.

A entidade responsável pela seleção de tradutores juramentados é a Junta Comercial de cada estado do Brasil. Assim, após passar em concurso público, o tradutor juramentado recebe uma matrícula e suas traduções passam a ter fé pública.

Para esta forma de tradução, é preciso que o tradutor tenha em mãos o documento original, que será carimbado e devolvido.

A Espanglish Traduções tem como parceiros tradutores juramentados nos mais diversos idiomas – Inglês, Espanhol, Francês, Alemão, Italiano, Chinês, Japonês, Turco, Russo, Coreano, Holandês, Hebraico, Árabe, Polonês e outros.

A apresentação do documento da tradução é em papel timbrado oficial, com a matrícula do tradutor, assinatura, carimbo vinculatório, selo e reconhecimento de firma.

Trabalhamos com tradução juramentada de documentos de todo tipo:

  • Tradução Juramentada de Contratos Sociais e Estatutos de Empresas
  • Tradução Juramentada de Contratos em Geral
  • Tradução Juramentada de Balanços Comerciais e Relatórios de Auditoria
  • Tradução Juramentada de Registro da Empresa
  • Tradução Juramentada de Certificados de Livre Exportação
  • Tradução Juramentada de Certificados de Medicamentos ou Correlatos
  • Tradução Juramentada de Certificados ISO
  • Tradução Juramentada de Balanços e Balancetes
  • Tradução Juramentada de Declaração de Imposto de Renda
  • Tradução Juramentada de Antecedentes Criminais
  • Tradução Juramentada de Certidão de Nascimento
  • Tradução Juramentada de Certidão de Óbito
  • Tradução Juramentada de Certidão de Casamento, Averbação de divórcio
  • Tradução Juramentada de Certidão de Batismo
  • Tradução Juramentada de Contratos
  • Tradução Juramentada de Carteira de Vacinação
  • Tradução Juramentada da Carteira de Motorista
  • Tradução Juramentada de Históricos Escolares de 1º e 2º graus
  • Tradução Juramentada de Boletins Escolares
  • Tradução Juramentada de Carteira de Identidade/Passaportes
  • Tradução Juramentada de Carteira Militar/Dispensa Militar
  • Tradução Juramentada de Carteira de Trabalho
  • Tradução Juramentada de Declaração de Renda/ Imposto de Renda
  • Tradução Juramentada de Contra-Cheques
  • Tradução Juramentada de CIC / CPF
  • Tradução Juramentada de Atestados Médicos
  • Tradução Juramentada de Certificados de Conclusão, Diplomas
  • Tradução Juramentada de Extratos de Contas Bancárias
  • Tradução Juramentada de Sentenças de Divórcio
  • Tradução Juramentada de Escrituras Públicas
  • Tradução Juramentada de Escritura Registros de Imóveis
  • Tradução Juramentada de Testamentos
  • Tradução Juramentada de Cartas Rogatórias
  • Tradução Juramentada de Contratos em Geral
  • Tradução Juramentada de Ordens de Pagamento
  • Tradução Juramentada de Boletim de Ocorrência

Consulte!

Os piores erros de tradução da História

Intérprete envergonhou ex-presidente americano Jimmy Carter na Polônia.

A mais recente atualização do Google Translate, que transforma o aplicativo em um intérprete em tempo real, foi elogiada como a peça que faltava para nos trazer “a um mundo sem a barreira da língua”.

Apesar de um ou outro deslize nas traduções oferecidas, o programa nos dá uma ideia de um futuro no qual não teremos mais desentendimentos linguísticos – principalmente aqueles que acabam quase mudando o rumo da História.

A BBC Culture reúne aqui alguns dos piores erros de tradução cometidos no passado, como um astrônomo que teria encontrado sinais de vida em Marte e um presidente americano manifestando seu desejo sexual por um país inteiro.

Vida em Marte

Em 1877, quando astrônomo italiano Giovanni Virginio Schiaparelli começou a mapear Marte, ele inadvertidamente lançou um filão inteiro da ficção científica. Então diretor do Observatório de Brera, em Milão, ele chamou as áreas escuras e claras na superfície do planeta de “mares” e “continentes”, e batizou estreitos com a palavra italiana “canali”. Seus colegas traduziram a informação como “canais”, lançando a ideia de que o planeta teria uma rede de passagens aquáticas construídas por alguma forma de vida inteligente.

Convencido de que os canais realmente existiam, o astrônomo americano Percival Lowell mapeou centenas deles entre 1894 e 1895. Ao longo das duas décadas seguintes, publicou três livros sobre Marte mostrando o que pensava serem estruturas artificiais construídas para transportar água por uma raça de engenheiros brilhantes.

Influenciado pelas teorias de Lowell, H. G. Wells lançou A Guerra dos Mundos em 1897, descrevendo uma invasão de marcianos assassinos na Terra.

