As melhores cidades para visitar na Espanha

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Intérprete simultâneo de espanhol.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Uma viagem pelas muitas cidades e locais a visitar em Espanha é, sem dúvidas, uma ótima ideia, afinal, é o país dos sonhos dos mochileiros, com paisagens naturais impressionantes, cidades vibrantes, ótimo clima, points de surfe, hostels perfeitos para socializar e todo tipo de comida deliciosa. Uma das coisas mais legais por lá é que você pode viajar entre as cidades da Espanha com relativa facilidade. O grande número de lugares incríveis para conhecer significa que você pode passar muito tempo viajando, indo da a cultura basca ao norte, passando pela influência árabe no sul do país e pela cultura catalã de Barcelona e seus arredores.

Então o que você está esperando? Aqui está a nossa lista com o que conhecer na Espanha, com um roteiro que vai desde os destinos favoritos dos viajantes até tesouros escondidos e menos lembrados.

O que visitar na Espanha

1. Ronda

locais a visitar em Espanha,best places to visit in spain / ronda

locais a visitar em Espanha / ronda

Diz a lenda que, depois de muita discussão, Ronda foi dividida pelos deuses. Felizmente, os moradores locais não brigam mais e formam um grupo bem amigável, e uma ponte linda de morrer foi construída para reunir os dois lados dessa pequena cidade de montanha da Andaluzia, fazendo de Ronda uma das cidades mais bonitas da Espanha.

Tire um tempo para passear pelas ruas de paralelepípedos da cidade, veja a ponte épica de baixo e também vá até o alto para apreciar a vista do desfiladeiro. Para manter os custos mais contidos, use algum transporte público para chegar por aqui (a cidade tem estações de trem e ônibus) e fique em um de seus hostels.

Hostels em Ronda

2. Bilbao

melhores locais a visitar em Espanha, bilbao

best places to visit in spain / bilbao

Empoleirada na costa norte do país, na região conhecida como País Basco, Bilbao é uma antiga cidade industrial que rapidamente está se tornando uma das principais cidades da Espanha. Lar do incrivelmente fotogênico Museu Guggenheim, que está entre uma das atrações imperdíveis da Espanha, o museu não é a única coisa que essa cidade artística e descontraída tem para oferecer. Se você está com o orçamento apertado, procure uma das atrações grátis, como o Museu de Belas Artes nas quartas-feiras (quando todos entram de graça), ou bata perna pelo Mercado de La Ribeira, o maior mercado fechado da Europa.

Para refeições saborosas e baratas, peça um prato de Pintxos no Bar Charlie ou experimente os pratos rústicos e old-school do Rio Oja.

Hostels em Bilbao

3. Madri

best places to visit in spain / madrid

best places to visit in spain / madrid

Capital da Espanha, Madri é uma dos melhores destinos do país para conhecer com orçamento apertado, graças aos incríveis hostels e ótima cena gastronômica. Madri é uma daquelas cidades em que você pode só caminhar sem rumo e esbarrar com todo tipo de lugares lindos. Se você prefere ter caminhos definidos, conheça o majestoso Palácio de Cibeles, o Templo de Debod, uma das poucas construções do Egito antigo erguida fora do território egípcio, e o Museu Nacional do Prado, onde você vai ver obras de El Greco, Francisco de Goya e Hieronymous Bosch.

Para uma dica de refeição autêntica e barata, vá até o Tinto y Tapas para deliciosas porções de tapas espanholas e bebidas com preços acessíveis.

Hostels em Madri

4. San Sebastian

best places to visit in spain / san sebastian

best places to visit in spain / san sebastian

Não faz muito tempo que os mochileiros descobriram San Sebastian, também na região do País Basco, mas é fácil descobrir o que faz dessa cidade um dos melhores lugares para conhecer na Espanha: praias perfeitas e com visual incrível, surfe, várias coisas boas de comer por todo canto e vida noturna surpreendentemente animada. Yeap, San Sebastian tem tudo o que você quer em uma cidade, inclusive ótimos hostels. (Dê uma olhada no A Room in the City, um dos melhores hostels de toda Europa!)

