Grupo estrangeiro compra fornecedora de autopeças e faz montadoras de refém

SEG, 01/08/2016 – 10:48
ATUALIZADO EM 13/02/2017 – 10:50

Jornal GGN – Desde que um fornecedor brasileiro de autopeças foi comprado por uma empresa alemã, as montadoras do interior de São Paulo e da região do ABC estão tendo dificuldades para conseguir materiais e prosseguir com a produção de novos veículos. As fábricas da Volkswagen em São Bernardo do Campo e Taubaté estão paradas há quase uma semana e 12 mil funcionários foram dispensados do trabalho nesse período.

Outras fábricas passam por problemas semelhantes. A filial da VW em São José dos Pinhais também parou por alguns dias na semana passada. As três plantas tinham a Fameq como fornecedora exclusiva de peças estampadas. Acontece que a metalúrgica estava com dificuldades financeiras e acabou vendida para o grupo Prevent, em julho deste ano.

Depois de realizar a aquisição, a Prevent fechou as portas da Fameq e demitiu 180 funcionários. Restaram apenas 20, que tinham estabilidade e serão transferidos para outras unidades.

Em nota, a Volkswagen se queixou da ruptura nos negócios provocada pela venda da empresa brasileira. “Esse fornecedor, com um relacionamento comercial sem problemas com a Volkswagen por mais de 40 anos, teve sua atuação completamente alterada ao ser adquirida pelo grupo Prevent”.

De acordo com a montadora, a Fameq interrompeu as entregas desde meados de julho. Os estoques foram acabando e a VW não teve condições de manter a produção dos modelos Gol, Saveiro, Voyage, Up!, Fox e Golf.

Mas os problemas de abastecimento são ainda mais antigos. Começaram em março de 2015. De acordo com a montadora, desde esse período, as três fábricas somam mais de 100 dias de paralisação na produção. 90 mil carros deixaram de ser produzidos.

Há mais de um ano a Prevent tem uma disputa judicial em aberto com a Volkswagen. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese, desde o início de 2015, o grupo alemão comprou 11 fábricas em São Paulo, Minas Gerais e Paraná – da Keiper, Tower Automotive, Madel, TWB, Cavelagni e agora Fameq. Elas produzem bancos, estrutura de bancos, couro, têxteis, interiores, discos de freios e peças estampadas.

Em maio, a montadora conseguiu três liminares na Justiça de São Bernardo obrigando a Keiper, Mardel e Cavelagni a retomarem a entrega de peças, sob pena de multa diária de R$ 500 mil. Na época, a fábrica da Fiat em Betim (MG) também enfrentou o mesmo problema e obteve liminar na Justiça para que a Mardel e Tower retomassem imediatamente o fornecimento de estruturas metálicas, com multa diária de R$ 200 mil no caso de descumprimento.

A Fiat informou que conseguiu realizar um acordo com o grupo Prevent. A Volkswagen, no entanto, afirma que a empresa descumpre contratos e “reiteradamente faz solicitações de aumento de preços e pagamento injustificado de valores (sem respaldo contratual ou econômico)”. A montadora reclama que o novo fornecedor “tem se mostrado inflexível, elencando uma série de condições (que nada tem a ver com o contrato atual) para a continuidade do fornecimento, incluindo exclusividade para os próximos projetos”.

Para os trabalhadores, o grupo alemão age na base do monopólio de produção de itens estratégicos. O Prevent tem 51 empresas em 13 países nas áreas de autopeças, serviços, construção naval e vestuário de segurança. A sede fica em Wolfsburg, na Alemanha, mas a empresa pertence a um grupo de investidores da Bósnia.

“Estamos lidando com um grupo que faz negociata, compra empresas e depois descarta os trabalhadores como bagaço de laranja”, disse o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, Miguel Torres.

Depois que os trabalhadores montaram acampamento nas instalações da Fameq para impedir a retirada dos maquinários, o sindicato conseguiu um acordo no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo.  A Prevent precisará pagar aos funcionários demitidos verbas rescisórias, abono salarial de R$ 10 mil e um ano de cesta básica e assistência médica.

“Por acaso, passei em frente à fábrica no sábado e vi as máquinas sendo retiradas. Chamei reforço dos trabalhadores e ficamos acampados para evitar a saída”, disse Luiz Valentin, diretor do sindicato.

Com informações do Estadão

Fonte: http://jornalggn.com.br/noticia/grupo-estrangeiro-compra-fornecedora-de-autopecas-e-faz-montadoras-de-refem

Espanglish Traduções oferece serviço de tradução em Inglês, coreano, Alemão e em mais de 20 idiomas. Consulte.