Uma Princesa de Marte, romance de Edgar Rice Burroughs publicado em 1917, também mostra uma civilização marciana e usa os nomes dados por Schiaparelli para descrever lugares do planeta.

Os canais artificiais foram um produto de um erro de tradução e de uma imaginação fértil, mas hoje astrônomos concordam que não existem estreitos na superfície de Marte.

Segundo a Nasa, “a rede de linhas cruzadas que cobre a superfície de Marte são apenas um produto da tendência humana a enxergar padrões, mesmo onde eles não existem”. “Quando olhamos para um grupo de borrões escuros desbotados, o olho tende a conectá-los com linhas retas”, explica a agência espacial.

 

Piada de polonês

O ex-presidente americano Jimmy Carter sabia como atrair a atenção de uma plateia. Em um discurso dado durante uma visita à Polônia, em 1977, durante seu mandato, ele ganhou mais atenção do que queria ao parecer ter afirmado: “Eu desejo os poloneses carnalmente”.

Ao menos foi isso o que seu intérprete disse. Na realidade, Carter tinha declarado que queria saber mais sobre os desejos dos poloneses para o futuro.

O intérprete acabou entrando para a História, não apenas por este erro como também por traduzir “Deixei os Estados Unidos esta manhã” por “Deixei os Estados Unidos para nunca mais voltar”.

Segundo a revista Time, até o inocente comentário de Carter de que estava contente em visitar a Polônia saiu como um inusitado: “Estou contente por agarrar as partes privadas da Polônia”.

Em um jantar de Estado durante a mesma viagem, Carter logicamente trocou de tradutor, mas seus problemas não acabaram. Depois de falar sua primeira frase, ele fez uma pausa, mas a plateia ficou em silêncio. Proferiu mais uma sentença e as pessoas continuaram em silêncio. O novo intérprete, que não entendia o inglês do presidente, preferiu simplesmente ficar quieto a dizer coisas erradas. Ao fim da visita, Carter tinha virado motivo de piada na Polônia.

Guerra Fria no limite

Em  plena Guerra Fria, palavras de Kruchov foram tomadas ao pé da letra.

O Google Translate, no entanto, talvez não tivesse conseguido evitar um erro que “esquentou” ainda mais a Guerra Fria.

Em 1956, uma declaração do premiê soviético Nikita Khrushchev a embaixadores ocidentais em Moscou foi traduzida como “Vamos enterrar vocês”. A frase foi estampada em jornais e revistas em todo o mundo, atrapalhando em muito as relações já arranhadas entre a União Soviética e os países do Ocidente.

Quando colocadas em contexto, as palavras de Khrushchev tinham um sentido mais parecido com isto: “Queiram ou não queiram, a História está do nosso lado. Vamos engolir vocês”. O que ele queria dizer era que o Comunismo iria sobreviver ao Capitalismo, que se autodestruiria, em referência a um trecho do Manifesto Comunista de Karl Marx.

Não é a frase mais tranquilizante de se ouvir de um líder soviético, mas também não foi a ameaça que inflamou anticomunistas e acendeu o medo de um ataque nuclear nas mentes dos americanos.

O próprio Khrushchev esclareceu suas declarações anos depois. “Eu disse certa vez ‘Vamos enterrar vocês’ e fiquei em maus lençóis”, afirmou ele, em 1963. “É claro que não vamos enterrar vocês com uma pá. A sua própria classe trabalhadora é quem vai enterrar vocês.”

Imunidade diplomática

Traduções equivocadas feitas durante negociações sempre acabam em polêmica. Uma confusão comum entre o verbo francês “demander”, que significa “perguntar”, inflamou os ânimos entre a França e os Estados Unidos em 1830.

Quando uma secretária traduziu uma mensagem enviada à Casa Branca que dizia “o governo francês pergunta…” como “o governo francês exige… (significado de “demand”, em inglês), o presidente americano ficou ofendido e interrompeu as negociações – restabelecidas apenas quando o erro foi corrigido.

Algumas autoridades já foram acusadas de explorar as diferenças linguísticas para seu próprio proveito. O Tratado de Waitangi, um acordo escrito entre a Coroa Britânica e o povo maori da Nova Zelândia, foi assinado por 500 chefes tribais em 1840. Mas frases conflitantes nas versões em inglês e em maori levaram a disputas, com uma parte dos maoris protestando que o Tratado seria uma fraude.

Profunda sabedoria

                                  O premiê chinês foi interpretado como sábio e paciente pelos americanos.

Uma frase bastante repetida, resultado de um mal-entendido, pode ter sido reforçada por estereótipos raciais.

Durante a visita do presidente americano Richard Nixon à China em 1972, o premiê chinês Zhou Enlai disse que “ainda era cedo para avaliar o impacto da Revolução Francesa”.