Uma das dicas mais legais em San Sebastian é se juntar a um “pintxos crawl”. Basicamente, os Bascos pegam um pintxo (algo parecido com as famosas tapas) em cada bar – e uma bebida, e depois passa para o próximo bar, para mais um pintxo e uma bebida, e assim segue para o bar seguinte, e seguinte… Ao fim do passeio, você está satisfeito, alimentado, animado e pronto para uma divertida noite na cidade. Tente fazer uma parada no Taberna Dakara Bi, um dos lugares preferidos por lá e que não vai machucar seu bolso.

Hostels em San Sebastian

5. Granada

best places to visit in spain / granada

best places to visit in spain / granada

Granada, na região de Andaluzia, é uma das principais cidades da Espanha para ter um gostinho do deslumbrante patrimônio arquitetônico Mouro herdado pelo país, já que é lar do icônico Palácio Alhambra. Este Patrimônio Mundial da UNESCO não só tem uma beleza deslumbrante, mas também está entre os melhores lugares da Espanha para parar e relaxar: os luxuosos jardins do palácio vão recarregar sua alma, e as trilhas pela Sierra Nevada estão a uma curta distância de ônibus.

Ah! Lembre-se de reservar com antecedência os ingressos do Palácio Alhambra, pois as cotas diárias são limitadas e acabam rapidamente, e leve muita água se resolver fazer uma das trilhas durante o verão intenso. Ninguém curte um viajante desidratado!

Fonte:https://www.brazilian.hostelworld.com/blog/melhores-locais-a-visitar-em-espanha/

Quais os esportes mais populares nos EUA?

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em inglês.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Os Estados Unidos têm vários esportes com grande popularidade e a maioria das modalidades é organiza em ligas, como a MLB, a NFL e a NBA.
Uma curiosidade é que o país do Futebol Americano também está se rendendo ao futebol (soccer). Uma pesquisa realizada em 2010 pela Foxnews apontou que os esportes mais populares nos Estados Unidos são:futebol americano, basquete, beisebol, hóquei no gelo, atletismo, tênis, golfe e futebol.
A MLS – Major League Soccer, já tem atraído um público maior do que a NHL – National Hockey League. A liga de futebol também está ganhando espaço na televisão norte-americana graças ao crescimento da população latina no país.

Fonte: https://www.google.com/amp/s/www.sitedecuriosidades.com/curiosidade-amp/quais-os-esportes-mais-populares-nos-eua.html

Cultura Russa

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em russo.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Assista esse vídeo, que mostra a vida cultural russa, que é extremamente rica com teatros, museus, palácios, catedrais e parques:

Canal: Elena Klein

Cultura Russa: História, Fatos, Costumes e Tradições

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em russo.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

A cultura russa tem uma longa e rica história cultural. Ela é impregnada de literatura, balé, pintura e música clássica. Enquanto pessoas de fora podem ver o país como monótono, a Rússia tem um passado cultural muito visual.

Prova disso são seus trajes folclóricos coloridos e até seus símbolos religiosos ornamentados. Aqui está uma breve visão geral dos costumes e tradições russas.

A pátria

A cultura russa valoriza a pátria e a família. O domínio soviético deixou sua impressão na cultura, criando um medo fundamental e desconfiança daqueles que estão fora da família. O Partido Comunista governou a Rússia e os territórios vizinhos por mais de 70 anos. Ele os uniu à União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). A União Soviética se separou em 1991.

Os desafios enfrentados pelas famílias no comunismo deixaram os indivíduos altamente dependentes do apoio da família. Isso muitas vezes exigia a combinação de recursos para sobreviver. Foi criado uma cultura que valoriza muito a família e mantém amizades próximas.

Quando muitas pessoas pensam na Rússia, pensam em vastas tundras congeladas. Isso não é tudo que existe na geografia do país. Existem planícies, taigas, estepes, planícies e montanhas.

