Como são feitas as legendas de filmes e séries?

Traduzir o roteiro é só o começo: há diversas adaptações necessárias, tanto técnicas quanto culturais, e tudo é revisado com afinco

Elas são encomendadas pelas distribuidoras a empresas especializadas (que possuem times de tradutores freelancers) ou então diretamente a esses profissionais. Embora existam muitos estúdios de tradução e legendagem (e que às vezes também fazem dublagem), o aumento da produção de conteúdos e a variedade de mídias (TV, Blu-ray, cinema, streaming…) tem feito os canais e as produtoras preferirem cada vez mais gerenciar a produção de legendas via plataformas online, sem precisar contratar estúdio. Os profissionais passam por testes de capacidade que avaliam sua experiência, seu conhecimento em línguas e, principalmente, sua carga cultural na língua que será traduzida. Diploma pode ajudar, mas não é obrigatório. Em média, por mês, cada produtora é responsável pela tradução de 15 séries de TV e mais de 200 horas de filmes.

1. Quando a produtora recebe o pedido de legendagem, começa o processo de seleção dos profissionais que farão a versão brasileira. Cada produto possui um determinado perfil de tradutor: além de experiência e conhecimento nas línguas, a afinidade do candidato com o tema do material e seu repertório são decisivos para garantir um bom trabalho de tradução

2. O material recebido pela produtora é assistido de cabo a rabo para determinar os pontos de entrada e saída de cada legenda (timing). Existe um profissional específico, o marcador, para esse trabalho. Ele informa ao software a posição e o momento exatos em que cada legenda deve aparecer e desaparecer

3. Geralmente o tradutor tem acesso ao material audiovisual e ao seu roteiro para garantir uma tradução fiel. Em alguns casos, como nas séries House e Law & Order, a produtora consulta médicos e advogados para traduzir termos técnicos usados na série. É comum que os tradutores conversem com fãs-clubes para acertar o tom dos diálogos ou tenham um glossário de termos técnicos para determinadas séries

4. A tradução deve sempre ser fiel ao roteiro e passa por diversas adequações: para que a legenda seja legível, há um limite de caracteres por linha (CPL) e por segundo (CPS) em cada mídia. Exemplo: Game of Thrones tem limite de 32 CPL na TV e até 42 no Blu-ray. São regras diferentes para mídias distintas e a HBO encomenda as duas legendas. Termos gringos são regionalizados, marcas e merchandising nos diálogos são anulados e os palavrões são amenizados. Mas há distribuidoras que pedem que o conteúdo impróprio seja mantido para não descaracterizar o material

5. O prazo para produção das legendas varia entre 5 e 7 dias, dependendo do produto. Em casos extremos, o tradutor tem só dois dias. Nos blockbusters e nas séries exibidas em paralelo no Brasil e nos EUA (simulcast), como Game of Thrones, alguns estúdios fazem uma tradução às cegas, usando só os roteiros enviados pela distribuidora, sem assistir ao episódio ou filme

6. Quando a produtora faz as legendas para um filme ou série, ela cede os direitos de exibição apenas para quem a contratou. Por essa razão, é comum que filmes e séries sejam relegendados e até redublados, pois é muito mais barato (e menos burocrático) refazer tudo do que comprar os direitos de exibição da legenda de outro canal

Fonte: https://mundoestranho.abril.com.br/cinema-e-tv/como-sao-feitas-as-legendas-de-filmes-e-series/

Espanglish Traduções oferece os seus serviços de tradução de vídeos – legendagem.

Está apta a fazer legendagem para todo tipo de meios audiovisuais

  • Programas de televisão
  • Filmes
  • Vídeos institucionais
  • Corporativos
  • Educacionais
  • Documentários
  • Publicidade

O processo de tradução:

É fundamental que as informações contidas em seus vídeos sejam traduzidas para o Inglês, Português, Espanhol (ou a língua requerida) utilizando o idioma específico de seu mercado, sem erros em traduções literais que muitas vezes podem ser vistos até em grandes filmes de Hollywood. Legendar filmes é uma combinação de software de legendagem e tradutores experientes com amplo conhecimento linguístico e cultural.

Espanglish Traduções garante o sucesso nos seus vídeos por meio dos seus serviços de legendagem e tradução.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

 

Anúncios

Por que a Argentina está oferecendo aulas de cinema para secundaristas?

