Esporte na Itália

Espanglish Traduções
Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em italiano.
(41)3308-9498 / (41)99667-9498
atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

A Itália tem uma longa tradição esportiva. Em diversos esportes, tanto individuais quanto em equipe, a Itália tem uma boa representação e muitos sucessos. O esporte mais popular é de longe o futebol. Basquete e vôlei são os próximos mais populares, com a Itália com uma rica tradição em ambos. A Itália também tem fortes tradições no ciclismo, esgrima, tênis, atletismo, polo aquático, rugby, e esportes de inverno.

  • O Futebol

Time Italiano

O futebol, chamado de cálcio na Itália, é o principal esporte do país. Os italianos são considerados torcedores apaixonados e os jogos costumam encher os estádios.

Sugeria-se que os primórdios do futebol teriam sido praticados em Florença, um desporto que podia ser jogado com as mãos e com os pés e pontuava-se nas extremidades do campo. Há ainda a suposição de que teria surgido em Nápoles. A versão mais aceite na atualidade é a de que o futebol chegou ao país através de comerciantes ingleses na cidade de Gênova. Com o tempo, a modalidade passou a ser praticada também em Turim e em Milão.

  • O Basquete

Muitos fãs de esportes são surpreendidos ao descobrir que basquete é muito popular na Itália. Conhecido como Pallacanestro, o basquete italiano está em constante crescimento.

A Itália parece ter sido envolvida na propagação do basquete internacional quase desde o início. Em 1919, a Itália participou do primeiro torneio de basquete internacional conhecido como os Jogos Inter- Aliadas contra a França e os Estados Unidos. Também a Itália foi um dos membros fundadores da FIBA, a Federação Internacional de Basquetebol , fundada em 1932. Quando o basquete era um esporte olímpico do Introduzida em 1936 nos Jogos em Berlim, a Itália foi uma das vinte e três nações Representadas e terminou em sétimo. No entanto, a esta altura, basquete foi firmemente estabelecido na Itália e já tinham planejado a organização de equipes profissionais .

  • O Vôlei

itam

A Seleção Italiana de Voleibol Masculino é uma equipe europeia composta pelos melhores jogadores de voleibol da Itália. A equipe é mantida pela Federação Italiana de Voleibol (em italiano, Federazione Italiana Pallavolo).

A seleção italiana conquistou sua primeira medalha internacional ( bronze) em 1948 no campeonato europeu. Porém, a Itália era claramente inferior às fortes seleções do leste europeu. Por isso, no decorrer dos trinta anos seguintes a equipe somente conseguiu êxito na competições em que as grandes potências não participavam, como no caso dos Jogos do Mediterrâneo de 1959 (ouro) e de 1963.

Fonte: https://amandovisk.wordpress.com/esportes/

16 COISAS PARA NUNCA FAZER NA POLÔNIA

Assista esse vídeo que mostra algumas curiosidades e coisas que não se deve fazer na Polônia:

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em polonês.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

A Cultura Da Polônia

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em polonês.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

7. Crenças Sociais e Costumes

A sociedade na Polônia exibiu um alto grau de estratificação antes do 1939. A morte de uma grande parte da intelligentsia polonesa pelos nazistas e pelos comunistas durante e após a Segunda Guerra Mundial reduziu enormemente a rígida estratificação social no país. Durante o regime comunista, o avanço educacional e econômico do trabalhador e dos camponeses poloneses foi fomentado. Durante esse período, a migração em grande escala da população rural para as cidades polonesas foi observada. Atualmente, a sociedade polonesa tem agrupamentos 6. Os camponeses e trabalhadores constituem a maioria da população. Há também uma intelligentsia cuja população está aumentando constantemente, assim como a população de trabalhadores. A classe dominante ou nomenclatura que detinha o poder dominante durante o regime comunista na Polônia está se esforçando para recuperar o poder no país. Cerca de 10 a 15% da população polonesa é composta dos nobres ou dos gentry chamados szlachta. No entanto, seu significado quase foi eliminado na sociedade moderna polonesa.