Por exemplo, em 2017, o vulcão russo chamado Kambalny entrou em erupção após quase 250 anos de dormência. A erupção foi uma surpresa e a nuvem de fumaça pôde ser vista do espaço.

Outra característica surpreendente da geografia da Rússia é o Lago Baikal. É o maior lago do mundo e detém 20% do suprimento mundial de água doce. É também o lago mais antigo do mundo. É o lar de aproximadamente 1.700 a 1.800 espécies endêmicas de plantas e animais.

População e composição étnica

A Rússia é o maior país do mundo em termos de território. Ele tem uma área total de 17.098.242 quilômetros quadrados. Em comparação, os Estados Unidos tem 9.826.675 quilômetros quadrados.

De acordo com dados de 2016 do Banco Mundial, a população da Rússia é de mais de 144.000.000. A população dimimuiu, já que seu pico foi de 148.689.000 em 1992.

A Rússia abriga pelo menos 190 grupos étnicos, segundo a BBC. A Agência Central de Inteligência (CIA) informa que 77,7% dos russos são descendentes de russos.

O restante da população consiste em 3,7% de tártaros, 1,4% de ucranianos, 1,1% de chechenos, 1% de chuvache, 1% de chechenos e 10,2% de outros, enquanto 3,9% não são especificados.

Línguas

Enquanto o russo é a língua oficial, muitos russos também falam inglês como segunda língua. Mais de 100 línguas minoritárias são faladas na Rússia hoje, de acordo com a BBC. O mais popular é o Dolgang, falado por mais de 5,3% da população do país, segundo a CIA.

Outras línguas minoritárias incluem o tártaro, o ucraniano, o chuvache, o bashir, o mordvin e o checheno. Embora essas populações minoritárias respondam por uma pequena porcentagem da população total da Rússia, essas línguas são proeminentes em áreas regionais.

Religiões

A religião sempre foi um componente primário da vida russa, mesmo em tempos de opressão. Existem quase 5.000 associações religiosas registradas na Rússia. Mais da metade segue a Igreja Ortodoxa Russa, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores da Federação Russa. O Islã é a segunda maior religião, com cerca de 10% a 15% dos russos.

A terceira religião mais popular na Rússia depois do cristianismo e do islamismo é o tengrismo. É uma forma de religião pagã, animista e xamânica. O tengrismo origina-se das populações turca e mongol da Ásia Central e tem desfrutado de um renascimento em partes da Rússia.

Artes, literatura e arquitetura

O balé é uma forma de arte popular notável vinda da Rússia. Fundado em 1776, o Bolshoi Ballet é uma companhia de balé clássico baseada no Teatro Bolshoi em Moscou e conhecida em todo o mundo. O Ballet Mariinsky em São Petersburgo é outra famosa companhia de balé na Rússia.

Peter Ilyich Tchaikovsky, um compositor russo do século 19, é mundialmente conhecido por “O Lago dos Cisnes” e a “Abertura de 1812”, entre outras peças.

A literatura russa também teve impacto mundial, com escritores como Leon Tolstoi (“Anna Karenina” e “Guerra e Paz”) e Fiodor Dostoiévski (“Crime e Castigo” e “Os Irmãos Karamazov”).

Bonecas russas são símbolos bem conhecidos do país. Esses conjuntos de bonecos, conhecidos como bonecas matrioshkas, consistem em uma figura de madeira que pode ser separada para revelar outra versão menor da mesma imagem, e assim por diante.

Geralmente são seis ou mais bonecos aninhados um dentro do outro. A pintura de cada boneca, que pode ser extremamente elaborada, geralmente simboliza uma camponesa russa em trajes tradicionais.

Comida e bebida russa

Um dos alimentos russos tradicionais mais conhecidos que podem parecer estranhos para alguém de fora é o borsch, também escrito borscht. Esta é uma sopa de beterraba que é cheia de legumes e carne e é normalmente servida com creme azedo.

Pirozhkis são pequenos pães assados que podem ser recheados com batatas, carne, repolho ou queijo. Eles não devem ser confundidos com pierogis, que são bolinhos poloneses, cozidos e depois fritos e recheados com carne, queijo, batatas ou chucrute.