Serviço de tradução simultânea e consecutiva em São Bernado do Campo, SP. Tradução Juramentada em São Bernado do Campo. Tradução técnica (manuais, folhetos, etc) em São Paulo .

http://www.espanglish.com.br

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

(41)3308-9498 / 99667-9498

Disputa por aeroportos deve atrair empresas estrangeiras

Com as grandes construtoras penduradas na Lava Jato, a licitação de aeroportos deve ser protagonizada pelas companhias internacionais

O primeiro leilão de concessão da era Temer deve ter uma cara bem diferente das disputas verificadas nos governos Lula e Dilma Rousseff. Com as grandes construtoras penduradas na Lava Jato e sem a presença da Infraero, a licitação dos aeroportos de Salvador (BA), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS) e Florianópolis (SC), marcada para quinta-feira, deve ser protagonizada pelas companhias internacionais e fundos de investimentos.

A lista de candidatos às concessões é ampla. Entre as operadoras estrangeiras de aeroportos, estão as espanholas AviAlliance, Aena e OHL, a suíça Zurich, a argentina Corporación América, a alemã Fraport e a francesa Vinci. Do lado brasileiro, surgem grandes fundos como Pátria e Vinci Partners, a empresa de infraestrutura CCR e algumas construtoras, como a CR Almeida.

Na semana passada, a maioria delas estava debruçada sobre planilhas para traçar as estratégias e definir se vão ou não participar da disputa. Apesar de terem de entregar as propostas hoje na BM&F Bovespa, na sexta-feira algumas ainda tentavam ter aprovação dos acionistas para entrar no leilão e outras trabalhavam em acordos com construtores caso vençam a concessão.

Fontes ouvidas pela reportagem afirmam que a tendência é que as estrangeiras participem da licitação em parceria com empresas ou fundos brasileiros. É o modelo seguido pela AviAlliance, que se uniu ao Pátria, e pela Zurich, com a Vinci Partners. No mercado, também se cogitava a parceria entre a Fraport e a CR Almeida. Mas algumas podem entrar sozinhas, como a Corporación América, que administra os aeroportos de Brasília e de Natal.

Ao contrário do que ocorreu nas concessões passadas, protagonizadas pelas grandes construtoras, agora boa parte das empreiteiras não deve entrar como investidora, mas apenas no consórcio construtor. Para alguns grupos, a escolha da empresa que vai tocar as obras deve ficar para um segundo momento, depois da disputa. Mas, para reduzir os riscos, empresas estrangeiras têm preferido fechar acordos antes de entregar a proposta. Segundo fontes, Racional e Queiroz Galvão estavam entre as candidatas para tocar as obras de alguns grupos.

Apesar da quantidade de interessados que estudaram os quatro aeroportos, ninguém garante que o leilão será competitivo nem se terá ágios elevados como nas concessões passadas (Guarulhos, 373%; Brasília, 673%; Viracopos, 159%; Galeão, 294%; e Confins, 66%). Em todos esses aeroportos, havia participação direta ou indireta de construtoras.

Competição

“Esse leilão está mais justo. Pode não ter ágio (como no passado), mas terá pretendente”, afirma o sócio da BF Capital, Renato Sucupira, que fez os estudos de viabilidade dos quatro aeroportos que vão a leilão (dois foram selecionados pelo governo). Em Brasília, o clima também é de cautela. Fontes do governo acreditam que o leilão terá interessado, mas não descartam a possibilidade de algum lote dar vazio, ou seja, não ter interessado.

De fato, a preocupação aumentou na sexta-feira, quando a espanhola OHL, com um grupo coreano (KAC), desistiu de participar do leilão. Um dos entraves, que também pode afastar a presença da CCR, é a questão da defasagem de demanda. Os estudos do governo são de 2015. Mas, no ano passado, o volume de passageiros caiu 19% em Salvador, 13% em Fortaleza, 9% em Porto Alegre e 5% em Florianópolis, afirmam fontes que estão acompanhando os estudos. Isso atrapalha a elaboração da proposta, diz um candidato ao leilão.

Por outro lado, houve correções em relação ao processo anterior. A Infraero, que nos últimos leilões teve participação compulsória de 49% em todos os aeroportos, foi excluída das concessões. Essa foi uma medida para tentar atrair investidor estrangeiro já que as grandes construtoras, que lideraram os consórcios vencedores dos leilões passados, não têm capacidade financeira para entrar na disputa. Além disso, houve melhora nas condições de pagamento das outorgas, afirmou outro candidato à licitação.

