Hawaí,um paraíso no meio do pacífico

 

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

A maioria das pessoas quando pesam no Havaí imaginam coqueiros, praias com areia branca e a dança do hula-hula. Entretanto, além do clima agradável e do cenário espetacular, o Havaí também é história, cultura, economia admirável, ótimos cursos profissionalizantes e faculdades, atividades ao ar livre e uma ativa vida noturna. Ou seja, um local ideal para estudantes que desejam desfrutar da educação americana em uma atmosfera internacional.

Com belíssimas ilhas, praias, muito sol e surfe, o Hawaí, quinquagésimo estado dos EUA, possui a capital mais desejada e visitada pelos turistas, Honolulu, um verdadeiro paraíso localizado na ilha Oahu.
Pesquisas realizadas mostram que o Hawaí tem um dos mais altos índices de aprovação entre os turistas do mundo inteiro.

Porta de entrada da maioria dos turistas, Oahu é o local onde, ainda no aeroporto, as pessoas são brindadas com um perfumado colar de flores – orquídeas ou plumérias -, chamado “lei”.

Muitos “alohas”depois, dê um passeio rápido pela cidade. Você logo vai identificá-la com Miami, por causa da quantidade de lojas, restaurantes, shoppings e hotéis (só no bairro de Waikiki há 32 mil quartos, mais que na cidade de São Paulo).

Mas a impressão logo passa quando você explora a ilha. A primeira parada é na praia de Waikiki, onde os surfistas não muito ousados e os aprendizes tem ondas sob medida. Na areia, pranchas para alugar (US$8/hora) e instrutores de surf (US$ 35/aula) disputam espaço com banhistas e velhinhos caçadores de tesouro com seus detectores de metal.

  • Clima

No Havaí, as mudanças de estação são sutis, mas existem; somente é preciso se acostumar.
Em quase todo o Havaí a temperatura é agradável: entre 23°C e 31°C de abril a outubro, e mais fria e úmida, entre 18°C e 28°C, de novembro a março.

O termômetro quase nunca é marca menos do que 15°C, nem ultrapassa os 32°C.
Quando há erupções vulcânicas na Grande Ilha, uma capa de fumaça se eleva no céu durante alguns dias, em especial na zona de Kona. Os ilhéus chamam a essa neblina vog, ou “névoa vulcânica”. As pessoas que sofrem de asma ou têm problemas respiratórios devem tomar precauções durante os dias que haja vog.

  • Esportes

SurfingAs pessoas desfrutam de atividades ao ar livre durante todas as estações do ano. Esportes aquáticos como surfe, body boarding e body surfing, pesca, mergulho, mergulho com snorkel, canoagem e windsurf estão entre as atividades mais populares. Outros esportes e atividades como voleibol, tênis, patinação, golfe, corrida, ciclismo, asa delta, paraquedismo, planador, iatismo, remo e hipismo podem ser desfrutados o ano inteiro.

  • Inundações repentinas

Nas zonas de montanha, as chuvas intensas produzem transbordamentos dos rios e as enchentes nos vales. Se for fazer excursão pelos vales, é aconselhável ter cuidado com as chuvas, já que as subidas se produzem num curto espaço de tempo e de maneira repentina.

  • População

O que realmente torna o Havaí tão especial é sua diversificada população composta de havaianos nativos, americanos asiáticos, caucasianos, asiáticos, hispânicos, afro-americanos, americanos nativos e muito mais. No decorrer dos anos, o estado tornou-se um modelo para que muitas raças diferentes convivam em paz, lado a lado.

O Havaí ocupa o 2.º lugar em número de habitantes por casa; o 3.º em número de matrimônios; o 14.º em número de habitantes por quilômetro quadrado; e o 30.º em divórcios.

O turismo garante 72% da economia do estado, dispondo de um excelente nível de serviço nas categorias de hotelaria, transporte, espetáculos e também de restaurantes, reconhecidos mundialmente. Seus visitantes são respeitados e atendidos com o “Espírito de Aloha”, a hospitalidade das ilhas.

Além de sol, praia e surfe, o Hawaí dispõe de uma grande variedade de atividades como festivais, vida noturna, cultura, esporte e shoppings.

  • Um pouco mais sobre o Hawai

Situadas no meio do Oceano Pacífico as oito ilhas do Hawaii; contaram durante séculos com a distância, para manter-se praticamente isoladas de outras civilizações. Séculos atrás os primeiros habitantes das ilhas, os polinésios, cruzaram milhas e milhas do Pacífico provavelmente vindos do Tahiti. Os europeus só chegaram em 18 de janeiro de 1778, quando o Capitão Cook tomou posse das terras em nome da Coroa Britânica.