O casamento desempenha um papel importante na sociedade polonesa. No passado, homens e mulheres que cruzavam sua “idade para casar” (vinte para mulheres e 20’s para homens) foram submetidos a zombaria. A maioria dos casamentos foi arranjada e os divórcios eram raros e desprezados. No entanto, ao longo dos anos, as visões tradicionais mudaram e os casamentos agora se baseiam mais no consentimento dos casais do que na família e os divórcios também se tornaram mais comuns do que antes. Tradicionalmente, as famílias polonesas eram grandes, com três gerações vivendo sob o mesmo teto. No entanto, as famílias nucleares são mais comuns hoje em dia, assim como as famílias com pais solteiros. Historicamente, espera-se que as mulheres grávidas observem uma série de tabus, como não olhar para o fogo, ratos e deficientes para evitar danos ao bebê. A gravidez é mantida em segredo pelo maior tempo possível para se proteger do mau-olhado. No entanto, muitas dessas crenças e práticas atualmente desapareceram da sociedade polonesa moderna, mas ainda prevalecem nos lares conservadores do país. As crianças são ensinadas a ser educadas e a sociedade polonesa enfatiza muito o comportamento educado. O pai tem autoridade absoluta e deve ser obedecido pelos filhos. Os poloneses dão grande importância às maneiras gentis e ao comportamento gracioso.

6. Cozinha

gołąbki (folhas de couve enroladas em carne picada e arroz)

À medida que as cidades da Polônia cresciam durante a Idade Média, os mercados de alimentos do país prosperaram e a troca de ideias culinárias também cresceu. A vodka tornou-se uma bebida alcoólica popular desde então. A Polônia é também um dos maiores produtores de cerveja da Europa e um consumidor de cerveja na Polônia bebe 92 litros de cerveja por ano. Outra bebida alcoólica popular é o hidromel polonês, que é um vinho de mel produzido no país desde a Idade Média. Entre as bebidas não alcoólicas, a Kompot é uma bebida indígena produzida pela fervura de um ou mais tipos de frutas, com ou sem adição de açúcar e especiarias. Pode ser servido quente ou frio. Alguns alimentos poloneses todos os dias incluem kiełbasa(um tipo de salsicha), pierogi (bolinhos cheios), pyzy (bolas de massa cheias de carne), kopytka (bolinho de batata), golabki(folhas de repolho enroladas em carne e arroz), bigos (carne cozida e repolho), etc. Vários tipos de sopas como rosół, flakie zupa ogórkowa também fazem parte da cozinha polaca. Wigilia é um popular jantar de véspera de Natal consumido na Polônia.

5. Roupas

A roupa tradicional do povo polaco varia muito com a sua localização no país. Embora a maioria das pessoas no país use trajes ocidentais modernos em suas vidas diárias, o traje tradicional é usado durante festivais culturais, casamentos, eventos religiosos, festas de colheita e outras ocasiões especiais. Na região de Cracóvia, na Pequena Polônia, as mulheres vestem trajes tradicionais elaborados que incluem uma blusa branca, um colete bordado, um avental e uma saia floral completa. Botas com cordões e um colar de contas de coral completam o visual. O capacete é composto por uma coroa de flores no caso de mulheres solteiras, enquanto os casados amarram um lenço branco. Os homens também se vestem bem e adornam um colete fortemente bordado, calças listradas e um krakuska boné. Outras regiões da Polônia têm seus próprios trajes folclóricos, com a maioria envolvendo uma exibição de cores vibrantes, bordados, ornamentos, aventais de renda, joias de contas e elaborados capacetes.

4. Musica e dança

A Polônia tem uma cena musical animada, com as raízes da música do país sendo rastreada desde o século 13. Mikołaj z Radomia foi o primeiro compositor polaco que viveu no século 15. Bóg się rodzi, Bogurodzica são algumas das mais antigas composições musicais originárias da Polónia. Witold Lutosławski e Henryk Górecki são dois dos mais famosos compositores modernos clássicos poloneses. Krzysztof Komeda foi um famoso músico de jazz do país que compôs várias trilhas sonoras de filmes. A Polônia também é conhecida por sua música eletrônica de dança, com Vader sendo a banda mais famosa realizando este gênero de música.