Caviar, ou Ikra, tradicionalmente feito a partir de ovos de esturjão encontrados no Mar Negro ou no Mar Cáspio, é frequentemente servido em pão escuro, crocante ou com blini, que são semelhantes a panquecas ou crepes.

Blini também são servidos enrolados com uma variedade de recheios, variando de geleia de queijo e cebola, ou até mesmo xarope de chocolate.

Vodka é uma bebida alcoólica popular tradicionalmente feita a partir da destilação de batatas fermentadas. Cerveja e chá também são amplamente consumidos.

Folclore e feriados

A Rússia tem uma rica tradição de contos populares que derivam de vários mitos e tradições eslavas. Os personagens folclóricos russos são muito coloridos.

Por exemplo, a Baba Yaga é uma velha bruxa que vive na floresta em uma casa. Ela descansa sobre em um local cercado por crânios e ossos. Outro conto fala do Pássaro de Fogo, uma criatura encantada com plumagem de fogo que é muito difícil de capturar. Sua captura ou a de uma de suas penas é muitas vezes o desafio do herói.

Tanto o Baba Yaga quanto o Pássaro de Fogo podem ser bons ou maus, aterrorizantes ou benevolentes. Eles podem conceder encantamentos favoráveis ou hostis. Acima de tudo, eles nunca devem ser antagonizados.

Alguns russos comemoram o Natal em 7 de janeiro. A data segue o calendário juliano usado pela Igreja Ortodoxa Russa. Outros países celebram a data em 25 de dezembro.

O Dia da Rússia é comemorado em 12 de junho. Isso marca o dia em que o parlamento russo declarou formalmente a soberania russa da URSS, em 1990. Inicialmente, foi nomeado Dia da Independência da Rússia, mas foi renomeado para Dia da Rússia, um nome sugerido por Boris Yeltsin, em 2002.

Fonte: https://www.google.com/amp/s/escolaeducacao.com.br/amp/cultura-russa-historia-fatos-costumes-e-tradicoes/

6 diferenças entre as escolas russas e as de outros países

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece serviços de tradução simultânea em russo.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Celebrações nacionais e escrita cursiva: as escolas russas são provavelmente muito diferentes daquelas com que você está acostumado.

1. Dia do Conhecimento e o Primeiro Sinal

É solene, é enorme, é nacional. Todos os anos, no dia 1º de setembro, os russos celebram o Dia do Conhecimento enquanto montes de alunos da primeira série e outros estudantes marcham para suas escolas em todas as cidades e vilas.

É uma festa solene, bastante conhecida como o “Primeiro Sinal”, que acontece quando os alunos cantam e dançam, e os professores proferem discursos inspiradores.

Isto acontece na presença dos pais, com uma abundância de flores que os alunos devem trazer aos professores. A tradição soviética infunde nos estudantes entusiasmo para o ano todo e é amplamente coberta pela TV.

2. Uniforme escolar

Apesar de a Rússia moderna ter abandonado oficialmente o uniforme escolar em 1994, esta longa tradição persiste. A maioria das escolas ainda regulamenta como seus alunos se vestem nas salas de aula.

Camisa branca e calça ou saia escura são regras não ditadas na atualidade. Vestidos e aventais de estilo soviético são frequentemente vistos durante a cerimônia do “Último Sinal” e nas formaturas. Os graduandos modernos seguem as tradições estabelecida por seus pais.

3. Colegas de classe

Depois de se matricular, está tudo pronto. Os estudantes russos não costumam mudar de escola. Naturalmente, novos alunos podem entrar ou alguém pode sair, mas o núcleo de qualquer classe permanece intacto ao longo dos anos. Isso pode levar a uma socialização em menor escala, mas estimula laços mais profundos entre os colegas e garante uma festa épica na festa de graduação.