Batizaram-nas com o nome de Sandwich, em homenagem ao Lorde John Montagu Sandwich o quarto conde da família e primeiro almirante. Milionário e inveterado jogador. Para ficar mais tempo à mesa de jogo, Sandwinch costumava mandar seus empregados rechearem fatias de pão com carnes e molhos onde servia-se durante os seus intermináveis carteados. A rápida refeição popularizou-se e hoje confunde-se o seu nome com o do seu criador.

Larva vulcãoTodas as ilhas havaianas foram geradas por vulcões, sendo que a mais jovem delas, Big Island, continua crescendo graças as constantes erupções do Kilauea. Desde 1983, calcula-se que mais de 30 hectares foram acrescentados ao território da ilha pela lava vulcânica.

Em matéria de Surf, as ilhas do Hawaii são consideradas como um dos principais points do planeta. Maui é famosa por Honolua Bay, uma das melhores direitas do mundo, que quando esta quebrando é um espetáculo para a platéia pois as ondas quebram direto embaixo de um “cliff” que permite uma visão privilegiada das ondas. Outro lugar onde as ondas são consideradas muito boas quando não venta, é Ho’okipa. Sem falar em outras praias do arquipélago, como: Pipeline, Sunset Beach, e muitas outras.

As ilhas têm uma flora variada com aproximadamente 2.500 tipos de plantas muitas das quais não encontradas em outro lugar do planeta. Orquídeas, hibiscos, buganvílias e gardênias são encontradas em grandes quantidades. Exóticos pássaros habitam o Hawaii;, como o nene e o ganso havaiano. São achados muitos marlins e golfinhos perto de suas praias.

Muitos dos locais históricos do Hawaii; datam do período pré-europeu: o Pu’uhonua Honaunau-Parque Nacional Histórico na ilha Hawaii;, inclui locais de casas pré-históricas, viveiros de peixes reais, coqueiros, e paisagem litoral espetacular. Puukohola Heiau é um local Histórico, ruínas de um templo real na ilha Hawaii

Das mais de cem mil pessoas que vivem nas ilhas, quase oitocentas mil residem em Oahu, onde está a cidade de Honolulu, capital do Estado, com sua famosa praia de Waikiki. Todo o arquipélago tem aproximadamente 130 ilhas mas apenas 8 são consideradas maiores: Oahu, Kahoolawe, Maui, Lanai, Molakai, Nihau, Kauai e Hawaii.

O inglês é muito importante hoje em dia ele está presente em todos lugares!

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

O inglês já virou uma língua quase obrigatória em varias empresas pois em todos os empregos já exigem. O inglês é valorizado pois se fala no EUA inteiro aonde é um lugar muito desenvolvido. Claro que não é só os EUA que falam inglês. Em todo mundo ele é muito utilizado pois em todos os países há uma língua própria então na hora de uma negociação geralmente é usado.

A necessidade de se ter inglês avançado ou fluente para obter aprovação nos processos seletivos é sempre um ponto de interrogação para os candidatos. Muitos se perguntam o porquê dessa exigência se conhecem outras pessoas que trabalham na empresa e não se utilizam do idioma. Outros afirmam ter um leque extenso de competências que parece desvalorizado por não saberem a língua.

Mas afinal, por que o inglês é tão importante?

A resposta é simples: a necessidade de um segundo idioma, hoje, é fundamental. O inglês é a língua mais visada pelo fato de ser possível utilizá-lo no mundo todo e, nesse caso, não importa se você vai precisar dele ou não como ferramenta de trabalho do dia a dia. O fato de você saber falar o idioma já mostra que teve a oportunidade de aprendê-lo, seja por meio de um intercâmbio, de um curso extracurricular ou porque seus pais o incentivaram desde cedo – cada um desses fatores, entre outros, mostram que você está ligado nas tendências da sociedade atual e procura se manter o mais atualizado possível, sempre buscando vivências diversificadas. Além de que, caso haja alguma situação atípica, que envolva qualquer negociação ou contato com outro país, estará pronto para dar conta do recado.