Estrangeiros

Segundo especialistas, a expectativa é que os aeroportos do Nordeste tenham mais competição. Uma das explicações é a maior proximidade com a Europa e a possibilidade de trazer voos internacionais diretos para Salvador e Fortaleza. “O apelo comercial é maior, já que esses terminais têm maior capacidade de trazer estrangeiros”, disse uma fonte. De qualquer forma, alguns aeroportos também têm problemas delicados que afetam as decisões dos investidores.

Em Salvador, por exemplo, a construção da segunda pista terá de ser feito em uma área de dunas, o que significa ter problemas com órgãos ambientais. O edital tentou resolver a questão, dizendo que se não for possível construir haverá um reequilíbrio econômico para retirar as obrigações do concessionário. “Mas é um fator de insegurança”, disse uma empresa interessada no leilão. A extensão da pista de Porto Alegre também sofre algumas restrições, já que há uma invasão na área.

Para o governo, o leilão desta semana pode dar fôlego novo à economia, que vem de dois anos de recessão. De acordo com o edital de licitação, os quatro aeroportos vão exigir investimentos de 6,61 bilhões de reais durante o período de concessão. Além disso, o leilão vai reforçar o caixa do Tesouro, já que uma parte da outorga terá de ser paga à vista (25% do preço mínimo mais ágio). No mínimo, o governo federal, que vive grave crise fiscal, pode arrecadar cerca de 750 milhões de reais.

Fonte: http://veja.abril.com.br/economia/disputa-por-aeroportos-deve-atrair-empresas-estrangeiras/

Espanglish Traduções oferece serviço de tradução em Inglês, coreano e em mais de 20 idiomas. Consulte.

Serviço de tradução simultânea e consecutiva em Salvador, Bahia. Tradução Juramentada em Salvador. Tradução técnica (manuais, folhetos, etc) na Bahia e todo o Nordeste.

http://www.espanglish.com.br

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

(41)3308-9498 / 99667-9498

Conheça a diferença entre tradução simultânea e consecutiva!

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudo/empresa-de-traducao-simultanea.html

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudo/traducao-ou-interpretacao-consecutiva.html

Na hora de contratar um serviço de interpretação para o seu evento, congresso, palestra, entrevista coletiva ou outros, você sabe qual é a diferença entre a interpretação simultânea e a interpretação consecutiva?
Se ainda não, confira neste artigo as principais diferenças entre as duas modalidade profissionais, para saber contratar a mais adequada para seu evento quando precisar.
Entenda a diferença entre tradução simultânea e consecutiva! Clique aqui.

Interpretação simultânea
Comumente chamada de tradução simultânea, como o nome já sugere, acontece ao mesmo tempo que a fala do orador. O principal objetivo dessa modalidade é interpretar e traduzir, com eficácia e em tempo real ou com pouquíssimo atraso, o que for dito pelo palestrante ou orador.

Nesse caso o intérprete caso escuta o que é dito por meio de fones de ouvido, interpreta a frase e posteriormente devolve a informação traduzida pelo microfone da central de interpretação.
Como o intérprete fala ao mesmo tempo que o orador, é necessário utilizar equipamentos específicos (tais como transmissores, cabines à prova de som e receptores), a fim de evitar que o som da interpretação atrapalhe quem ouve o orador diretamente.
Outro ponto positivo da tradução simultânea é que ela não impacta o tempo total do evento, uma vez que não exige nenhuma interrupção. Vale lembrar que, para que isso seja possível, os intérpretes revezam entre si a cada 20 ou 30 minutos, mas é factível trabalhar sozinho em eventos de até 1 hora de duração.

Além disso, a interpretação simultânea também pode ser feita com equipamentos portáteis. Nesse caso, o intérprete controla da intensidade de sua voz, evitando que ela atrapalhe quem não precisa da tradução ou até mesmo o próprio orador.
Interpretação consecutiva
Nessa modalidade, o intérprete fala após o orador em intervalos pré-determinados. Os intervalos podem ser de alguns minutos ou de frase em frase, o que for melhor para cada caso específico.
Por isso, interpretações consecutivas são mais indicadas para espaços pequenos que tenham limitação para uso de cabines, ou em casos quando o sigilo seja de maior importância. Também é possível usar a interpretação consecutiva estrategicamente, usando a figura do intérprete como apoio para interpretar partes que o contratado determinar.
Considerando-se que cada fala precisa ser dita duas vezes, a tradução consecutiva acaba afetando a duração do evento, que pode levar de 70 a 100% mais tempo.
Uma vantagem da interpretação consecutiva são revezamentos mais longos em comparação com a tradução simultânea, mesmo que não possam trabalhar mais do que uma hora sozinhos.
Aqui os intérpretes utilizam técnicas de memorização e de tomada de notas, outro limitador dos períodos de intervalo. Para realização deste tipo de tradução não há a necessidade de uso de qualquer tipo de equipamento específico que não seria usado caso não houvesse a contratação do intérprete.
Vale destacar que em ambas as modalidades a carga horária é de 6h, que pode ser estendida por até 2h adicionais (consideradas como horas-extras).