A dança folclórica polonesa tem uma longa e rica tradição e está associada a diversos eventos históricos ou religiosos do país. Nos tempos modernos, as danças folclóricas são geralmente realizadas por companhias de dança em ocasiões especiais como festivais culturais e religiosos ou quatro propósitos de turismo. As danças nacionais do país são Oberek, Mazurek, Krakowiak e Kjawiak. As danças evoluíram do estilo de dança dos camponeses para o estilo de baile, com a adição de sabores de balé após a anexação da Europa Oriental por Napoleão.

3. Literatura E Artes

A literatura polonesa se desenvolveu e evoluiu desde a chegada do cristianismo na Polônia. A literatura mais antiga produzida no país foi em latim. Wincenty Kadłubek, Gallus Anonymus e Jan Długosz foram alguns dos famosos autores poloneses da Idade Média. O período renascentista também testemunhou a produção de grandes obras literárias pelos autores e poetas poloneses. Jan Kochanowski era um renomado poeta polonês da época. Depois que o país perdeu sua soberania no século 19, a literatura romântica floresceu no país. Vários poetas e autores produziram obras que se concentraram no patriotismo e no renascimento do país. Durante esse período, três poetas, intitulados “Os Três Bardos” (Zygmunt Krasinski, Adam Mickiewicz e Juliusz Słowacki), atuaram como líderes espirituais da nação. A excelente literatura polaca foi produzida no século 20 e a experimentação de Avant-Garde desempenhou um papel importante durante este período. Em 1924, o romance Chłopi ganhou Władysław Reymont, um Prêmio Nobel de Literatura.

A arte polonesa tem sido uma mistura das tendências européias com a influência indígena. A história e os costumes do país são bem refletidos pela pintura historicista inspirada em Jan Matejko da escola de Cracóvia. Jozef Chełmoński era um famoso pintor polonês pertencente à escola realista. A arte polonesa moderna foi associada à experimentação pesada e nasceu com o movimento Młoda Polska. Atualmente, a arte polonesa é apreciada e reconhecida mundialmente.

2. Religiões e Festivais

O cristianismo é a religião dominante na Polônia, com cerca de 92.2% dos poloneses sendo católicos romanos. O catolicismo desempenha um papel significativo na vida das pessoas que vivem aqui e ao redor do 65% freqüentam os serviços da Igreja regularmente. Outras religiões praticadas no país incluem o islamismo, o judaísmo, o budismo e o hinduísmo.

Como o cristianismo é a religião da maioria na Polônia, os festivais cristãos são celebrados com grande pompa e glória no país. Concertos são realizados e canções são cantadas em todo o país no dia de Ano Novo. O Afogamento de Marzanna é um festival realizado para despedir-se do inverno e acolher a primavera. Uma efígie de Marzanna é afogada no rio para significar o fim dos males da estação do inverno. A Páscoa também é comemorada com muita diversão no país. Durante o Natal na Polônia, os poloneses realizam grandes festas de Natal em suas casas e compartilham a comida com os membros da família. O dia de St. Stephan é comemorado no dia seguinte. A versão polonesa do Papai Noel, Mikolaj visita crianças na véspera de Natal ou em dezembro 6th para regalo de presentes. O Dia de Santo André é um feriado tradicional do país e é comemorado em novembro 29. Vários outros festivais e feriados também são celebrados na Polônia.

1. Esportes

Speedway é extremamente popular na Polônia e a Extraleague polonesa atrai o maior número de espectadores entre todos os esportes praticados no país. O polonês também adora jogar vôlei e o país tem um histórico de participação em diversas competições internacionais deste jogo. A Formula One Racing foi introduzida pela primeira vez na Polônia pelo piloto Robert Kubica. Caminhadas, esqui, salto de esqui e mountain bike são atividades populares apreciadas por esportistas amadores e profissionais que visitam as montanhas da Polônia. As praias e as águas costeiras do país oferecem esportes aquáticos e atividades de praia como canoagem, caiaque, pesca esportiva, etc. Uma variedade de outros esportes como basquete, hóquei, natação, levantamento de peso, boxe, etc., são jogados no país.

