Romário diz que pretende alavancar o turismo no RJ investindo no setor e melhorando a segurança

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução/ Legendagem de Programas de Televisão no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

O senador Romário, candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo Podemos, esteve, nesta quinta-feira (6), no bairro da Lapa, no Centro da capital, onde distribuiu santinhos, tirou fotos com pedestres e saudou quem passava de carro pelo local.

O ex-jogador falou sobre os seus planos para revitalizar o turismo no estado do Rio de Janeiro. Segundo Romário, será preciso aumentar os investimentos no setor e a garantir maior segurança para moradores e visitantes.

“Com parcerias com municípios a gente vai atrair de novo esses turistas. A gente tem que diminuir a violência e a gente vai fazer isso através de um policiamento ostensivo. A nossa Policia Federal, a nossa Policia Militar e Civil, com inteligência e investigação. Assim vamos fazer um brilhante trabalho a partir de janeiro aqui no Rio. Vamos devolver à população e ao turista a segurança de estar num estado maravilhoso”, disse Romário.

fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/eleicoes/2018/noticia/2018/09/06/romario-diz-que-pretende-alavancar-o-turismo-no-rj-investindo-no-setor-e-melhorando-a-seguranca.ghtml

Anúncios

Turismo no Rio de Janeiro ganha destaque na revista do The New York Times

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Simultânea no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Revista do grupo especializada em estilo de vida dá dicas de visita e apresenta a arquitetura, a gastronomia e a cultura vigente da capital fluminenseRevista especializada em estilo de vida dá dicas de visita e apresenta a arquitetura, a gastronomia e a cultura vigente da capital fluminense

De parques historicamente preservados a obras de arquitetura modernista, a revista eletrônica do jornal The New York Times apresenta o Rio de Janeiro e mostra dicas do que conhecer e onde ficar na “amada cidade brasileira”, como apontou a publicação. A The New York Times Style Magazine destacou, ainda, as obras arquitetônicas de Oscar Niemeyer, afirmando que a capital é “o berço do grande arquiteto modernista, que projetou vários prédios monumentais, bem como um punhado de residências particulares por toda a cidade”.

Além da arquitetura, a publicação descreveu importantes estabelecimentos da cidade e lugares para apreciação de arte e cultura. O Museu de Arte Contemporânea de Niterói, Museu de Arte Moderna (MAM), Mosteiro de São Bento, Parque Lage, Sítio Roberto Burle Marx, Instituto Moreira Salles e a Casa das Canoas fazem parte da lista dos atrativos que a revista indicou para os leitores, no nicho cultural.

De acordo com o Anuário Turístico do Ministério do Turismo, dos 475 mil norte-americanos que visitaram o Brasil em 2017, 135 mil turistas desembarcaram no estado do Rio de Janeiro. Para a presidente da Embratur, Teté Bezerra, publicações como a do jornal estadunidense são fundamentais para mostrar o destino e reforçar a importância de atrair mais visitantes para o Brasil. “A comunicação digital tem um alcance muito maior, fazendo com que mais pessoas conheçam e se interessem pelos destinos e atrativos turísticos brasileiros. O Rio de Janeiro, para o turista estrangeiro, é considerado o principal cartão postal no Brasil, por isso, destacamos esse importante registro da imprensa norte-americana”, afirmou.

fonte: https://www.mercadoeeventos.com.br/noticias/destinos/turismo-no-rio-de-janeiro-ganha-destaque-na-revista-do-the-new-york-times/

Hostel no Rio de Janeiro é considerado o melhor do país

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Juramentada de Escritura Registros de Imóveis no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Uma pesquisa foi feita pela Hostelworld para avaliar hostels pelo mundo todo 2018. Um milhão de viajantes e hóspedes de hostels foram ouvidos e as perguntas foram baseadas em estrutura, serviços, custo-benefício, segurança, atendimento entre outros requisitos.

Público de hostels costuma ser mais jovens que procuram estadia por diárias  menores que costumam encontrar em hotéis. Há bastante tempo estes albergues deixaram de ser apenas um local simples para dormir, para se tornar um lugar confortável com serviços comparados a de um hotel, só que mais simples.