Projeto desenvolvido em parceria com a França exibe filmes locais e promove debates para despertar nas crianças o gosto pelo cinema e fomentar indústria audiovisual do país.

                DÍAS DE VINILO’, FILME ARGENTINO DE GABRIEL NESCI, É UM DOS QUE ESTÃO SENDO EXIBIDOS AOS ALUNOS

 

Desde agosto de 2016, 7 dos 24 estados argentinos passaram a oferecer aulas de cinema para estudantes de escolas secundárias, frequentadas por crianças e jovens entre 11 e 18 anos.

O programa, chamado “Las escuelas van al cine”, prevê aulas gratuitas em que alunos são levados ao cinema para assistir filmes e aprendem conceitos básicos de análise cinematográfica geral, envolvendo roteiro, fotografia, direção, trilha sonora e iluminação, por exemplo.

A iniciativa é fruto de uma parceria do Incaa, o Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales argentino, com o governo francês, que desde 1989 faz o mesmo nas escolas do país com o programa “College au Cinema”.

O objetivo, segundo o Incaa, não é apenas que os jovens desenvolvam interesses profissionais pela área cinematográfica e bagagem cultural: trata-se de incentivar gerações futuras a consumirem mais o cinema local – e, com isso, fomentar a produção audiovisual argentina.

“Me parece uma iniciativa espetacular essa de  colocar a semente do cinema na cabeça das crianças, que têm tanto bombardeio de influências e conteúdos de todos os lados.”

Gabriel Nesci, Diretor de ‘Días de vinilo’, um dos filmes exibidos nas aulas

Como funciona o ‘Las escuelas van al cine’

A primeira exibição do projeto, na cidade de Salta, no noroeste argentino, reuniu 350 alunos de diferentes escolas para uma sessão do filme ‘Días de Vinilo’, do diretor argentino Gabriel Nesci. Depois da exibição, os alunos participaram de um debate com o diretor.

A ideia é que as aulas gratuitas de cinema se passem nos centros do Incaa espalhados pelo país – que têm salas de projeções. Os alunos serão conduzidos até os centros para a exibição e debate sobre os filmes uma vez por semana.

De acordo com o Incaa, o foco das aulas serão filmes argentinos, além de algumas produções francesas. “Foram escolhidos filmes de valor, que vão fomentar o trabalho [de debate] sobre amizade e sobre as diferentes problemáticas que as crianças e adolescentes sofrem”, explicou Mariano Ovejero, secretário de Cultura e Turismo de Salta, ao site argentino Télam.

Além das aulas de cinema, o projeto também lançou um concursodirecionado a jovens argentinos de 13 a 18 anos. Eles devem responder à pergunta “Do que o cinema argentino precisa para que mais jovens como você o assista?”, e as cinco respostas mais criativas serão premiadas. Com o concurso, o Incaa pretende obter pistas sobre como atrair as novas gerações para o cinema.

Cinema na escola

O projeto argentino foi pensado com a ajuda do governo francês. Depois de um acordo assinado pelo presidente François Hollande em uma visita à Argentina em janeiro, o país europeu enviou especialistas em educação à Argentina para discutir melhor a maneira de implantar o programa no país sul-americano.

A iniciativa francesa, que começou há mais de 20 anos, hoje mostra bons resultados para o cinema local. Hoje, 34% dos filmes lançados na França são nacionais, uma das maiores taxas entre os países europeus.

O projeto, planejado em conjunto, determinou a implantação inicial em sete províncias argentinas como piloto. Alejandro Cacetta, diretor do Incaa, disse em um festival de cinema espanhol que o objetivo é tornar o currículo audiovisual uma política pública estatal no país todo.

Na Argentina, a ideia é que a inclusão de ensino sobre audiovisual no currículo básico faça o mesmo pelo cinema argentino: crie nos jovens um gosto pela produção cinematográfica local, o que também trará impactos positivos na produção de filmes nacionais no país.

Além disso, a meta também é despertar nos jovens o gosto pelo cinema tradicional, na tela grande, em vez do consumo exclusivo audiovisual pelo computador ou celular.

Legendas de filmes em espanhol é conosco (também serviço de legendagem em mais de 30 idiomas).