Fonte: https://pt.ripleybelieves.com/culture-of-poland-2188

Curiosidades sobre a cultura alemã

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em alemão.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br
Curiosidades da Alemanha (costumes, dados e informações):
Os alemães adoram carne suína. A carne de porco é a mais popular do país e serve de base para diversos pratos típicos da culinária alemã. Além desta carne, as batatas e as salsichas também são muito consumidas nos país.
Exemplos de pratos típicos da culinária da Alemanha: Chucrute (conserva de repolho), Esbein (joelho de porco assado ou frito), boulette (bolinhos recheados com carne), Schlachtplatte (uma salsicha feita com sangue de porco; uma salsicha feita do figado; uma fatia de Bacon; pele, carne e gordura da barriga do porco; acompanhado de chucrute e pão) e Bratkartoffeln (cozido de batatas com bacon e cebolas).
A bebida alcoólica mais consumida na Alemanha é a cerveja. O povo alemão é um dos maiores consumidores mundiais desta bebida. No país, existem cerca de 1.200 cervejarias. Vale lembrar também que o maior festival de cerveja do mundo ocorre na cidade de Munique. É a famosa Oktoberfest.
O povo alemão também é um dos maiores consumidores de pães do mundo. No país, é possível encontrar cerca de 1.200 tipos de pães.
O açúcar mais consumido na Alemanha não é o derivado da cana-de-açúcar, como ocorre no Brasil, mas sim o de beterraba.
A montanha Zugspitze é o ponto mais alto do território alemão com 2.963 metros de altura.
A igreja mais alta do mundo fica na Alemanha. É a Catedral de Ulm com 161,5 metros de altura (equivalente a um prédio de 65 andares).
Com clima temperado úmido, a Alemanha é um dos países mais frios da Europa na época do inverno. Nesta estação, os termômetros podem atingir até 15 graus negativos.
A vida dos cachorros alemães não é das piores, pois estes animais tem acesso livre, obviamente com seus donos, a restaurantes, mercados, cafés e outros locais públicos.
Na Alemanha, a idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas é de 16 anos.
É considerado um dos países com maior número de invenções úteis da História. Exemplos: motor a diesel, aspirina, relógio de bolso, insulina, imprensa, dínamo, elevador elétrico, locomotiva elétrica, microscópio eletrônico entre outros.
Na Alemanha a TV pública é paga. Toda residência que recebe o sinal da tv pública alemã deve pagar cerca de 18 euros.
A Alemanha é o quinto melhor país do mundo para se viver (de acordo com o IDH de 2012), em função da alta qualidade de vida.
O futebol é o esporte número um na preferência do povo alemão. Vale lembrar que a seleção alemã de futebol já foi três vezes campeã da Copa do Mundo Fifa de Futebol.
A Alemanha possui o maior parque gerador de energia eólica do mundo. O país também é um dos maiores produtores de energia solar do mundo.
Os alemães adoram automóveis e, mais ainda, dirigir em alta velocidade. Uma das principais rodovias do país é a Autobahn, onde não há limite de velocidade (exceto em curvas acentuadas e proximidades de zonas urbanas).
Embora o alemão seja a língua oficial do país, existem diversos dialetos na Alemanha, que variam de região para região.
A bicicleta é um meio de transporte muito usado nas cidades alemãs, sendo que grande parte delas possuem sistemas de trânsito com ciclovias e bicicletários.
A Alemanha possui uma das menores taxas de natalidade do mundo (1,39 filhos por mulher).