O preço para este perfil de viajante conta muito. Os hotéis em promoção passam a ser um atrativo, por isso muitas vezes a escolha de fechar um hostel para a viagem acaba prevalecendo.

No Brasil, o Discovery Hostel no Rio de Janeiro foi considerado o melhor hostel do país. Veja alguns citados por categoria:

Melhor hostel da África: The B.I.G – Cidade do Cabo, África do sul.

Melhor da América do Norte: Poco a Poco Hostel – León, Nicarágua.

Melhor hostel da Oceania: Queenstown – Nova Zelândia.

Melhore rede de Hostel: Wombats – Viena, Áustria.

Melhor hostel da Ásia: Star Hostel – Taipei, Taiwan.

fonte: http://jornaldiadia.com.br/2016/?p=470429

Parques urbanos são opção para quem quer viajar sem sair da cidade

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Juramentada de Sentenças de Divórcio no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

 Os parques urbanos brasileiros são verdadeiros oásis. São cenários perfeitos pra caminhar, pedalar, praticar esportes, respirar ar puro e fazer piquenique.

É possível ouvir o canto relaxante dos pássaros, ver o colorido das ávores, das flores, da fauna e da flora. E se der sorte, terminar o dia com um fascinante pôr-do-sol. Os parques são pequenos paraísos que complementam a beleza das cidades sem esquecer o melhor do outro mundo: a natureza logo ali.

Esses são alguns dos principais parques urbanos do Rio de Janeiro:

  • Parque Laje, Rio de Janeiro: O parque, aos pés do morro do Corcovado, na rua Jardim Botânico, tem 52 hectares e foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 1957 como patrimônio histórico e cultural da cidade do Rio de Janeiro. O palacete que fica no parque abriga, desde 1966, o Instituto de Belas Artes e a Escola de Artes Visuais. Desde 2004 o Parque Lage é parte do Parque Nacional da Tijuca, sob a administração do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.
  • Jardim Botânico, Rio de Janeiro: Fundado em 13 de junho de 1808 por uma decisão do então príncipe regente português D. João, o parque hoje é um órgão federal vinculado ao Ministério do Meio Ambiente e constitui-se como um dos mais importantes centros de pesquisa mundiais nas áreas de botânica e conservação da biodiversidade.

 

  • fonte: https://g1.globo.com/turismo-e-viagem/descubra-o-brasil/noticia/2018/08/20/parques-urbanos-sao-opcao-para-quem-quer-viajar-sem-sair-da-cidade.ghtml

O Vale do Café: turismo e cultura

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Juramentada de Carteira de Identidade/Passaportes no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Uma das regiões mais emblemáticas do Estado do Rio de Janeiro é o Vale do Café. Além de percorrer cidades pitorescas e cheias de opções culturais e gastronômicas, apresenta um acervo de fazendas históricas que retratam a história do café e do negro escravizado. A visitação das mesmas, que com a decadência da venda do café e do leite se viram obrigadas a encontrar no turismo uma forma de sobrevivência, tem se profissionalizado muito nos últimos anos e investimentos foram realizados num modelo de gestão hoteleira.

Sem nenhum investimento efetivo do governo do Estado do Rio de Janeiro, os proprietários foram buscando de forma individual  e com seus próprios recursos soluções para problemas pontuais e iniciativas pioneiras, como o recém inaugurado Museu do Café, em Vassouras e um museu da escravidão, em Rio das Flores. Fora a excelência de uma agricultura sem agrotóxicos e criação de búfalos, em Barra do Pirai. Outra preciosidade são jardins musicais presentes. Enfim, algo que nos leva a uma tomada de consciência de nossa grandiosidade turística.