Espanglish Traduções

http://www.espanglish.com.br             (41)3308-9498            atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Séries da Netflix estão incentivando o público americano a aceitar as legendas

NarcosBannerLegenda636

Há alguns meses a Netflix começou a exibir a série Narcos, na qual Wagner Moura interpreta o traficante Pablo Escobar, que criou um cartel bilionário na Colômbia.

E se acharmos que o roteiro original, a fotografia deslumbrante e o ator do nosso país não são motivos suficientes para despertar nossa curiosidade, saiba que a série também conta com uma incrível trilha sonora e o ator chileno Pedro Pascal, o príncipe Oberyn Martel de Game of Thrones, da HBO.

pedro-pascal-narcos636

Uma das maiores críticas que a série está recebendo no Brasil é sobre o portunhol que sai da boca do Wagner Moura. Em certas frases é perceptível, mesmo para nós brasileiros, que a palavra dita não é a adequada. Soa muito familiar aos nossos ouvidos. Para os nativos de língua castelhana, acho que o desconforto deva ser maior ainda. Mesmo assim, e mesmo com outras críticas relacionadas ao“olhar imperialista da América Latina”, o fato é que Narcos está sendo muito bem acolhida pelo público em geral.

Nos EUA o problema não é o sotaque, é a legenda

Uma vez Helen Mirren, que entre outras coisas estrelou The Hundred-Foot Journey no Reino Unido, mas falando francês, disse que os americanos não vão aceitar filmes com legendas. Eles tiveram que adaptar a obra e a atriz passou a usar então um Franglês (Frenglish), uma mistura de francês com inglês, caso contrário a comédia da DreamWorks não seria bem recebida nos Estados Unidos.

E a gente pode aqui bradar quanto for, e escorregar no estereótipo de que os caras não sabem ler, que são ignorantes, sem cultura, mas há de se ter muita calma nesta hora. Pra gente, legenda é algo comum, há muitas décadas. A gente está acostumado a assitir filmes estrangeiros, a maioria deles, veja só, dos EUA, com legendas. E mesmo no Brasil, existe uma gigante parcela da população que tem verdadeira aversão às letrinhas, à leitura durante a obra.

Poucos sabem, mas há alguns anos eu ajudei a criar e hoje mantenho um site e uma página do Facebook para fãs de The Big Bang Theory, e lá eu pude ver que mesmo uma série que é tida para nerds, ou sobre nerds, há um enorme número de fãs que preferem assistir os episódios dublados.

Agora, se mesmo na nossa sociedade, onde existe o costume de abraçar sem pudores a cultura estrangeira, muitas pessoas se incomodam com legendas, o que dizer dos EUA, onde só se consome filme e séries americanas, com idioma americano, atores americanos ou que falam única e exclusivamente inglês? Eles não estão acostumados com isso, e mudanças como essa são um verdadeiro desafio desta indústria.

Aí entra a Netflix mudando os paradigmas

De uma forma bem articulada e inteligente, a empresa está provando que as legendas são indolores, inodoras e não soltam as tiras.

Em Narcos, por exemplo, existem diversos diálogos entre policiais e traficantes única e exclusivamente em espanhol. Com legendas. Evidentemente existem atores americanos, comoBoyd Holbrook, que esteve em Gone Girl e Milk, e que aqui faz o papel do investigador Steve Murphy. Ele é o principal narrador da trama toda, explicando a história de Escobar para quem não conhece (em inglês), mantendo os mais avessos às legendas em uma posição bem mais confortável.

SteveMurphy636

E essa transição é feita de forma suave. No primeiro episódio, por exemplo, os autores apresentam ao espectador como funciona essa dinâmica, da seguinte forma: um personagem está falando em espanhol ao telefone, e os americanos estão acompanhando tudo através de uma escuta e repassando as informações para Steve. As legendas em espanhol são curtas, pontuais, e boa parte da conversa acontece em inglês. É como se o diretor fosse aquela enfermeira gente boa que aplica e injeção com maestria e diz: “Viu só? Nem doeu, foi super rápido e já passou…