A Alemanha possui a economia mais rica da União Europeia.
O Catolicismo e o Luteranismo são as religiões mais seguidas pelo povo alemão.Curiosidades da Alemanha (costumes, dados e informações):
Os alemães adoram carne suína. A carne de porco é a mais popular do país e serve de base para diversos pratos típicos da culinária alemã. Além desta carne, as batatas e as salsichas também são muito consumidas nos país.
Exemplos de pratos típicos da culinária da Alemanha: Chucrute (conserva de repolho), Esbein (joelho de porco assado ou frito), boulette (bolinhos recheados com carne), Schlachtplatte (uma salsicha feita com sangue de porco; uma salsicha feita do figado; uma fatia de Bacon; pele, carne e gordura da barriga do porco; acompanhado de chucrute e pão) e Bratkartoffeln (cozido de batatas com bacon e cebolas).
A bebida alcoólica mais consumida na Alemanha é a cerveja. O povo alemão é um dos maiores consumidores mundiais desta bebida. No país, existem cerca de 1.200 cervejarias. Vale lembrar também que o maior festival de cerveja do mundo ocorre na cidade de Munique. É a famosa Oktoberfest.
O povo alemão também é um dos maiores consumidores de pães do mundo. No país, é possível encontrar cerca de 1.200 tipos de pães.
O açúcar mais consumido na Alemanha não é o derivado da cana-de-açúcar, como ocorre no Brasil, mas sim o de beterraba.
A montanha Zugspitze é o ponto mais alto do território alemão com 2.963 metros de altura.
A igreja mais alta do mundo fica na Alemanha. É a Catedral de Ulm com 161,5 metros de altura (equivalente a um prédio de 65 andares).
Com clima temperado úmido, a Alemanha é um dos países mais frios da Europa na época do inverno. Nesta estação, os termômetros podem atingir até 15 graus negativos.
A vida dos cachorros alemães não é das piores, pois estes animais tem acesso livre, obviamente com seus donos, a restaurantes, mercados, cafés e outros locais públicos.
Na Alemanha, a idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas é de 16 anos.
É considerado um dos países com maior número de invenções úteis da História. Exemplos: motor a diesel, aspirina, relógio de bolso, insulina, imprensa, dínamo, elevador elétrico, locomotiva elétrica, microscópio eletrônico entre outros.
Na Alemanha a TV pública é paga. Toda residência que recebe o sinal da tv pública alemã deve pagar cerca de 18 euros.
A Alemanha é o quinto melhor país do mundo para se viver (de acordo com o IDH de 2012), em função da alta qualidade de vida.
O futebol é o esporte número um na preferência do povo alemão. Vale lembrar que a seleção alemã de futebol já foi três vezes campeã da Copa do Mundo Fifa de Futebol.
A Alemanha possui o maior parque gerador de energia eólica do mundo. O país também é um dos maiores produtores de energia solar do mundo.
Os alemães adoram automóveis e, mais ainda, dirigir em alta velocidade. Uma das principais rodovias do país é a Autobahn, onde não há limite de velocidade (exceto em curvas acentuadas e proximidades de zonas urbanas).
Embora o alemão seja a língua oficial do país, existem diversos dialetos na Alemanha, que variam de região para região.
A bicicleta é um meio de transporte muito usado nas cidades alemãs, sendo que grande parte delas possuem sistemas de trânsito com ciclovias e bicicletários.
A Alemanha possui uma das menores taxas de natalidade do mundo (1,39 filhos por mulher).
A Alemanha possui a economia mais rica da União Europeia.
O Catolicismo e o Luteranismo são as religiões mais seguidas pelo povo alemão.

