O mundo profissional de quem fala inglês é bem maior R

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

São Paulo – Se este artigo fosse sobre a importância de falar mais de um idioma — em especial o inglês — para conseguir um bom emprego ou construir uma carreira, ser ia apenas mais um entre tantos, e você já estaria entediado, pensando: “OK, já sei…” Mas não é.

É sobre por que dominar um segundo idioma é fundamental, mesmo que você não trabalhe em uma multinacional nem atenda turistas. Nesses casos, está claro que se comunicar em outro idioma é competência crítica. Mas e nas outras empresas e nos outros trabalhos, em que a chance de dizer good morning, buenos dias ou guten Tag é remota?

Por que continua sendo importante ter algum nível de bilinguismo? Há pelo menos três explicações: a primeira é cultural, a segunda é pragmática e a terceira é cerebral.

Do ponto de vista cultural, o que se leva em consideração é que, se você fala inglês ou outra língua, é porque estudou mais e, nesse caso, tem mais conhecimento.

O domínio de línguas estrangeiras seria, então, um sinal da qualificação cultural do candidato, coisa que jamais é desconsiderada na hora da seleção de emprego. Quanto à questão pragmática, basta citar o seguinte: se você digitar noGoogle a frase “como alavancar resultados”, terá como resposta um pouco menos de 2 milhões de links, mas, se escrever “how to leverage results”, encontrará mais de 50 milhões.

Sim, a biblioteca virtual é imensamente maior se acessada em inglês. O mundo é consideravelmente maior para quem tem menos barreiras de comunicação. E ainda tem a questão cerebral-cognitiva.

A neurociência nos explica que usamos a parte frontal do cérebro para aprender por meio das emoções, que acionamos as partes laterais quando aprendemos por estímulos auditivos e que, quando aprendemos por meio de imagens, é a parte posterior do cérebro que funciona.

Já para aprender idiomas usamos o cérebro inteiro. Em outras palavras, pessoas que falam mais de uma língua costumam ter o cérebro mais elástico, com melhor qualidade dedutiva e maior potencial para aprender outras coisas.

É por isso que ter domínio do inglês (pelo menos) é qualidade desejada e é vantagem competitiva, especialmente em um país em que apenas 3% da população afirma ter algum conhecimento da língua de Shakespeare, e apenas 1% de fato o tem. Think about it!

Fonte: http://exame.abril.com.br

POR QUE APRENDER INGLÊS É IMPORTANTE PARA A SUA CARREIRA

http://www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

A LÍNGUA INGLESA PODE ALAVANCAR A SUA CARREIRA?

Destaque-se no mercado de trabalho: O nível de inglês do brasileiro está na 70ª posição entre 78 países segunda pesquisa realizada pelo Valor Econômico.

Aumente seu salário: Segundo pesquisa da Catho o domínio de uma língua estrangeira pode aumentar seu salário em até 51%.

Diferencial no processo seletivo: 73% dos profissionais de Recursos Humanos reconhecem os benefícios de estudar no exterior segundo pesquisa realizada pela Kaplan.

A MAIORIA DOS NOSSOS ALUNOS DECIDEM ESTUDAR NO EXTERIOR PARA MELHORAR SUA CARREIRA PROFISSIONAL

52% dos alunos entrevistados tomaram a decisão de de estudar no exterior para alavancar suas carreiras. As motivações para se estudar no exterior também variam entre pessoas que buscam um conhecimento pessoal mais profundo, o contato com novas culturas e visitar novos lugares.

EVOLUÇÃO NO DESEMPENHO PROFISSIONAL APÓS O CURSO

Nossos alunos apontam que estudar inglês no exterior traz múltiplos benefícios para a carreira. Quase a metade afirma que o curso permitiu desempenhar melhor suas funções na empresa onde trabalham. Falar inglês foi diferencial no processo seletivo de 221 de nossos ex-alunos.