Fonte: http://mantrad.com.br

Tradução ou Interpretação Consecutiva

A ESPANGLISH Traduções oferece o serviço de Tradução Consecutiva em mais de 20 idiomas.

A Tradução Consecutiva, também conhecida como Interpretação Consecutiva, é um tipo de tradução que divide a fala de uma pessoa em frações de vários segundos ou minutos para serem traduzidos consecutivamente. Enquanto o discursador se expressa, o intérprete faz anotações e, após determinado tempo, o discursador pausa sua conversa para que o tradutor possa comunicar o que foi dito até esse momento.

Por isso, a Interpretação Consecutiva demora mais tempo que Interpretação Simultânea. Mas, por outro lado, a Tradução Consecutiva possui uma escala de precisão maior do que a Tradução Simultânea.

O serviço de Tradução Consecutiva costuma ser solicitado para pequenas reuniões de negócios, visitas, palestras e videoconferências.

A ESPANGLISH Traduções dispõe de profissionais treinados para o Serviço de Interpretação Consecutiva, todos eles com absoluto domínio e fluência nos idiomas envolvidos e preparados para atender as suas necessidades e expectativas.

O que é necessário para realizar uma conferência com Tradução Consecutiva?

Como em toda reunião, é recomendável um ambiente fechado, que apresente boa visualização e acústica e que permita aos participantes uma fácil interação com o palestrante. Em caso de necessidade de uso de microfones, é necessária uma pequena estrutura tecnológica para atender as necessidades do evento.

Para solicitar um Serviço de Interpretação Consecutiva é preciso saber

  • Nome da Empresa e do local do evento;
  • Endereço, Cidade e Estado do local do evento;
  • O idioma de origem e o idioma de destino;
  • O número de palestrantes;
  • O número de participantes;
  • O número de intérpretes;
  • Data/hora de início e término do evento.

A ESPANGLISH Traduções realiza a Tradução Consecutiva nos 27 estados do Brasil.

Proporcionamos excelentes intérpretes, soluções tecnológicas e preços bastante competitivos. Confira os nossos serviços, qualidade e excelência em tradução.

As melhores soluções em tradução simultânea, tradução consecutiva a tradução técnica, você encontra aqui!

Orçamento para Tradução simultânea ou Consecutiva em:

  • inglês
  • espanhol
  • francês
  • mandarim
  • sueco
  • japonês
  • italiano
  • alemão
  • árabe
  • turco e mais de 20 idiomas.

Atendemos Curitiba, Joinville, Londrina, São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte e em todo o Brasil.

Tradução ou Interpretação Consecutiva

Interpretação, idiomas, palestras
http://www.espanglishtraducoes.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

A ESPANGLISH Traduções oferece o serviço de Tradução Consecutiva em mais de 20 idiomas.

A Tradução Consecutiva, também conhecida como Interpretação Consecutiva, é um tipo de tradução que divide a fala de uma pessoa em frações de vários segundos ou minutos para serem traduzidos consecutivamente. Enquanto o discursador se expressa, o intérprete faz anotações e, após determinado tempo, o discursador pausa sua conversa para que o tradutor possa comunicar o que foi dito até esse momento.

Por isso, a Interpretação Consecutiva demora mais tempo que Interpretação Simultânea. Mas, por outro lado, a Tradução Consecutiva possui uma escala de precisão maior do que a Tradução Simultânea.

O serviço de Tradução Consecutiva costuma ser solicitado para pequenas reuniões de negócios, visitas, palestras e videoconferências.

A ESPANGLISH Traduções dispõe de profissionais treinados para o Serviço de Interpretação Consecutiva, todos eles com absoluto domínio e fluência nos idiomas envolvidos e preparados para atender as suas necessidades e expectativas.

O que é necessário para realizar uma conferência com Tradução Consecutiva?