Fonte: https://www.alemanhaeamusica.com.br/index.php/curiosidades-sobre-a-cultura-alema

OS LUGARES MAIS LINDOS DA ALEMANHA

Assista esse vídeo que mostra os lugares mais bonitos da Alemanha:

Canal: O Alemão

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Intérprete simultâneo de alemão.
http://www.espanglish.com.br
(41)3308-9498 / (41)99667-9498
atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Conheça as famosas comidas típicas da Alemanha

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Intérprete simultâneo de alemão.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Difícil encontrar alguém que não fique satisfeito com as comidas típicas da Alemanha. Marcada por pratos robustos, a gastronomia alemã é lembrada pelos ingredientes marcantes.

De fato, a culinária do país não está entre as mais sofisticadas do mundo. Mas nem por isso é menos deliciosa.
Nos pratos típicos da Alemanha, os protagonistas são a carne de porco, o repolho, a batata e as salsichas.

No Brasil, é bem fácil encontrar essas delícias emcidades colonizadas pelos alemães, que mantêm algumas de suas tradições, como Blumenau (SC) e os municípios da Rota Romântica, como Morro Reuter e Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul.

Se você vai visitar a Alemanha em breve, simplesmente não pode deixar de experimentar os comidas típicas da cozinha germânica. A seguir, vamos falar um pouquinho sobre eles.
5 comidas típicas da Alemanha para experimentar

Não se deixe assustar pelos nomes estranhos: a culinária da Alemanha tem alguns sabores parecidos com os do Brasil e, certamente, pelo menos um dos pratos típicos abaixo vai agradar você. Certifique-se de prová-los:

1. Bratkartoffeln

Batata alemã
Batatas protagonizam os pratos típicos da Alemanha. Foto: iStock, Getty Images

A essência desse prato típico da Alemanha é a batata, um dos ingredientes mais consumidos no território germânico.

Bratkartoffeln é simplesmente um cozido feito com batatas e especiarias, como cebola, bacon, alho e sal. Trata-se de uma receita simples, mas bastante comum nas casas dos alemães.

A batata também protagoniza outros pratos interessantes, como o Kartoffelpuffer (que consiste em uma mistura de batatas raladas com farinha de trigo, ovos e tempero, formando uma espécie de panqueca) e a Kartoffelsalat, a famosa salada de batatas.

2. Sauerkraut

sauerkraut
Sauerkraut é o legítimo chucrute alemão. Foto: iStock, Getty Images

Na tradução literal, Sauerkraut é o tradicionalchucrute – elaborado com a partir da conserva de repolho fermentado.

A receita tradicional tem um toque bem azedinho. Geralmente, ele é servido como acompanhamento de alguma carne de porco.

3. Eisbein

Eisban
Joelho de porco é outro ingrediente tradicional consumido pelos alemães. Foto: iStock, Getty Images

Esta é uma comida típica alemã que costuma causar certo estranhamento aos estrangeiros. Eisbein nada mais é do que o joelho de porco cozido, um prato muito tradicional da Alemanha.

Ele normalmente é preparado com especiarias e servido com batatas e chucrute.

Já a versão assada da carne é chamada de Schweinshaxe – e também é bastante popular nos restaurantes alemães.

4. Wurst

Wurst
Salsichas alemãs são consumidas em todo o território germânico. Foto: iStock, Getty Images

Impossível falar em Alemanha sem mencionar o Wurst. Na verdade, esse é um termo genérico para se referir às salsichas alemãs.

Há mais de 1500 diferentes tipos delas no país, elaboradas com ingredientes como carnes nobres de porco, vaca, vitela ou até uma combinação entre todas.

Dependendo do método de fabricação, o Wurst pode se parecer mais com uma linguiça, uma salsicha ou um patê.

Os tipos mais consumidos em solo alemão variam de acordo com a região. A Frankfurter e a Krakauer, por exemplo, são salsichas de coloração bemavermelhada.

Em Berlim, é fácil encontrar a Currywurst, que é fatiada e temperada com molho curry. Já no sul da Alemanha, fazem mais sucesso as salsichas brancas. Experimente todas para escolher sua favorita!

5. Käsespätzle

Spaetzle
Spätzle é uma massinha típica da Alemanha. Foto: iStock, Getty Images

Outra comida típica deliciosa da Alemanha para incluir no seu itinerário gastronômico é a Käsespätzle.

Trata-se de um prato bem comum na região sul do país, perto de Stuttgart, que consiste em uma massinha feita com farinha de trigo e ovos, cozida em água fervente e acompanhada de um molho de queijo.

Conforme manda a tradição, a massa é servida direto da panela quente, o que garante um charme todo especial ao prato.

Fonte: https://mapadomundo.org/alemanha/comidas-tipicas-da-alemanha/

Os Estilos De Música Mais Populares Da Espanha

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em espanhol.