1 EM CADA 4 ALUNOS RECEBE MELHORES OPORTUNIDADES EM MENOS DE UM ANO

“Senti uma grande evolução no meu conhecimento de inglês, assim que saí da escola, busquei uma oportunidade de trabalho em uma grande empresa internacional em Londres, onde continuo evoluindo profissionalmente até hoje. “

Charles Dobignies – Brasil

Fonte:http://www.kaplaninternational.com

A importância da língua inglesa em nossas vidas

http://www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Quando pensamos em aprender uma língua estrangeira, temos um propósito que nos move. Somos cobrados no trabalho, precisamos de um reforço na escola, escolhemos viajar para fora do país. Outras vezes optamos por manter esse “monstro” longe de nós. Vamos dar uma volta no “shopping” para passar o tempo. Nas lojas, os cartazes “on sale” chamam a nossa atenção, está tudo com “50%off”. As crianças apontam para a loja de brinquedos pedindo um “playstation”. A mãe está de olho no “show room” da loja de móveis. O pai, com uma fome danada, sugere que eles paguem o “ticket” do estacionamento, peguem o carro, passem no “drive-thru” e comam algum “fast food”. “Hamburger”, “milkshake”, “hotdog”… Ah! Para a mãe, um refri “diet”. Já de volta para casa, ligamos o “notebook” para trabalhar, enquanto as crianças se divertem na “lan house” perto de casa. Pegamos o “pen drive” e o “CD”. Pede-se um “password” antes que entre a tela do “desktop”. Entramos no “Messenger”, abrimos “e-mails” e navegamos por horas na “internet”. Na TV, tudo sobre o mundo “fashion” e as “top models” mais badaladas do momento. Mesmo optando por não estudar inglês, aquele “monstro” esteve conosco todo esse tempo. Talvez aprender uma língua estrangeira não seja tão ruim assim! A importância do inglês é clara, está ao nosso redor. E foi pensando nisso que essa coluna nasceu. Para te dar dicas de inglês, para desmistificar a aprendizagem de uma língua estrangeira, e para mostrar que esse mundo das palavras é acessível para todos nós!

Fonte: http://www.folhadosarandi.com.br/

Hawaí,um paraíso no meio do pacífico

 

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

A maioria das pessoas quando pesam no Havaí imaginam coqueiros, praias com areia branca e a dança do hula-hula. Entretanto, além do clima agradável e do cenário espetacular, o Havaí também é história, cultura, economia admirável, ótimos cursos profissionalizantes e faculdades, atividades ao ar livre e uma ativa vida noturna. Ou seja, um local ideal para estudantes que desejam desfrutar da educação americana em uma atmosfera internacional.

Com belíssimas ilhas, praias, muito sol e surfe, o Hawaí, quinquagésimo estado dos EUA, possui a capital mais desejada e visitada pelos turistas, Honolulu, um verdadeiro paraíso localizado na ilha Oahu.
Pesquisas realizadas mostram que o Hawaí tem um dos mais altos índices de aprovação entre os turistas do mundo inteiro.

Porta de entrada da maioria dos turistas, Oahu é o local onde, ainda no aeroporto, as pessoas são brindadas com um perfumado colar de flores – orquídeas ou plumérias -, chamado “lei”.

Muitos “alohas”depois, dê um passeio rápido pela cidade. Você logo vai identificá-la com Miami, por causa da quantidade de lojas, restaurantes, shoppings e hotéis (só no bairro de Waikiki há 32 mil quartos, mais que na cidade de São Paulo).

Mas a impressão logo passa quando você explora a ilha. A primeira parada é na praia de Waikiki, onde os surfistas não muito ousados e os aprendizes tem ondas sob medida. Na areia, pranchas para alugar (US$8/hora) e instrutores de surf (US$ 35/aula) disputam espaço com banhistas e velhinhos caçadores de tesouro com seus detectores de metal.

  • Clima

No Havaí, as mudanças de estação são sutis, mas existem; somente é preciso se acostumar.
Em quase todo o Havaí a temperatura é agradável: entre 23°C e 31°C de abril a outubro, e mais fria e úmida, entre 18°C e 28°C, de novembro a março.

O termômetro quase nunca é marca menos do que 15°C, nem ultrapassa os 32°C.
Quando há erupções vulcânicas na Grande Ilha, uma capa de fumaça se eleva no céu durante alguns dias, em especial na zona de Kona. Os ilhéus chamam a essa neblina vog, ou “névoa vulcânica”. As pessoas que sofrem de asma ou têm problemas respiratórios devem tomar precauções durante os dias que haja vog.

  • Esportes

SurfingAs pessoas desfrutam de atividades ao ar livre durante todas as estações do ano. Esportes aquáticos como surfe, body boarding e body surfing, pesca, mergulho, mergulho com snorkel, canoagem e windsurf estão entre as atividades mais populares. Outros esportes e atividades como voleibol, tênis, patinação, golfe, corrida, ciclismo, asa delta, paraquedismo, planador, iatismo, remo e hipismo podem ser desfrutados o ano inteiro.