Assim, não pense que a empresa solicita a língua inglesa à toa: há sempre um motivo por trás dos requerimentos em processos seletivos e todas as etapas mostram ao gestor traços importantes do seu perfil.
Fonte: http://estudai.blogspot.com.br/

EUA são o destino favorito de turistas brasileiros

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Na hora de escolher onde passar férias no exterior, brasileiros têm preferência pelos Estados Unidos. Orlando, Miami e Nova York são as cidades mais procuradas.

Os Estados Unidos são o destino internacional favorito dos brasileiros. É o que mostram dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) e do Ministério do Turismo. Em 2013, mais de 2 milhões de turistas brasileiros desembarcaram no país norte-americano. Depois dos Estados Unidos, os países mais visitados por brasileiros nos últimos anos foram Argentina e França.

Segundo dados da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, desde 2005, o número de vistos emitidos para brasileiros vem crescendo e ultrapassando marcas. Em 2012, foram 1,039 milhão. Em 2014, novo recorde, com a emissão de 1,075 milhão de autorizações.

O site Hoteis.com, que oferece serviço de reserva de hospedagem em vários países, desenvolveu um relatório, o Hotel Price Index (HPI), que aponta Orlando, Nova York e Miami como as cidades que mais receberam brasileiros em 2014.

Localizadas no estado americano da Flórida, as cidades de Orlando e Miami são destinos turísticos tradicionais por conta de centros de compras e parques temáticos – como Walt Disney World, Universal Studios, Sea World, Wet’n’Wild, entre outros. A grande presença da comunidade latino-americana – incluindo milhares de brasileiros – na Flórida transformam Miami e Orlando em cidades ondes os brasileiros têm facilidade de atendimento e comunicação.

Nova York tem uma histórica diversidade étnica, o que faz da cidade – apelidada de Grande Maçã – uma das capitais mais ecléticas do mundo. Além de seus diversos museus, centros culturais, casa de espetáculo, restaurantes renomados e lojas de grife, Nova York tem como atrativos a Estátua da Liberdade, o Central Park e as badaladas avenidas Times Square e Broadway.

Outras cidades americanas muito procuradas por brasileiros são Las Vegas, conhecida pelos cassinos, e Los Angeles e San Francisco, ambas no estado litorâneo da Califórnia.

Fonte: http://www.brasil.gov.br/turismo/2015/06/eua-sao-o-destino-favorito-de-turistas-brasileiros

Qual a língua mais falada no mundo?

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

O inglês. Idioma é essencial para diferentes profissionais e áreas do conhecimento

Muita gente que mora no Brasil e convive com a língua portuguesa não consegue compreender a importância que o idioma inglês exerce sobre diferentes áreas e profissões. É certo que devemos estar muito bem entendidos do nosso próprio idioma e também é preciso saber valorizá-lo. Porém, por questões que fogem ao nosso alcance, o inglês exerce grande influência no mundo profissional porque é o idioma mais falado em todo o mundo. Em termos de países que falam o inglês, há uma disparidade enorme com o segundo idioma mais falado que é o francês.

Uma questão que precisa ser bastante esclarecida: o inglês é líder em termos de países que o adotam. Porém, em termos de população é o idioma da China, também chamado de mandarim, que alcança um número maior de habitantes.

Fonte: http://www.colegioweb.com.br/curiosidades/qual-lingua-mais-falada-mundo.html#ixzz48vuI0dxZ

 

A Influência da Cultura Americana no Brasil

http://www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

O Brasil é um país relativamente novo frente àqueles do antigo continente, foi colonizado por escravos, índios e pessoas interessadas a fazer vida nova por aqui.

Toda a influência cultural, de idioma, costumes, foi trazida de fora; posteriormente e pouco a pouco fomos construindonossa identidade verdadeiramente nacional, tanto na literatura, moda, ideias e ideais.

No século XVIII, as maiores manifestações culturais eram vindas da França e assim permaneceu até começo do século XIX, a Bèlle Époque tropical se instalou de vez no país. Os franceses ditavam a moda, a música, tudo que era relacionado a eles era chique e imprescindível.

Mas a hegemonia da influência francesa não perdurou, a partir da década de 50 os Estados Unidos da América passaram a dominar o mundo, com a vitória na Segunda Guerra Mundial e também com o prestígio e glamour do cinema hollywoodiano, tudo culminou para fortalecer o poder americano no mundo e claro, no Brasil.

Os primeiros sintomas desse poderio foram no idioma, várias expressões americanas passaram a ser usadas no Brasil e permanecem até hoje, como hot-dog, cheeseburger, notebook, pendrive, sem contar as inúmeras fábricas de produtos que se instalaram no país e mudaram totalmente os hábitos alimentares do povo brasileiro.