Orange Is The New Black também ajuda no processo

Essa é outra série da Netflix, uma das que eu mais gosto, que também está recebendo cenas com legendas. Pra quem nunca assistiu, trata-se de um enredo que se passa principalmente em uma cadeia feminina nos EUA, contando a história das detentas, seus medos, anseios, crimes, e uma mistura étnica como não poderia deixar de ser em um ambiente assim. Mulheres brancas, negras, asiáticas, europeias e latinas convivem juntas.

leyva1

E como bem lembrou Stephanie Merry do The Washington Post, em vários momentos as mulheres de cada um desses grupos conversam entre si em seus idiomas nativos, com legendas. Nada absurdo, nenhum diálogo complexo, mas de qualquer forma é um princípio mais que necessário para que esse tipo de recurso cinematográfico passe a ser melhor recebido pela audiência americana.

cries

Fonte: Matheus Gonçalves em 02 09 2015 em Destaque

Espanglish Traduções oferece os seus serviços de legendagem para filmes, vídeos institucionais e todo tipo de material audiovisual que requer uma tradução para que o seu projeto seja adaptado ao público brasileiro ou ao estrangeiro, de acordo com as suas necessidades.

Legendagem em inglês, espanhol, francês, alemão, japonês, mandarim, árabe, turco, italiano, coreano, russo, polonês e outras línguas. Consulte. Tradução de vídeos e filmes é com a Espanglish.

http://www.espanglishtraducoes.com.br

(41)3308-9498

 

 

Quais são as línguas mais faladas no mundo?

Um infográfico completo que mostra quais são as línguas mais faladas, dos cerca de 7.102 idiomas conhecidos no mundo hoje

  • Temos 7,2 bilhões de pessoas vivendo no mundo nesse momento. Mais da metade disso, 4,1 bilhões, se comunicam com vinte e três dos mais de sete mil idiomas existentes hoje.
O infográfico abaixo está cheio de estatísticas interessantes sobre as principais línguas faladas hoje. O Chinês lidera de longe a brincadeira, com 1.2 bilhão de pessoas que falam o idioma na China e em outros lugares como Hong Kong, Taiwan e na Malásia. Lembrando que o “chinês” engloba diferentes línguas e dialetos, como o cantonês e o mandarim.

Depois disso, o Espanhol (399 milhões de pessoas) e o Inglês (335 milhões) dominam boa parte do mundo, o primeiro falado em praticamente toda a América Latina (e por 34 milhões de pessoas nos Estados Unidos). Interessante ver que o inglês é a língua mais estudada ainda ao redor do mundo, mas a potência mesmo vem de ser falado nos estados Unidos (são 110 países que falam o inglês, mas 225 dos 335 milhões estão em solo americano).

 O nosso português é falado por 203 milhões de pessoas, basicamente aqui no Brasil. Depois tem Portugal, Moçambique e algumas pessoas na França e na Índia. Também se fala português em Angola, São Tomé e Príncipe, um pouco em Macau, Timor Leste, Guiné-Bissau e Equatorial e por alguns bilíngues em Cabo Verde (a língua falada por lá é o crioulo cabo-verdiano).

A Papua-Nova-Guiné leva a taça de lugar com mais dialetos falados, 839 no total.

Facinho bater um papo por lá.

Obs.: a imagem de capa é do transporte público de Pequim, na China, em 1950.


FONTE: http://www.papodehomem.com.br/quais-sao-as-linguas-mais-faladas-no-mundo/

publicado em 30 de Junho de 2015, 09:00
Espanglish realizada serviços de tradução e interpretação em dezenas de línguas, entre elas inglês, espanhol, francês, italiano, alemão, holandês, húngaro, tcheco, catalão, polonês, russo, sueco, ucraniano, latim, grego, romeno, mandarim, cantonês, japonês, tagalog, coreano, árabe, hebraico e outros.
Realizamos traduções juramentadas, técnicas, tradução de artigos científicos, legendagem de vídeos, tradução simultânea e consecutiva para criar pontes linguísticas que colaboram com o desenvolvimento das empresas e do mundo como um todo.
(41)3308-9498   /  (41)9667-9498
atendimento@espanholinglescuritiba.com.br 

Serviço de Legendagem em Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e todo o Brasil

Serviço de Legendagem – Tradução de Vídeos

Legendas são versões textuais de diálogos de filmes e programas de televisão, exibidas na parte inferior da tela. Podem ser a tradução escrita de diálogos em idioma estrangeiro ou a transcrição de diálogos no mesmo idioma, com ou sem informações complementares para auxiliar espectadores surdos e com dificuldade de audição a acompanhar a conversa, bem como pessoas que não entendem o idioma falado ou não reconhecem o sotaque.