4. Privacidade? Que bicho é esse?

A falta de privacidade era uma característica básica do sistema educacional soviético e, embora o novo esteja abandonando gradualmente o controle, com as escolas russas jogando os boletins em sistemas on-line, ainda há um longo caminho a se percorrer neste sentido.

Se um estudante do ensino médio estrangeiro fica horrorizado com um professor anunciando publicamente suas notas na frente da turma, os russos estão acostumados com tal prática.

Pergunte a qualquer aluno quais de seus colegas são péssimos em matemática e ele lhe dirá sem hesitar.

5. Escrita Cursiva

A proficiência na escrita cursiva é obrigatória em todas as escolas russas, e os norte-americanos, por exemplo, ficam chocados com o fato, já que há gerações seus jovens compatriotas não aprenderam a escrever em cursiva. Esta é uma obrigação pátria inquestionável na Rússia.

6. Sem nota 10, mas “otlítchnik”

O sistema de notas na Rússia vai só até o número 5 (que seria o equivalente do 10). Mas as notas se enquadram em apenas quatro categorias: “dvoechniki”’ (alunos reprovados, que tiram nota “2” para baixo), “’troetchniki” (alunos com notas satisfatórias, ou seja, “3”), “horoshisti” (bons alunos, com notas “4”) e “otlítchniki” (alunos com “honras”, ou seja, notas máxima, “5”).

Em uma prática considerada por muitos como injusta, define-se o aluno pela nota mais baixa que ele receber a cada semestre. Por exemplo, se ele se destaca em todas as matérias mas, em língua estrangeira, tira nota “3”, o aluno acaba na categoria de “troetchniki”.

Os professores classificam os alunos usando apenas quatro números: 2 para reprovação, 3 para satisfatório, 4 para bom e 5 para excelente.

Fonte: https://www.google.com/amp/s/br.rbth.com/educacao/80497-6-diferencas-entre-escolas-russas-estrangeiras/amp

10 CURIOSIDADES SOBRE A RÚSSIA

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Intérprete simultâneo em russo.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Confira algumas curiosidades sobre a Rússia:

1 – As cidades mais populosas da Rússia são: Moscou, São Petersburgo, Novosibirsk, Ecaterimburgo, Novgorod e Samara.
2 – Os russos comemoram o natal no dia 7 de janeiro, seguindo as tradições do cristianismo ortodoxo. O ano novo é o feriado mais importante e é quando decoram as casas com árvores de natal e pisca-pisca.
3 – Os russos usam o nome original que consta nos documentos, como passaporte, apenas para coisas burocráticas e um nome “fictício” para amigos e família. Por exemplo: eu tenho duas amigas russas que se chamam Natália e Sofya, mas que preferem ser chamadas, respectivamente, de Natasha e Sônia.

4 – Ninguém trabalha por 10 dias após o ano novo e eles não são subtraídos dos 28 dias de férias anuais.
5 – A Rússia é o maior país do mundo, ocupando 1/9 da área terrestre. Sua área é de 17.075.400, o dobro da brasileira. Ela ocupa metade da Europa e 1/3 do continente asiático.
6 – Localizada no Hemisfério Norte, a Rússia apresenta 4 diferentes climas: ártico, subártico, temperado e subtropical. As temperaturas máximas dificilmente passam dos 25º C no verão. As mínimas variam entre -40º C ao Norte e -8º C no Sul durante o inverno.
7 – A cidade mais fria do mundo é Yakutsk, na região da siberiana da Yakutia, onde as temperaturas podem bater na casa dos inacreditáveis -50ºC.
8 – As missas nas igrejas ortodoxas são acompanhadas de pé e as mulheres costumam usar véus dentro delas.
9 – Os russos não usam o alfabeto latino, mas o cirílico.
10 – Existem cerca de 120 mil rios na Rússia, a maioria deles permanecem congelados durante o inverno.

Fonte: https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://guiadoestrangeiro.com/10-curiosidades-sobre-a-russia/&ved=2ahUKEwi1mIK866HkAhV2JbkGHU2WBjAQFjAPegQIAxAB&usg=AOvVaw0zgsTh0djdBpXEuNmmOQW-&cshid=1566867409857

A culinária francesa é uma das mais tradicionais do mundo. 