  • Inundações repentinas

Nas zonas de montanha, as chuvas intensas produzem transbordamentos dos rios e as enchentes nos vales. Se for fazer excursão pelos vales, é aconselhável ter cuidado com as chuvas, já que as subidas se produzem num curto espaço de tempo e de maneira repentina.

  • População

O que realmente torna o Havaí tão especial é sua diversificada população composta de havaianos nativos, americanos asiáticos, caucasianos, asiáticos, hispânicos, afro-americanos, americanos nativos e muito mais. No decorrer dos anos, o estado tornou-se um modelo para que muitas raças diferentes convivam em paz, lado a lado.

O Havaí ocupa o 2.º lugar em número de habitantes por casa; o 3.º em número de matrimônios; o 14.º em número de habitantes por quilômetro quadrado; e o 30.º em divórcios.

O turismo garante 72% da economia do estado, dispondo de um excelente nível de serviço nas categorias de hotelaria, transporte, espetáculos e também de restaurantes, reconhecidos mundialmente. Seus visitantes são respeitados e atendidos com o “Espírito de Aloha”, a hospitalidade das ilhas.

Além de sol, praia e surfe, o Hawaí dispõe de uma grande variedade de atividades como festivais, vida noturna, cultura, esporte e shoppings.

  • Um pouco mais sobre o Hawai

Situadas no meio do Oceano Pacífico as oito ilhas do Hawaii; contaram durante séculos com a distância, para manter-se praticamente isoladas de outras civilizações. Séculos atrás os primeiros habitantes das ilhas, os polinésios, cruzaram milhas e milhas do Pacífico provavelmente vindos do Tahiti. Os europeus só chegaram em 18 de janeiro de 1778, quando o Capitão Cook tomou posse das terras em nome da Coroa Britânica.

Batizaram-nas com o nome de Sandwich, em homenagem ao Lorde John Montagu Sandwich o quarto conde da família e primeiro almirante. Milionário e inveterado jogador. Para ficar mais tempo à mesa de jogo, Sandwinch costumava mandar seus empregados rechearem fatias de pão com carnes e molhos onde servia-se durante os seus intermináveis carteados. A rápida refeição popularizou-se e hoje confunde-se o seu nome com o do seu criador.

Larva vulcãoTodas as ilhas havaianas foram geradas por vulcões, sendo que a mais jovem delas, Big Island, continua crescendo graças as constantes erupções do Kilauea. Desde 1983, calcula-se que mais de 30 hectares foram acrescentados ao território da ilha pela lava vulcânica.

Em matéria de Surf, as ilhas do Hawaii são consideradas como um dos principais points do planeta. Maui é famosa por Honolua Bay, uma das melhores direitas do mundo, que quando esta quebrando é um espetáculo para a platéia pois as ondas quebram direto embaixo de um “cliff” que permite uma visão privilegiada das ondas. Outro lugar onde as ondas são consideradas muito boas quando não venta, é Ho’okipa. Sem falar em outras praias do arquipélago, como: Pipeline, Sunset Beach, e muitas outras.

As ilhas têm uma flora variada com aproximadamente 2.500 tipos de plantas muitas das quais não encontradas em outro lugar do planeta. Orquídeas, hibiscos, buganvílias e gardênias são encontradas em grandes quantidades. Exóticos pássaros habitam o Hawaii;, como o nene e o ganso havaiano. São achados muitos marlins e golfinhos perto de suas praias.

Muitos dos locais históricos do Hawaii; datam do período pré-europeu: o Pu’uhonua Honaunau-Parque Nacional Histórico na ilha Hawaii;, inclui locais de casas pré-históricas, viveiros de peixes reais, coqueiros, e paisagem litoral espetacular. Puukohola Heiau é um local Histórico, ruínas de um templo real na ilha Hawaii

Das mais de cem mil pessoas que vivem nas ilhas, quase oitocentas mil residem em Oahu, onde está a cidade de Honolulu, capital do Estado, com sua famosa praia de Waikiki. Todo o arquipélago tem aproximadamente 130 ilhas mas apenas 8 são consideradas maiores: Oahu, Kahoolawe, Maui, Lanai, Molakai, Nihau, Kauai e Hawaii.