Preservale

Cabe aqui uma menção também ao Preservale. Trata-se de um instituto sem fins lucrativos que congrega as fazendas da região pelo trabalho e que colocou em prática nos últimos cinco anos a sinalização de parte das rodovias federais, o lançamento de uma revista para promover a região, cursos e seminários e a constante utilização das redes sociais, para promoção institucional do grande produto turístico. Tais atividades ajudaram a uma recolocação mercadológica do Vale, que já tem no seu festival de música um importante momento de venda. Essas atividades mercadológicas devem ser sempre priorizadas no sentido de tornar o Vale do Café um destino mais procurado.

As fazendas hoje realizam atividades educacionais voltadas não só para crianças dos municípios vizinhos mas para o público em geral , como forma de manter viva a história brasileira e fluminense, assim como descentralizar a oferta turística existente, com novas opções de comercialização de um turismo cultural, responsável e sustentável. Valorizar o patrimônio preservado é uma forma efetiva de contribuir para a manutenção da memória e de entender melhor os rumos que o Brasil tomou.

Retomada

Com a proximidade das eleições, esperamos que os próximos programas de governo sejam de fato voltados para o desenvolvimento turístico, não com as ideias mirabolantes e constantes lançamentos de programas que não acontecem,  mas sobretudo com uma proposta de retomada do crescimento da região, através de um plano estadual de aperfeiçoamento do turismo, que inclua postos de informações, sinalização e estratégias de desenvolvimento e promoção, com a interação com a população anfitriã que precisa ser parte do processo de busca de sobrevivência do Turismo.

Não basta acreditar, identificar e discutir o potencial turístico, o que a região necessita já está claro e consta do programa feito por técnicos para maximizar o numero de visitantes; o momento é para que os fazendeiros e outros atores se unam e exijam (como herdeiros de uma parte importante de nosso passado) que Poder Público e Iniciativa Privada tracem caminhos para o futuro próximo…

fonte: https://diariodoturismo.com.br/o-vale-do-cafe-turismo-e-cultura/

Circuito Mundial de Squash chegará ao Brasil em 2019

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Juramentada de Certificados de Livre Exportação no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Lagoa Rodrigo de Freitas, no RJ, receberá evento entre 2 e 7 de abril

O Circuito Mundial de Squash chegará ao Brasil em 2019, e o local escolhido foi a Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos cartões-postais mais famosos do Rio de Janeiro. De 2 a 7 de abril, os melhores atletas do mundo no esporte disputarão o Rio International Squash Open, etapa Silver do Circuito Mundial, que chega pela primeira vez na história à América Latina.

Um dos fatores que promete chamar a atenção do público será a implementação da quadra de vidro com visão 360o e vista para o Cristo Redentor. A ideia segue um modelo já consolidado e que faz muito sucesso em outras etapas ao redor do mundo, como na Grand Central Station, em Nova York, nos Estados Unidos, e nas Pirâmides de Gizé, no Egito.

“Trazer uma etapa deste nível do Circuito Mundial de Squash para o Rio de Janeiro é um sonho antigo e inédito no país e na América do Sul. Vamos realizar um evento no nível dos que já são disputados na Grand Central Station (NY), Canary Wharf (Londres) e nas Pirâmides do Egito, com quadra de vidro para uma experiência em 360o incrível. O objetivo do torneio é inserir a cidade no calendário anual do PSA World Tour, sempre trazendo os melhores atletas do mundo para jogar em um ponto turístico do Rio”, afirmou Fernando Paz, sócio da Siga Norte Eventos e diretor do evento.

De acordo com Fernando, ao todo, serão 48 atletas de mais de 20 países nas categorias masculino e feminino. Um dos objetivos é usar o torneio para mostrar as belezas naturais cariocas e atrair turistas. Haverá transmissão para mais de 140 países por meio de emissoras como Eurosport, BT Sport e SquashTV.

“Eventos de grande porte como o Rio International Squash Open 2019 são de extrema importância para a divulgação e promoção dos atrativos turísticos do Rio de Janeiro. É mais um destacado evento esportivo que repercutirá imagens do nosso estado em centenas de países. A cidade, hoje, conta com ampla rede hoteleira, infraestrutura de transporte público, além de equipamentos turísticos, e está preparada para receber eventos desta natureza, que atraem um enorme fluxo de turistas nacionais e internacionais”, disse Nilo Sergio Felix, secretário de estado de turismo do Rio de Janeiro.