As indústrias de automóveis, com seus modelos excepcionais, cheios de velocidade, os diferentes sabores de refrigerantes e os fast-food, todos viram no povo tupiniquim uma grande chance de ampliar seus negócios e manipular o comércio.

Além da mudança nos costumes alimentares, outras foram introduzidas no decorrer dos anos, principalmente as musicais, influenciadas pelo Rock americano e seus ídolos como Elvis Presley e James Jean que foram espelhos para toda a geração dos anos 60. Inclusive, esse ritmo musical influenciou nossa famosa Bossa Nova.

Os brasileiros assumiram também a moda americana, despojada e confortável, passaram a usar as minissaias, tênis e a mais que famosas calças jeans. O jeans tornou-se peça de uso fundamental de todos; antes eram destinados aos jovens rebeldes e depois vestiam desde as crianças de colo até os idosos, por serem baratos e tremendamente adaptáveis a qualquer situação.

Logo veio a liberação sexual, com a onda do Paz e Amor, os anticoncepcionais, a liberdade feminina, tudo que chegou ao Brasil passou antes pelos Estados Unidos, até parte de nossa constituição foi baseada na deles.

Sem esquecer que o dólar americano era uma das moedas mais fortes do mundo até bem pouco tempo, e nossa economia estava totalmente nas mãos dos EUA e dependíamos deles para tudo. Eles ditavam o que deveríamos ou não comprar, vender e negociar.

Mas o tempo de liberdade chegou e o Brasil finalmente conseguiu construir, impor e até exportar sua cultura, produtos, serviços, costumes e descobertas, conquistando seu espaço dentre as grandes potências mundiais.

Fonte:http://cultura.culturamix.com/curiosidades/a-influencia-da-cultura-americana-no-brasil

Os Melhores Lugares para se Morar nos Estados Unidos

http://www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Todo ano a Money Magazine publica uma lista dos melhores lugares para se morar nos Estados Unidos.  A lista considera uma série de fatores para computar um índice que é usado para medir as qualidades desses lugares.  Entre esses fatores estão incluídos o aspecto financeiro, moradia, educação, qualidade de vida, cultura e lazer, temperatura, e saúde.

O critério financeiro inclui medidas tais como a renda média dos moradores, os impostos, preço de seguro de carro, e as possibilidades de empregos.   Em termos de moradia, são calculados os preços das casas e os impostos prediais.  Quanto à educação é levado em consideração o número de universidades, escolas técnicas, e as notas da população em provas padrão.  Quanto à qualidade de vida, considera-se a qualidade do ar, o índice de criminalidade, e o trânsito.  Em termos de cultura e prazer mede-se o número de cinemas e teatros, bibliotecas, restaurantes e bares, parques públicos com campo de golfe, e o apoio financeiro às artes.  Quanto ao tempo, mede-se a quantidade de precipitação anual, e as temperaturas médias e extremas no verão e no inverno.  Finalmente, em termos de saúde, é medido o número de residentes que tem um plano de saúde, a taxa de obesidade, e o grau de ocorrência de enfermidades tais como diabete e hipertensão.

Aqui vai então a lista de melhores lugares para se morar nos Estados Unidos em 2008 de acordo com a Money Magazine:

  1. Plymouth, MN
  2. Fort Collins, CO
  3. Naperville, IL
  4. Irvine, CA
  5. Franklin Township, NJ
  6. Norman, OK
  7. Round Rock, TX
  8. Columbia/Ellicot City, MD
  9. Overland Park, KS
  10. Fishers, IN

A cidade vencedora, Plymouth, que fica no estado de Minnesota, foi considerada a vencedora por causa de suas ótimas escolas, bons empregos, casas com preços razoáveis, e bastante atividade cultural.  A única desvantagem de Plymouth é um inverno bastante rigoroso, onde a temperatura média fica em tono de -10 graus Celsius.

Aqui vão algumas estatísticas interessantes da cidade vencedora:

Renda média anual                                         $ 111.631

Imposto de renda estadual                            5,35 – 7,5%

Imposto sobre venda de mercadorias          6,65%

Preço médio de uma casa                               $288.950

Número de universidades na área                27

Qualidade do ar                                                70%

Incidência de crime por 1.000 habitantes   2

Idade média                                                      37,8

Geralmente as lista publicadas por revistas, tais como essa da Money Magazine, são um tanto subjetivas, pois os critérios escolhidos e com mais peso nem sempre são aqueles que se encaixa ao seu gosto.  Porém, essas listas podem ser usadas para lhe dar uma idéia de bons lugares para se morar, e podem ser usadas também para comparar as estatísticas dos melhores lugares com as da sua própria cidade.