A importância do inglês no mercado de trabalho

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Você deve ter escutado muitas vezes que saber falar inglês é um diferencial na hora de concorrer a um bom trabalho. Pois saiba que essa notícia já está ultrapassada: falar inglês deixou de ser um diferencial e passou a ser essencial. São poucos os trabalhos que não exigem pelo menos um conhecimento básico do idioma, e empresas maiores preferem funcionários com um bom domínio da língua. Seja na área da tecnologia ou da educação, se comunicar bem em português já não é mais o único pré-requisito. Entenda a importância do inglês no mercado de trabalho!

Uma demanda cada vez maior

Cada vez mais o mercado de trabalho passa a exigir inglês e, mesmo assim, não é uma demanda que está sendo atendida. Em 2013, o Brasil foi avaliado como tendo “proficiência baixa” no idioma, em uma lista de 60 países, ficando atrás de vários vizinhos da América Latina. Além disso, o mercado também carece de profissionais com experiência no exterior – algo que está sendo lentamente consertado pelos programas governamentais que oferecem bolsas de estudo.

Mas para concorrer a essas bolsas, em muitos casos, tem que saber falar inglês. Mesmo em países em que essa não é a língua oficial: muitas universidades em Pequim oferecem bolsas para brasileiros… desde que eles apresentem um certificado de proficiência em inglês. Ou seja, quem não tem domínio do idioma perde oportunidades aqui e lá fora.

Influência da globalização

Globalização é uma palavra que já ouvimos faz anos, mas que é cada vez mais real. Todos os países estão conectados e, por isso, o mercado também está.

O Brasil vem sendo um dos preferidos das multinacionais como polo econômico. Os serviços e produtos estrangeiros entraram em nosso mercado e nossos produtos e serviços são oferecidos no exterior. Por isso, as empresas brasileiras precisam de empregados competentes em inglês, que possam fazer esse intercâmbio entre países e ajudar a empresa a crescer.

Além disso, muitas profissões exigem inglês desde o início da formação. É o caso das ciências da tecnologia, como engenharia da computação, robótica, genética, etc. Nesses setores, mesmo os estudantes do primeiro ano da faculdade devem saber inglês, porque alguns materiais a serem estudados estão no idioma. Quem não estudar inglês desde cedo pode ter dificuldades extras nessas áreas.

Comunicação intercultural

O turismo sempre foi um ponto forte do Brasil, e continua sendo: todos os anos recebemos a visita de milhões de estrangeiros. No ano que vem sediaremos uma Olimpíada, então a chegada de turistas vai aumentar. Nem é preciso dizer que saber falar inglês, nesse setor, é indispensável. E em época de grandes eventos, mesmo quem não trabalha diretamente com público tem vantagens se souber lidar com o idioma.

O inglês é a língua da comunicação intercultural, aquela mais usada nas redes sociais, nos fóruns, nas reuniões internacionais. Não podemos mais ignorar sua importância no nosso mundo. Para quem quer ter uma chance a mais no mercado de trabalho, se destacar em uma grande empresa e se conectar com o mundo todo, estudar inglês é essencial.

Fonte: http://www.pbfguarulhos.com.br

O inglês é muito importante hoje em dia ele está presente em todos lugares!

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

O inglês já virou uma língua quase obrigatória em varias empresas pois em todos os empregos já exigem. O inglês é valorizado pois se fala no EUA inteiro aonde é um lugar muito desenvolvido. Claro que não é só os EUA que falam inglês. Em todo mundo ele é muito utilizado pois em todos os países há uma língua própria então na hora de uma negociação geralmente é usado.

A necessidade de se ter inglês avançado ou fluente para obter aprovação nos processos seletivos é sempre um ponto de interrogação para os candidatos. Muitos se perguntam o porquê dessa exigência se conhecem outras pessoas que trabalham na empresa e não se utilizam do idioma. Outros afirmam ter um leque extenso de competências que parece desvalorizado por não saberem a língua.

Mas afinal, por que o inglês é tão importante?

A resposta é simples: a necessidade de um segundo idioma, hoje, é fundamental. O inglês é a língua mais visada pelo fato de ser possível utilizá-lo no mundo todo e, nesse caso, não importa se você vai precisar dele ou não como ferramenta de trabalho do dia a dia. O fato de você saber falar o idioma já mostra que teve a oportunidade de aprendê-lo, seja por meio de um intercâmbio, de um curso extracurricular ou porque seus pais o incentivaram desde cedo – cada um desses fatores, entre outros, mostram que você está ligado nas tendências da sociedade atual e procura se manter o mais atualizado possível, sempre buscando vivências diversificadas. Além de que, caso haja alguma situação atípica, que envolva qualquer negociação ou contato com outro país, estará pronto para dar conta do recado.