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Intérprete simultâneo em francês.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

A França é um país de grande herança cultural em todos os sentidos, na culinária não é diferente. A França tem uma culinária que é uma das mais tradicionais em todo mundo. As comidas típicas francesas convivem perfeitamente com a nouvelle cuisine.

A nouvelle cuisine, a propósito, é uma maneira de cozinhar usada na cozinha francesa a partir de década de setenta, em contraste com a cozinha clássica, a “nova cozinha francesa” tem com característica a leveza e delicadeza dos pratos e a ênfase na apresentação. Este movimento revolucionou a “alta cozinha” e contribuiu para a gastronomia moderna no mundo todo.

Confira alguns pratos tradicionais da requintada culinária francesa:

Croissant

croissant

Esse já é querido pelos brasileiros, sua massa era inicialmente feita como a de pão comum e ao longo do tempo foi modificada. A massa folhada como conhecemos foi aprimorada pelos padeiros de Paris, no início do século 20.

Petit Gâteau

Petit_Gateau

Outro prato bem conhecido e delicioso! A receita original é composta por um bolo de chocolate mal passado e com interior cremoso, acompanhado de uma bola de sorvete de baunilha. Aqui no Brasil já podemos encontrar várias versões dessa receita.

Macarons

macarons

O prato foi na realidade introduzido na França pela Catarina di Médici, uma rainha italiana. Mas as freiras de Nancy descobriram a receita secreta e passaram a produzi-la, tornando a cidade um local famoso pelos primeiro macarons franceses. O prato foi incrementado, no século XX, com deliciosos recheios, deixando-os do jeito que conhemos hoje. O prato é super requisitado em eventos aqui no Brasil, com várias cores.

Madeleine com especiarias

madeleine

Um bolinho amanteigado em formato de concha. É um dos doces mais tradicionais da cozinha francesa e ficou eternizado na obra do escrito Marcel Proust, “Em busca do tempo perdido”, na qual ele descreve as lembranças despertadas pelas ‘madalenas’, como também é conhecida.

Ratatouille

ratatouille

É um receita típica da região de Provença, na França. O nome significa picar ou triturar. Um prato a base de legumes, não pode faltar beringela nem tomate. Para quem não conhecia o prato, provavelmente passou a conhecer depois do filme do ratinho cozinheiro, intitulado com o nome do prato típico francês, Ratatouille.

Cassoulet

CASSOULET

Típico das cidades de Carcassone, Castelnaudary e Toulouse. É um clássico da culinária francesa e teria nascido durante a guerra dos Cem Anos, como um cozido feito com todos os ingredientes disponíveis, análogo a nossa feijoada. É um prato ideal para o inverso, preparado com feijões brancos, frango e variedades de carne de porco.

Profiterole

profiteroles

Uma deliciosa sobremesa feita de massa açucarada recheada com cremes, sorvetes ou caldas. É um doce bastante popular na França, e teria sido criado por um chef italiano, atendendo a um pedido de Catarina de Médicis.

Croque monsieur

croque-monsieur

É um lanche preparado com pão de forma, queijo gruyère, manteiga e molho branco bechamel. O prato nasceu em Paris, no início do século 19.

Quiche lorraine

quiche-lorraine

Um prato tradicional da região da Alsácia. Tem como recheio uma mistura de bacon, creme de leite, manteira e noz-moscada.

Coq au vin

Coq-Au-Vin

Uma receita que já possui séculos de existência. Segundo consta, foi criado para o imperado romano, Julio César, ao conquistar a região da Gália. A receita original era preparada com galos em idade avançada e o vinho para amaciar a carne. Hoje em dia, pode ser feito com frango ou galinha caipira, é cozinhado com bacon, cebora, alho, vinho tinto, cogumelos, salsa, entre outros ingredientes.

Fonte: https://www.getninjas.com.br/guia/eventos/cozinha-para-eventos/10-comidas-tipicas-culinaria-francesa/