Para fazer tradução e legendagem a Espanglish conta com profissionais competentes, com fluência no idioma, extenso conhecimento cultural e excelente conhecimento da Língua Portuguesa.

Está apta a fazer legendagem para todo tipo de meios audiovisuais

  • Programas de televisão
  • Filmes
  • Vídeos institucionais
  • Corporativos
  • Educacionais
  • Documentários
  • Publicidade.

O vídeo é a ferramenta mais usada hoje para o consumo de conteúdo, e esta realidade aplica-se também às empresas. Como exemplo, o YouTube é a segunda maior ferramenta de busca do mundo, demonstrando a importância que os vídeos tem no dia-a-dia das dos indivíduos.

No Brasil a dublagem de vídeos em Português permite acesso a um público que não iria assistir um vídeo em Inglês, porém a rejeição de vídeos dublados também é muito grande. Principalmente para produções com muitos diálogos e palestras, sejam artísticas ou corporativas, a legendagem de vídeos é a solução mais adequada para a disponibilização de realizações internacionais para o público brasileiro e produções brasileiras para o público estrangeiro.

Legendagem de Vídeos Corporativos

As empresas têm notado a importância de capacitação em vídeos para suas equipes internas, assim como a disponibilização de vídeos sobre seus produtos e serviços para estratégias de marketing digital, e a produção de vídeos institucionais para o mercado e conferências para os envolvidos e interessados. A Legendagem é o formato mais eficaz hoje em dia para divulgar conteúdo e tornar sua marca conhecida.

Para as empresas que possuem um produto de expansão global, para aquelas que estão pensando entrar no mercado internacional, para as empresas que possuem filiais ou matriz em outro país, é fundamental a geração de vídeos institucionais em Inglês ou outros idiomas, pois atingem o público internacional. A produção de um vídeo original e a contratação de um serviço de empresas de legendagem garantem um melhor retorno do investimento realizado.

O processo de tradução

É fundamental que as informações contidas em seus vídeos sejam traduzidas para o Inglês, Português, Espanhol (ou a língua requerida) utilizando o idioma específico de seu mercado, sem erros em traduções literais que muitas vezes podem ser vistos até em grandes filmes de Hollywood. Legendar filmes é uma combinação de software de legendagem e tradutores experientes com amplo conhecimento linguístico e cultural.

Espanglish Traduções garante o sucesso nos seus vídeos por meio dos seus serviços de legendagem e tradução.

Espanglish Traduções é a empresa de Legendagem e de Dublagem que resolverá as necessidades da sua empresa pelo melhor custo-benefício. Excelente preço com a Qualidade que a sua empresa necessita.

Oferecemos o serviço de legendagem e dublagem nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, Joinville, Foz de Iguaçu, Salvador, Cuiabá, Porto Velho, São José dos Campos, Campo Grande, Fortaleza, Recife, Manaus, Brasília, Campinas, Belém, Natal, João Pessoa, Vitória  e o resto do Brasil.

Estes são os nossos contatos:

http://espanglishtraducoes.com.br/conteudo/servico-de-traducao-de-videos-legendagem.html

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br 

Telefones:55-41-3308-9498 / 55-41-9667-9498

Atendemos todos os dias do ano.

História da Dublagem

Fazemos dublagem em inglês, espanhol, português, mandarim, francês e outras línguas. Um bom serviço de dublagem é fiel ao texto original e adequa-se à linguagem do público-alvo, à cultura do país de destino e à finalidade do texto a ser traduzido.

O serviço de dublagem é realizado por dubladores experientes e gravado em estúdio especializado, com qualidade cinematográfica.

Para isso, a Espanglish conta com profissionais capacitados, com fluência no idioma, amplo conhecimento cultural e excelente conhecimento do idioma desejado.

Espanglish Traduções é a empresa de traduções de Dublagem e Legendagem que resolverá as necessidades da sua empresa pelo melhor custo-benefício. Excelente preço com a Qualidade que a sua empresa necessita.