Assim, não pense que a empresa solicita a língua inglesa à toa: há sempre um motivo por trás dos requerimentos em processos seletivos e todas as etapas mostram ao gestor traços importantes do seu perfil.
Fonte: http://estudai.blogspot.com.br/

A importância do Inglês no Brasil

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

A cada dia surgem inovações em todos os campos, no mundo atual. Para a correta utilização dos mesmos, muitas vezes, faz-se necessário conhecer um outro idioma, além do Português. No Brasil há uma grande procura por profissionais que tenham bom desempenho no idioma Inglês. A maioria das contratações são feitas após uma série de avaliações, incluindo-se o domínio da língua, não só falada como escrita. Os melhores cargos são para os mais bem preparados, e preparo, entre muitas outras coisas, significa: inglês fluente.

Por isso, tem aumentado no país, a consciência da crescente importância da aquisição de sólidos conhecimentos de Inglês, por simples prazer, por inserção social e, principalmente, para ascensão no mercado de trabalho. A procura por bons cursos do idioma originalmente britânico tem sido crescente por parte das famílias brasileiras. Suas crianças têm sido matriculadas cada vez mais precocemente, pois, além da tentativa de motivá-las ao estudo sistemático e prazeroso do Inglês, visando o sucesso profissional, têm plena consciência de que quanto mais cedo uma pessoa é apresentada a um novo idioma, mais facilmente poderá utilizá-la como um nativo. Desta forma poderá ter excelente desempenho onde quer que seja avaliada.

Muitos buscam também a possibilidade ainda mais efetiva de estudar o inglês fora do país, algo que combina o prazer de conhecer um lugar novo com um meio mais fácil ou mais natural de se aprender a língua, e que também torna o currículo mais valioso quando analisado por um potencial empregador.

Em conclusão, não importa de que forma se estude inglês. Escolhendo qualquer forma possível você abre sua mente para novas possibilidades em sua vida que não estariam presentes se você não pudesse se comunicar neste idioma que é a língua padrão mundial.

Fonte: http://culturainglesa-sc.com.br/a-importancia-do-ingles-no-brasil/

EUA é principal destino de brasileiro no exterior

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Os Estados Unidos são o principal destino de brasileiros que vão morar no exterior (23,8%), seguido por Portugal (13,4%), Espanha (9,4%), Japão (7,4%), Itália (7%) e Inglaterra (6,2%), de acordo com dados do Censo divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O número estimado pelo IBGE de brasileiros residentes no exterior foi de 491.645, espalhados em 193 países do mundo em 2010. O resultado não inclui os domicílios em que todas as pessoas podem ter emigrado e também aqueles em que os familiares residentes no Brasil podem ter falecido.

O IBGE informa na publicação que o número de brasileiros no exterior “é uma das questões mais controversas quando o tema migrações internacionais é abordado”. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o total pode chegar a 3,7 milhões de pessoas.

Origem

Segundo os dados do Censo, a origem de 49% dos emigrantes brasileiros foi a Região Sudeste, principalmente São Paulo (21,6%) e Minas Gerais (16,8%), respectivamente primeiro e segundo Estados de onde mais saíram pessoas. Os EUA foram o principal destino da população oriunda de todos os Estados, especialmente Minas Gerais (43,2%), Rio de Janeiro (30,6%), Goiás (22,6%) e São Paulo (20,1%). O Japão foi o segundo país que mais recebeu os emigrantes de São Paulo (20%). Já Portugal apareceu como segunda opção da emigração originada no Rio (9,1%) e em Minas (20,9%).

Goiás foi o Estado de origem da maior proporção de emigrantes (5,92 pessoas para cada mil habitantes), seguido de Rondônia (4,98 por mil), Espírito Santo (4,71 por mil) e Paraná (4,39 por mil). Os municípios com as maiores taxas de emigrantes internacionais (por mil habitantes) ficam no entorno de Governador Valadares (MG). Sobrália, São Geraldo da Piedade e Fernandes Tourinho, todas em Minas, foram as cidades brasileiras com maiores proporções de emigrantes (88,85 por mil habitantes; 67,67 por mil; e 64,69 por mil, respectivamente). O Censo indica que a emigração internacional ocorre principalmente na faixa de 20 a 34 anos (60%) e entre mulheres (53,8%).

Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI279239-16357,00-EUA+E+PRINCIPAL+DESTINO+DE+BRASILEIRO+NO+EXTERIOR.html

TRABALHO NO EXTERIOR PARA BRASILEIROS 2016: PARA ONDE IR?

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Quais são os países que mais oferecem trabalho no exterior para brasileiros? Obviamente, os países para os quais mais brasileiros emigram atualmente estarão no topo da lista. Mas você sabia que existem países em que dá para se candidatar para obter a residência e autorização de trabalho, consoante as suas qualificações? Falando sobre as contratações legais e países menos burocráticos de obter o visto remotamente, elaboramos uma lista em que figuram as melhores oportunidades de trabalho no exterior para brasileiros.

Alguns países, como Canadá e Nova Zelândia, têm uma política de povoamento preparada em que é possível se candidatar para emigrar, mas é preciso conhecer o idioma e ter qualificação profissional e acadêmica adequadas. Outros países, como Irlanda e Austrália, não exigem a qualificação, mas há muitas chances de obter uma oferta de trabalho em posição subalterna. Quem trabalha com TI tem demanda em praticamente todo o mundo. Quer saber quais são os países que mais oferecem trabalho no exterior para brasileiros? Veja a seguir.

CANADÁ

O país já é conhecido por estar de braços abertos aos imigrantes e oferecer trabalho no exterior para brasileiros (e demais imigrantes). Especialmente agora, em que o Partido Liberal venceu as eleições e promete facilitar a contratação de estrangeiros no país. Depois do novo processo de aquisição de vistos “Express Entry”, implantado em 2015, é ainda mais fácil encontrar trabalho remotamente e já sair do Brasil com o visto adequado. Basicamente, é uma plataforma em que um candidato qualificado manifesta o interesse de trabalhar no Canadá. Assim que tiverem uma alta demanda por este tipo de profissional, os melhores rankeados são chamados para uma entrevista. Saiba mais sobre o Express Entry clicando aqui.

AUSTRÁLIA

Com cerca de 1 habitante por 20km², ir para trabalhar na Austrália é mudar-se para um país que incentiva a imigração para povoamento do país que é relativamente novo, mas muito promissor. É possível entrar no país por meio de um programa de aulas de inglês combinado ao trabalho e, se alcançar um cargo de gerência ou executar uma atividade em que há demanda por profissionais no país durante o período de validade do visto, é possível estender a estadia sem permanecer ilegal. Além disso, após 6 anos de visto ininterrupto, é concedida a residência permanente no país.

NOVA ZELÂNDIA

É um dos países em que se pode aproveitar a praia, a montanha e a neve num só lugar. A Nova Zelândia é um país que precisa de mão-de-obra qualificada e capaz de se manter sem precisar de ajudas do governo. Se você tem bom nível de inglês, experiência de trabalho e graduação completa, há grandes chances de ser selecionado pelo programa de imigração do país que oferece trabalho no exterior para brasileiros e demais nacionalidades. Antes de tudo, é necessário fazer um teste no site da imigração neo-zelandesa clicando aqui, para verificar se você atinge o mínimo da pontuação. Se atingir, é elegível a dar entrada na manifestação de interesse em emigrar, por meio do Skilled Migrant Category, e ser selecionado pelo governo para mudar-se para o país.

NORUEGA

O país com um dos maiores Índices de Desenvolvimento Humano do mundo precisa de mão-de-obra nas áreas de medicina, enfermagem, automação, mecânica, mecatrônica e educação. Tal mão-de-obra não consegue ser suprida pelos trabalhadores locais, por isso para quem deseja trabalhar na Noruega saiba que o país está de portas abertas à imigração legal e tem a intenção de contratar cerca de 14 mil profissionais estrangeiros.

IRLANDA

Para quem deseja trabalhar na Irlanda, saiba que este é um país que precisa de mão-de-obra brasileira para áreas que não requerem formação acadêmica específica, como o trabalho em restaurantes, lojas de conveniência, baby sitting e limpeza. No entanto, há também grandes oportunidades em TI e em empregos que exigem o domínio da língua portuguesa: é na Irlanda onde fica a sede europeia do Google, uma unidade da SAP e diversas outras empresas de tecnologia da informação que procuram profissionais qualificados e fluentes em português com frequência. Uma ótima oportunidades de trabalho no exterior para brasileiros.