Ao contrário do que pareceu aos americanos, Zhen não estava falando do momento histórico iniciado em 1789, mas sim dos movimentos revolucionários de Maio de 1968 na França. Mas, nos Estados Unidos, ele foi elogiado por ter proferido palavras sábias, mostrando uma atitude típica dos chineses de refletir profundamente antes de agir.

Segundo o diplomata americano aposentado Charles W. Freeman Jr., que atuou como intérprete de Nixon na visita, o comentário foi “uma desses mal-entendidos convenientes que nunca são corrigidos”.

“Não posso explicar a confusão causada pela declaração de Zhou, mas ela serviu para apoiar um estereótipo de estadistas chineses como indivíduos de longa visão que pensam em prazos mais longos que seus colegas ocidentais”, diz Freeman.

“Era o que as pessoas queria ouvir e acreditar, e por isso a frase pegou”.

Fonte: http://www.bbc.com/

Quer um serviço de interpretação sem gafes? Entre em contato conosco:

Espanglish Traduções  ( http://www.espanglishtraducoes.com.br)

Traduções Juramentadas

Traduções Técnicas

Tradução de Sites

Tradução de Artigos Científicos

Legendagem

Tradução Simultânea

Tradução Consecutiva e Sussurrada

Locação de Equipamento de Interpretação Simultânea

Tradução e interpretação nas mais diversas línguas, em todo o Brasil de norte a sul:

Inglês, Espanhol, Italiano, Francês, Alemão, Polonês, Russo, Ucraniano, Romeno, Sueco, Holandês, Árabe, Hebraico, Japonês, Mandarim e Cantonês (Chinês), Coreano, Turco, Grego e outras línguas.

EU PRECISO DE UMA TRADUÇÃO JURAMENTADA?

trad jur

Eu preciso de uma tradução juramentada?

O que é tradução juramentada?
Tradução juramentada é a tradução de um documento oficial (ex: diploma, certidão de casamento, procuração, histórico escolar, etc.), que só pode ser realizada por pessoa habilitada – o tradutor público juramentado. É diferente, por exemplo, da tradução de um livro, o comercial de um produto, etc., que pode ser realizada por qualquer pessoa que se considere capacitada.

Quais documentos requerem tradução juramentada?
Alguns órgãos ou repartições do Governo ou empresas particulares (como os estabelecimentos de ensino), requerem tradução juramentada de documentos em língua estrangeira. Se esse documento  precisar ser apresentado à Justiça brasileira ou protocolado em Cartórios de Títulos e Documentos ou em outro tipo de cartórios, deverá obrigatoriamente anexar a tradução juramentada. Os documentos que normalmente requerem tradução juramentada são: atas, carteira de habilitação, certidão de nascimento, casamento e óbito, documentos escolares (certificados de 1º e 2º Graus, diplomas universitários e históricos escolares), certificados de origem, contratos, autos de processos judiciais, passaporte, procurações, sentenças e testamentos.

trad jur 2

Onde achar os tradutores juramentados nos diversos Estados do Brasil?
A Espanglish procura o tradutor certificado que você está procurando, por meio de uma logística que considera o estado no qual você mora, aquele tradutor que fará o serviço no menor tempo e com o melhor custo-benefício.

O que fazer quando em um Estado não há tradutor juramentado de um determinado idioma?
Nesse caso, entre em contato com a Espanglish Traduções e combinaremos como enviar o trabalho por correio ou serviço de entrega expressa. A tradução juramentada poderá ser enviada da mesma maneira.

A tradução juramentada tem validez em todo o Brasil?
Sim, a tradução juramentada vale em todo o território nacional, apesar que os tradutores juramentados estão inscritos em um certo Estado e subordinados à Junta Comercial do mesmo.

Quando não existe tradutor juramentado de um certo idioma no Brasil, como se procede?
Nesse caso, o procedimento mais aconselhado é contatar o consulado desse país no Brasil. O consulado (ou embaixada) poderá nomear um tradutor “ad hoc”, (tradutor com proficiência comprovada no idioma), mas que não seja tradutor juramentado concursado. Certos consulados de países de línguas oficiais pouco comuns também aceitam traduções juramentadas de idiomas mais comuns, como inglês.

A Espanglish Traduções fornece serviço de tradução juramentada no Brasil todo e nas mais diversas línguas (inglês, espanhol, francês, alemão, árabe, hebraico, grego, latim, russo, ucraniano, polonês, mandarim, cantonês, japonês, coreano, tcheco, holandês, italiano, turco e muitas outras).

Garantimos rapidez, qualidade e o preço justo que sua tradução necessita.

Espanglish Traduções

http://espanglishtraducoes.com.br/conteudo/empresa-de-traducao-juramentada.html

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

(41)3308-9498 / (41)9667-9498