Fonte: http://www.brasileirosnosestadosunidos.com/os-melhores-lugares-para-se-morar/

LOS ANGELES

 

http://www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Quem poderia imaginar que o pequeno povoado de Nuestra Señora la Reina de Los Angeles, fundado pelos mexicanos em 1781, se tornaria a segunda cidade mais populosa dos EUA? Los Angeles – ou apenas LA, como chamam os angelinos – tem quase quatro milhões de habitantes. Metade da população é composta por imigrantes de todo o mundo, que vivem em uma das regiões mais multiculturais do país. Com um povo bem moderninho e misturado é que LA cresceu e se tornou um dos mais procurados destinos turísticos dos EUA.

Sob o sol da Califórnia a cidade vem mostrando que vai muito além de Hollywood. Todavia, é quase impossível deixar de lado o mundo do cinema. Na verdade, nem há motivo para isso. A imagem pode ser tão familiar que nem nos surpreende mais, porém andar pela Calçada da Fama e fazer algumas fotos com sósias (nem sempre tão bonitos quanto os originais) é uma das obrigações mais divertidas dos turistas que estão na cidade – leva apenas algumas horas e você guardará a recordação para sempre. Não há motivos para ir contra o fluxo e deixar de registrar o letreiro de Hollywood. Entre no clima e divirta-se turistando. O único conselho a seguir, no entanto, é não cair na falsa conversa de que Los Angeles resume-se à Hollywood Boulevard.

Quem está disposto a visitar LA apenas para andar no famoso circuito básico acabará entrando para o hall de turistas que odeiam a cidade. Sim, é verdade. Los Angeles é desses destinos que dividem opiniões, do tipo “ame ou odeie”. O trânsito maluco é um dos fatores que levam muitos visitantes a não gostarem de LA. Por outro lado, amar a Cidade dos Anjos é tarefa bem fácil; basta sair da área da Calçada da Fama e das Highways engarrafadas.

Como não gostar do clima descontraído em mais de 120km de praias californianas? Ou de tantas opções de restaurantes de nacionalidades diferentes? Sem falar nos museus, nos mercados gourmet, na vida noturna animadíssima, nas incalculáveis possibilidades de compras, nos parques de diversões temáticos e nos estúdios de cinema… Onde mais você poderia assistir às gravações de seriados como The Big Bang Theory e ser uma das gargalhadas da plateia? Só Los Angeles faz isso por você!

Entenda a região

Admitimos que LA não é muito fácil de ser compreendida. Distritos, cidades, região metropolitana e condado confundem a cabeça de qualquer turista. Que choque descobrir que Beverly Hills não faz parte da cidade de Los Angeles! Na prática, tudo parece um conglomerado de bairros, porém na teoria é bem diferente.

Vamos do maior para o menor: com mais de 10 milhões de habitantes, o Condado de Los Angeles é o maior no estado da Califórnia, sendo formado por cerca de 88 cidades (entre elas Los Angeles – sede do condado -, Beverly Hills, Burbank, Santa Monica, Malibu, West Hollywood, Orange Count e Pasadena); muitas das cidades são tão pequenas e coladas a Los Angeles que funcionam como bairros, como são os casos de Beverly Hills, West Hollywood e Santa Monica.

A cidade de Los Angeles é dividida por distritos e bairros (neighborhoods). A confusão é grande! Regiões como Fashion District, Arts District e Financial District, na verdade, são apenas bairros que fazem parte do distrito de Downtown LA. Os mais procurados para visitação são: Hollywood (distrito), Downtown LA (distrito), Civic Center, Fashion District, Arts Districts, Little Tokyo, Chinatown, Historic Dowtown, South Park, Bunker Hill, East Hollywood e La Brea.

Que tal fazer parte do grupo de 40 milhões de turistas que descobrem a região metropolitana de Los Angeles todos os anos? O Melhores Destinos preparou um guia recheado de dicas sobre a cidade que o levarão muito além das estrelas de Hollywood. Veja o que fazer em LA, os pontos turísticos, dicas sobre os estúdios de cinema e parques de diversão como Disney e Universal, além de ótimasopções de compras, tudo o que acontece nas praias californianas, os museus mais visitados e muito mais!

 

Fonte: http://guia.melhoresdestinos.com.br