URUGUAI

Importante ressaltar que não adianta partir para o Uruguai com um portunhol e uma classificação no idioma do tipo “sei me virar”. Da mesma maneira que uma empresa brasileira não contrataria um uruguaio que não falasse português em nível intermediário, a recíproca também é verdadeira. Ainda assim, existem vagas em telemarketing para lidar com clientes brasileiros, que podem ser uma solução a quem quer aprender o idioma e trabalhar ao mesmo tempo.

CHILE

Com qualidade de vida de primeiro mundo e um IDH semelhante ao de Portugal, trabalhar no Chile significa ir para um país em pleno desenvolvimento que tem muito a oferecer aos imigrantes e é muito amigável com os brasileiros. O país tem boas opções de educação básica e superior e as oportunidades de trabalho no exterior para brasileiros estão nas áreas de mineração, engenharias e tecnologia da informação. A diferença é que lá as férias são de 15 dias úteis e não existe décimo terceiro.

TRABALHAR NO MERCOSUL

Existe um acordo de circulação no Mercosul, mas não é só a possibilidade de viajar portando apenas o RG, ao invés do passaporte. Em países-membro do Mercosul, é possível pedir a Autorização de Residência para quem tem a intenção de se mudar e ter a autorização para trabalhar em qualquer um dos países integrantes do acordo: Uruguai, Brasil, Colômbia, Paraguai, Argentina, Bolívia, Equador, Peru e Chile. Acesse o link e saiba mais sobre a concessão de autorização de residência em países integrantes do Mercosul. E mais uma dica: pesquise sobre a legislação trabalhista antes de emigrar. Apesar de o Brasil não estar em sua melhor forma no que diz respeito à economia, ainda é um país que aplica as leis trabalhistas e concede muitos benefícios aos trabalhadores.

Fonte: http://www.e-konomista.com.br/d/trabalho-no-exterior-para-brasileiros-em-2016/

 

EUA são o destino favorito de turistas brasileiros

www.espanglish.com.br-atendimento@espanholinglescuritiba.com.br-(41)3308-9498

http://www.espanglishtraducoes.com.br/conteudos/cursos-de-ingles.html

Na hora de escolher onde passar férias no exterior, brasileiros têm preferência pelos Estados Unidos. Orlando, Miami e Nova York são as cidades mais procuradas.

Os Estados Unidos são o destino internacional favorito dos brasileiros. É o que mostram dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) e do Ministério do Turismo. Em 2013, mais de 2 milhões de turistas brasileiros desembarcaram no país norte-americano. Depois dos Estados Unidos, os países mais visitados por brasileiros nos últimos anos foram Argentina e França.

Segundo dados da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, desde 2005, o número de vistos emitidos para brasileiros vem crescendo e ultrapassando marcas. Em 2012, foram 1,039 milhão. Em 2014, novo recorde, com a emissão de 1,075 milhão de autorizações.

O site Hoteis.com, que oferece serviço de reserva de hospedagem em vários países, desenvolveu um relatório, o Hotel Price Index (HPI), que aponta Orlando, Nova York e Miami como as cidades que mais receberam brasileiros em 2014.

Localizadas no estado americano da Flórida, as cidades de Orlando e Miami são destinos turísticos tradicionais por conta de centros de compras e parques temáticos – como Walt Disney World, Universal Studios, Sea World, Wet’n’Wild, entre outros. A grande presença da comunidade latino-americana – incluindo milhares de brasileiros – na Flórida transformam Miami e Orlando em cidades ondes os brasileiros têm facilidade de atendimento e comunicação.

Nova York tem uma histórica diversidade étnica, o que faz da cidade – apelidada de Grande Maçã – uma das capitais mais ecléticas do mundo. Além de seus diversos museus, centros culturais, casa de espetáculo, restaurantes renomados e lojas de grife, Nova York tem como atrativos a Estátua da Liberdade, o Central Park e as badaladas avenidas Times Square e Broadway.

Outras cidades americanas muito procuradas por brasileiros são Las Vegas, conhecida pelos cassinos, e Los Angeles e San Francisco, ambas no estado litorâneo da Califórnia.

Fonte: http://www.brasil.gov.br/turismo/2015/06/eua-sao-o-destino-favorito-de-turistas-brasileiros