Oferecemos o serviço de dublagem e legendagem nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, Joinville, Foz de Iguaçu, Salvador, Cuiabá, Porto Velho, São José dos Campos, Campo Grande, Fortaleza, Recife, Manaus, Brasília, Campinas, Belém, Natal, João Pessoa, Vitória  e o resto do Brasil.

Estes são os nossos contatos:

http://espanglishtraducoes.com.br/conteudo/traducao-de-filmes-dublagem.html

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Telefones:55-41-3308-9498 / 55-41-9667-9498

Atendemos todos os dias do ano.

É muito difícil hoje em dia alguém nunca ter ouvido falar de dublagem, principalmente porque pelo menos quando o assunto surge em uma conversa, geralmente é para falar mal. Quantas vezes, alguém já não foi “repreendido” com perguntas como: “Você vê filme dublado? Cruzes!” Pois é. Aqui no Brasil esse tipo de reação é muito comum. Mesmo em faculdades ou em cursos de tradução, a dublagem ainda é pouca ensinada e propagada, fato que se deve muito em parte por esse preconceito. Mas afinal, o que é a dublagem? Como funciona? Como começou? Qual é a sua trajetória? Bom, é o que começaremos a ver um pouco aqui hoje. Não cabe tudo em um post único, pois assim como os outros ramos de tradução, há vários fatores envolvidos, suas particularidades etc.

A dublagem é a sobreposição da voz presente no produto audiovisual original por outra, no caso, pela voz de um dublador que fala a língua para o qual o produto (filme, documentário, animação etc) está sendo traduzido. Hoje em dia, a dublagem é propagada em todo mundo e na Europa praticamente TUDO é dublado e em certos casos, a legendagem acaba sendo até preterida… para quem achava que dublagem era só “coisa brasileira”, se enganou xD

Por mais que as pessoas não admitam, a dublagem tem suas vantagens e existe para atender uma série de pessoas. Primeiro, tem gente que não consegue acompanhar a legenda de um filme, por exemplo. Não consegue lê-las com rapidez. Em um filme legendado, uma vez que o áudio original se mantém, não se pode perder o que a legenda diz. Se o telespectador perder uma legenda, pode ser que perca um aspecto importante do filme. Segundo, a legenda faz a gente perder um pouco da completa experiência visual, pois a atenção se reveza entre a legenda e o que está acontecendo na tela. E terceiro, as pessoas esquecem que em vários países, e como belo (e triste) exemplo o Brasil, o índice de analfabetismo ainda é muito elevado. Logo é justo que essas pessoas fiquem sem poder desfrutar de filmes, etc? A dublagem veio para atender a esses “poréns” deixados pela legendagem. A dublagem faz com que qualquer um entenda o que está acontecendo e sendo dito com total atenção,pois não terá que disputar a atenção com a legenda. Quem quiser pode até se distanciar da televisão, pois mesmo sem ver, poderá ouvir o que está sendo dito. Não cabe aqui dizer se é melhor ou não que a legendagem. As duas formas de tradução tem suas vantagens e desvantagens e podem perfeitamente coexistir, basta a pessoa escolher a sua preferida, pois gosto é gosto e não se discute 😉 Eu não tenho o menor preconceito com a dublagem, pois cresci vendo filmes dublados, principalmente as obras clássicas da Disney e em muitos desses filmes, as vozes da versão dublada são até mais lindas do que as originais em inglês, mas isso sou eu. E ainda no mérito das animações, pelo que percebo é o único produto audiovisual que os brasileiros de modo geral consideram bons e não reclamam da dublagem.


O começo da história da dublagem

Não é preciso ser gênio para deduzir que a dublagem só pode surgir após o surgimento do cinema falado. Os primeiros filmes falados foram “The Jazz Singer” (O cantor de Jazz) que estreou em 1927, mas que só contava com alguns atores falando. O segundo foi “Lights of New York” em 1928 e esse sim, foi o primeiro filme mundial inteiramente falado. A legendagem surgiu antes da dublagem para que outros países ao redor do mundo pudessem ver filmes e outros produtos de outras línguas, mas para tentar suprir fatores como os citados acima, a dublagem foi criada como outra alternativa.