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

A música é parte integrante da vida espanhola e é no centro de todo festival e celebração. Do flamenco famoso e extravagante ao sabor único do rock alternativo do país, as diversas regiões da Espanha produzem e desfrutam de diferentes sons. Há uma gama enorme para os amantes da música explorarem, mas para começar, aqui está o nosso guia para os tipos de música que são mais apreciados em Espanha.

Guitarra Clássica

Quando pensa em música espanhola, uma das primeiras imagens que podem aparecer na sua cabeça são de um guitarrista espanhol tocando na Andaluzia, onde a guitarra foi inventada. O violão clássico espanhol foi levado a novos patamares por nomes como Carlos Montoyo, Manuel de Falla, Joaquín Rodrigo e Narciso Yepes, e muitos acreditam que Andrés Segovia estabeleceu o violão clássico como um gênero por si só.

Pop

Macarena , alguém? A música pop é tão grande na Espanha quanto em qualquer outro lugar. Embora muito do que você vai ouvir em bares e clubes seja americano ou britânico, a Espanha também tem muitos talentos locais. Bandas espanholas são famosas por produzirem algumas das músicas pop mais bacanas do Los Del Rio e seu hit dos anos 90, ‘Macarena’ (que você ainda pode ouvir em clubes espanhóis) para David Bisbal, e mais recentemente, os gostos de O indie rock é enorme na Espanha, com lendas indie como Los Planetas creditados com a explosão de popularidade do gênero aqui. Mais recentemente, bandas locais fazendo ondas na Espanha e no mundo todo incluem o peculiar Pony Bravo e Fuel Fandango, que incorporam tudo do rock ao flamenco em seu som.

Fuel Fandango | Imagem cedida por http://www.fuelfandango.com

Bacalao

De volta ao dia (em meados dos anos 80, para ser exato) Valência era a capital espanhola do hedonismo, uma espécie de mechica dos clubes anos antes de alguém saber sobre Ibiza. E muitos dos clubes tocavam um tipo de música chamada

bacalao;

que significa ‘cod’ em espanhol, a palavra vem de gírias usadas por DJs valencianos para descrever boa música importada do exterior em meados dos anos 80 (nada da Nova Ordem às Irmãs da Misericórdia.) Hoje você ainda pode encontrar um ou dois clubes em Valência com uma história que remonta a esse tempo, e a cidade continua sendo um ótimo lugar para festejar. Jazz Jazz tem um grande número de seguidores na Espanha, com cada cidade ostentando um par de excelentes bares de jazz fazendo shows de artistas locais e internacionais. Festivais de jazz são realizados em toda a Espanha no verão, de Barcelona a San Sebastián.

Clássica

As cidades da Espanha abrigam incríveis casas de show clássicas de classe mundial. Grandes concertos em Madri acontecem no magnífico Auditório Nacional de Música, sede da orquestra nacional espanhola. Em Barcelona, pode apanhar grandes nomes em concerto no excêntrico art nouveau Palau de la Música, enquanto o próprio Palau de la Música de Valência também organiza um programa completo de eventos com artistas locais e nacionais. Em todas as três cidades (e outras em toda a Espanha), numerosos concertos ao ar livre também acontecem em parques e jardins no verão

Palau de la Musica, Valencia | Cortesia do Turismo de Valência

Jota

Os estilos musicais mais tradicionais ainda estão prosperando na Espanha hoje. Um deles é o jota, que mistura violão, castanholas, pandeiros e às vezes a flauta. O estilo, popular em toda a Espanha, é dito ter origem em Aragão, e agora você pode ver variações consideráveis de uma região para outra.

Zarzuela

Outra forma tradicional de música, zarzuela é uma espécie de ópera popular que começou como uma espécie de entretenimento judicial no Palacio de la Zarzuela, perto de Madrid. Essa forma de arte expressiva foi suprimida sob Franco em seus esforços para tornar a cultura espanhola uniforme em todas as regiões, mas depois de sua morte a forma se tornou incrivelmente popular, especialmente com a geração mais jovem, e hoje você pode ouvir na TV e rádio. >Cantos gregorianos

Fonte: https://pt.yourtripagent.com/1707-10-most-popular-styles-of-music-in-spain