Como em toda reunião, é recomendável um ambiente fechado, que apresente boa visualização e acústica e que permita aos participantes uma fácil interação com o palestrante. Em caso de necessidade de uso de microfones, é necessária uma pequena estrutura tecnológica para atender as necessidades do evento.

Para solicitar um Serviço de Interpretação Consecutiva é preciso saber

  • Nome da Empresa e do local do evento;
  • Endereço, Cidade e Estado do local do evento;
  • O idioma de origem e o idioma de destino;
  • O número de palestrantes;
  • O número de participantes;
  • O número de intérpretes;
  • Data/hora de início e término do evento.

A ESPANGLISH Traduções realiza a Tradução Consecutiva nos 27 estados do Brasil.

Proporcionamos excelentes intérpretes, soluções tecnológicas e preços bastante competitivos. Confira os nossos serviços, qualidade e excelência em tradução.

As melhores soluções em tradução simultânea, tradução consecutiva a tradução técnica, você encontra aqui!

Orçamento para Tradução simultânea ou Consecutiva em:

  • inglês
  • espanhol
  • francês
  • mandarim
  • sueco
  • japonês
  • italiano
  • alemão
  • árabe
  • turco e mais de 20 idiomas.

Atendemos Curitiba, Joinville, Londrina, São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte e em todo o Brasil.

Tradução de Acompanhamento

Tradução feita para visitantes, ou técnicos, em inspeções, auditorias e visitas a fábricas, escritórios e outras instalações industriais. Dependendo do número de participantes, recomenda-se a utilização de equipamento portátil para tradução simultânea, pois há locais, como fábricas, em que o nível de ruído atrapalha a compreensão da fala sem o auxílio dos equipamentos e sempre há conversas paralelas entre os visitantes, o que atrapalha a compreensão por parte dos outros participantes.

Tradução simultânea, tradução consecutiva e acompanhamento em todo o Brasil com os mais experientes intérpretes profissionais. Entre em contato e conheça melhor o atendimento, qualidade e excelente custo-benefício de nossos serviços.

Atendemos em todos os estados do Brasil:

Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, ,Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Tradução ou Interpretação Consecutiva

A ESPANGLISH Traduções oferece o serviço de Tradução Consecutiva em mais de 20 idiomas.

A Tradução Consecutiva, também conhecida como Interpretação Consecutiva, é um tipo de tradução que divide a fala de uma pessoa em frações de vários segundos ou minutos para serem traduzidos consecutivamente. Enquanto o discursador se expressa, o intérprete faz anotações e, após determinado tempo, o discursador pausa sua conversa para que o tradutor possa comunicar o que foi dito até esse momento.

Por isso, a Interpretação Consecutiva demora mais tempo que Interpretação Simultânea. Mas, por outro lado, a Tradução Consecutiva possui uma escala de precisão maior do que a Tradução Simultânea.

O serviço de Tradução Consecutiva costuma ser solicitado para pequenas reuniões de negócios, visitas, palestras e videoconferências.

A ESPANGLISH Traduções dispõe de profissionais treinados para o Serviço de Interpretação Consecutiva, todos eles com absoluto domínio e fluência nos idiomas envolvidos e preparados para atender as suas necessidades e expectativas.

O que é necessário para realizar uma conferência com Tradução Consecutiva?

Como em toda reunião, é recomendável um ambiente fechado, que apresente boa visualização e acústica e que permita aos participantes uma fácil interação com o palestrante. Em caso de necessidade de uso de microfones, é necessária uma pequena estrutura tecnológica para atender as necessidades do evento.

Para solicitar um Serviço de Interpretação Consecutiva é preciso saber

  • Nome da Empresa e do local do evento;
  • Endereço, Cidade e Estado do local do evento;
  • O idioma de origem e o idioma de destino;
  • O número de palestrantes;
  • O número de participantes;
  • O número de intérpretes;
  • Data/hora de início e término do evento.

A ESPANGLISH Traduções realiza a Tradução Consecutiva nos 27 estados do Brasil.

Proporcionamos excelentes intérpretes, soluções tecnológicas e preços bastante competitivos. Confira os nossos serviços, qualidade e excelência em tradução.

As melhores soluções em tradução simultânea, tradução consecutiva a tradução técnica, você encontra aqui!

Orçamento para Tradução simultânea ou Consecutiva em:

  • inglês
  • espanhol
  • francês
  • mandarim
  • sueco
  • japonês
  • italiano
  • alemão
  • árabe
  • turco e mais de 20 idiomas.

Atendemos Curitiba, Joinville, Londrina, São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador, Belo Horizonte e em todo o Brasil.