E no Brasil? Qual foi o primeiro filme dublado? Eu vos digo. Foi em 1938 que tivemos nosso primeiro filme dublado e foi nada mais, nada menos do que a incrível obra prima de Walt Disney que revolucionou o mundo das animações em todo o mundo: “Branca de Neve e os Sete Anões”. Sua dublagem foi realizada em um estúdio chamado Cinelab no Rio de Janeiro no bairro de São Cristovão. E adivinhem quem fez a voz da protagonista aqui nas terras tupiniquins? A famosa cantora de rádio, Dalva de Oliveira, que teve até uma série em sua homenagem na rede globo em 2010 chamada “Dalva e Herivelto: Uma canção de amor.” Vale salientar que era muito comum no começo da dublagem aqui no Brasil , os dubladores serem os cantores famosos de nossas rádios.

E para terminar… (por hoje)

Algo que é muito ouvido por aí e tenho que admitir que eu inclusive já falei isso durante muito tempo até estudar essa área.

“Mas que título de filme é esse? Onde o tradutor estava com a cabeça quando criou esse título? Não tem nada haver com o título original do filme!”

Bom, na verdade, o tradutor não estava com a cabeça em lugar nenhum, pois NÃO É ELE QUEM DECIDE OS TÍTULOS DOS FILMES OU SERIADOS OU SEJA LÁ O QUE SEJA. Em certos casos, o tradutor pode até opinar a respeito, mas na maioria das vezes quando o cliente manda para o tradutor o produto seja ele filme ou o que for, o título já esta determinado. Quem o elabora é a equipe de marketing e o que se tenta fazer (apesar de termos uns títulos meio nada haver de vez em quando xD) é criar um título que atraia a atenção do público brasileiro. Muitas vezes, o título é traduzido ao pé da letra, outras vezes é completamente adaptado. Há casos também em que só se coloca um subtítulo como em “Forrest Gamp –  O contador de histórias”, pois por regra nossa mesmo, um título tem que ter uma parte dele em português, daí a necessidade de se colocar um subtítulo em português, já que Forrest Gump é um nome americano, não brasileiro.  Então pessoal, podemos não gostar dos títulos dados aqui no Brasil, mas é preciso saber com se dá esse processo. Por favor, parem de colocar a culpa nos pobres tradutores! xD

Mais sobre esse mundo da dublagem será explorado em posts futuros, pois ainda há muito a ser dito =) Mas se já quiserem ir se inteirando mais do assunto, ouçam o divertido papo fantástica 4.03 no qual convidamos a tradutora de dublagem e dubladora Dilma Machado! Segue o link abaixo:

 FONTE: http://www.revistafantastica.com.br/papo-fantastica/papo-fantastica-4-03/

10 traduções fabulosas de itens de cardápios

Insetos ao molho e cerveja que late são apenas algumas das maravilhas criadas por tradutores automáticos.

Espanglish oferece os seus serviços de traduções técnicas, tradução simultânea, tradução de manuais, legendagem. Traduzimos nos mais diversos idiomas: inglês, espanhol, português do Portugal, francês, alemão, italiano, holandês, russo, turco, árabe, hebraico, japonês, coreano, mandarim, polonês, húngaro, grego e muitos outros.
 http://espanglishtraducoes.com.br/conteudos/servicos-de-traducao.html
atendimento@espanholinglescuritiba.com.br
(41)3308-9498 / 9667-9498
1.

Quer aprender inglês? Vá a este restaurante e peça uma porção generosa de AMERICAN LANGUAGE.

2.

Against the brazilian beef, ou contra o filé brasileiro, serve de tradução para o contra-filé.

3.

E se o contra-filé é à campanha, é só mandar um campaign.

4.

Tem também o contra-filé simples, apenas against filet.

5.

Cupim, o inseto, é termite em inglês. Mas tenho quase certeza que o restaurante não estava servindo insetos ao molho de laranja.

6.

O verbo matar, em inglês, se traduz como kill. Já o chá, vamos ficar devendo uma tradução apropriada.

7.

Entre tantas pérolas, um destaque: a agulhinha frita, ou FRIEND NEEDLE — agulha amiga.

8.

A coxinha virou coxinh (?), folhado é turned pages (literalmente, páginas viradas) e pastel, que maravilhoso, virou crayon — sabe, aquele giz pastel?

9.

Cuidado, cerveja que late.

10.

A diferença que um acento não faz…

Fonte: BuzzFeed