 

Em paralelo, o torneio servirá também para promover o squash no Brasil. Ao mesmo tempo em que ocorre a etapa do Circuito Mundial, será realizada uma etapa do circuito carioca, com 250 atletas de todas as partes do país.

“Estamos entusiasmados com a realização de um torneio PSA Silver no Brasil, proporcionando o crescimento e o desenvolvimento do squash em nosso país. Nós incentivamos e apoiamos o compromisso do Rio de Janeiro com o squash e temos certeza de que este evento será uma grande vitrine para a modalidade”, afirmou Carlos Paiva, presidente da Confederação Brasileira de Squash (CBS).

Vale ressaltar que o squash é um esporte que vem crescendo pelo mundo e já tem cerca de 20 milhões de praticantes em mais de 185 países. Além disso, as etapas do PSA World Tour sempre atraem marcas de renome internacional, como Audi, Maserati, Rolex, J.P.Morgan, entre outras.

Com tanta gente praticando e patrocínios bem consolidados, já há especulações de que o squash possa ser inserido no programa olímpico para os Jogos de Paris, em 2024.

fonte: https://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/circuito-mundial-de-squash-chegara-ao-brasil-em-2019_35231.html

Parques do RJ misturam turismo em cachoeiras e piscinas naturais

Espanglish Traduções oferece os seus serviços de Tradução Técnica Biotecnologia no Rio de Janeiro nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

O Parque Estadual do Desengano, no Norte FluminenseO Parque Estadual do Desengano, no Norte Fluminense

Criado em 1970 e conhecido pela diversidade de sua fauna, o Parque Estadual do Desengano, no Norte Fluminense, abrange as cidades de Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos. Trilhas de dez minutos levam às cachoeiras Tombo d’Água, com queda de 70 metros, e Maracanã, que tem piscina natural.

O maior de todos
O Parque dos Três Picos, a maior unidade de conservação estadual
O Parque dos Três Picos, a maior unidade de conservação estadual

Entre os atrativos do Parque dos Três Picos, a maior unidade de conservação estadual, com 65 mil hectares, estão as trilhas do Jequitibá (de 1km e que leva à cachoeira de mesmo nome) e da Pedra do Elefante. Abrange Teresópolis, Guapimirim, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Silva Jardim.

As águas vão rolar
O Parque Estadual da Pedra Selada fica em parte da Serra da Mantiqueira
O Parque Estadual da Pedra Selada fica em parte da Serra da Mantiqueira

 

O Parque Estadual da Pedra Selada fica nas cidades de Resende e Itatiaia e em parte da Serra da Mantiqueira. Do pico da Pedra Selada, de 1.755m de altitude, há uma bela vista para o Rio Preto (entre RJ e MG) e para o Pico das Agulhas Negras. Lá dentro, trilhas de diferentes níveis levam a cachoeiras e piscinas naturais.

Andando nas dunas
O Parque Estadual da Costa do Sol, na Região dos Lagos
O Parque Estadual da Costa do Sol, na Região dos Lagos

 

Um dos atrativos do Parque Estadual da Costa do Sol, na Região dos Lagos, é o Morro do Caixão, duna gigante entre Araruama e Arraial do Cabo. O parque é um grande corredor de areia, cercado por vegetação de restinga, com acesso por qualquer uma das cidades da Região dos Lagos.

Verde que te quero verde
O Parque Estadual Cunhambebe, na Costa Verde
O Parque Estadual Cunhambebe, na Costa Verde

 

O Parque Estadual Cunhambebe, na Costa Verde, está entre Itaguaí, Mangaratiba, Angra dos Reis e Rio Claro. O circuito de cachoeiras do Sahy, que leva a um mirante com vista para a Baía de Sepetiba, é um dos destaques.

fonte: https://www.diariodaregiao.com.br/_conteudo/2018/07/vida_e_estilo/viagem/1116323-parques-do-rio-de-janeiro.html