Cinema argentino em Curitiba

A CAIXA Cultural traz a Curitiba a mostra Histórias extraordinárias: cinema argentino contemporâneo. Entre os dias 17 e 24 de abril, serão apresentados 24 longas e curtas-metragens que revelam a vitalidade e a força criativa do cinema produzido na Argentina. Com curadoria de Natalia Christofoletti Barrenha, pesquisadora de cinema argentino, e Agustín Masaedo, programador do Buenos Aires Festival Internacional de Cinema Independente (BAFICI), a programação apresenta tanto obras premiadas em festivais argentinos e internacionais quanto produções com sólidas passagens pelo circuito comercial.

Apesar disso, e do crescente interesse do público brasileiro pelo cinema argentino, a maioria dos filmes selecionados tiveram escassa ou nula visibilidade no Brasil. Assim, o evento busca ampliar o olhar dos espectadores curitibanos sobre uma das cinematografias mais expressivas, diversas e reconhecidas internacionalmente. “A programação conta com uma porção de comédias, com filmes que abordam temas necessários e urgentes sem perder o humor, a capacidade de rir de si mesmo, de questionar com leveza. Em um momento em que tanto no Brasil como na Argentina temos uma situação política complicada, e nossas sociedades se encontram extremamente polarizadas, com uma triste dificuldade para entabular um diálogo, esse tipo de abordagem, a partir da leveza, é extremamente inspirador”, reflete a curadora Natalia Christofoletti Barrenha.

Entre os destaques selecionados, está o documentário As lindas (2016), da estreante Melisa Liebenthal, premiado na seção Bright Future do Festival de Rotterdam. O público também poderá assistir aos vencedores das duas últimas edições do Buenos Aires Festival Internacional de Cinema Independente (BAFICI): A longa noite de Francisco Sanctis (2016), dos também estreantes Andrea Testa e Francisco Márquez; e A vendedora de fósforos (2017), de Alejo Moguillansky, diretor e montador já consagrado, de trajetória prolífica e presença frequente nos principais festivais internacionais.

Neste mês de abril, em que o BAFICI – um dos mais importantes festivais da América Latina, vitrine fundamental para a produção do chamado nuevo cine argentino – chega à sua 20a edição, a mostra também marca o vigésimo aniversário de estreia e premiação do filme Pizza, cerveja, baseado (1997) no Festival Internacional de Cine de Mar del Plata, considerado o ponto de partida do nuevo cine. “O filme é de uma força surpreendente, de que algo nasceu mesmo, e o que veio antes eram lampejos de algo em gestação, e o que veio depois está influenciado por ele de alguma forma”, avalia Natalia.

Assim, parte da mostra celebra o momento fundador da pungente produção cinematográfica do país vizinho. Duas décadas depois, o público brasileiro poderá se reencontrar com a ópera prima de Israel Adrián Caetano e Bruno Stagnaro, mergulhar na genealogia do nuevo cine com os curtas-metragens seminais de Histórias breves I (1995) e descobrir, na selvagem loucura do documentário Bonanza (2001), de Ulises Rosell, que as rupturas desse “movimento” transcenderam o cinema de ficção.

A programação se completa com a exibição especial de um dos filmes mais aguardados dos últimos anos: o elogiado Zama (2017), de Lucrecia Martel, inspirado na novela homônima de Antonio Di Benedetto, além de um documentário que acompanha a diretora em seu processo de criação durante as filmagens: Anos-luz (2017), de Manuel Abramovich.

“Os dez filmes da mostra principal terminaram formando um sistema perfeitamente homogêneo, com sua própria lógica interna e relações complementares ou contrastantes: um modelo na escala do cinema argentino atual; sua liberdade, suas buscas e suas contradições. Descobrir essas conexões secretas, reconstruir a imagem completa a partir de seus fragmentos, é uma razão mais que suficiente para fazer um esforço e não perder nenhum desses filmes”, garante o curador Agustín Masaedo.

Fonte: http://www.paranaportal.uol.com.br

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em espanhol e castelhano.

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

 

Conexão Espanha-Brasil

Espanhóis

Durante 60 anos, o Brasil foi governado por reis espanhóis: Felipe II 1580-1591 Felipe III 1598-1621 Felipe IV 1621-1640 Os capitães povoadores tinham grandes poderes no começo do século XVII. Não se limitavam ao comando de governos militares, suas atribuições eram tanto de ordem militar como civil. Administravam os povos da sua jurisdição de forma quase absoluta. Tanto Gabriel de Lara, no litoral, como o Capitão Martins Leme, em Curitiba, exerceram funções políticos-Administrativa e militar, cumulativamente. Ambos tiveram grande influencia e representaram papel saliente na criação das respectivas vilas de Paranaguá e de Curitiba. Lara não somente foi, durante 36 anos, o condutor do primeiro grupo de povoadores efetivos de Paranaguá, como foi também, o incentivador de núcleos expontâneos de povoamento de Curitiba.

Conheça o Centro Espanhol do Paraná: https://www.centroespanhol.com.br/

Espanglish Traduções

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução simultânea em espanhol.

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Polônia turismo: Cidade Velha am Varsóvia, Castelo Real, Palácio da Cultura e Ciência

Assista esse vídeo que mostra um pouco do turismo na Polônia:

canal: música turismo entretenimento

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradutor Juramentado Polonês em São Paulo.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

CIDADES HOLANDESAS

Assista esse vídeo que mostra algumas cidades holandesas:

canalRubens Cruz

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução de Manuais de Holandês em São Paulo.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

São Paulo recebe nova edição do Peru Week com 70 empresas participantes

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Intérprete Coreano em São Paulo.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

São Paulo receberá mais uma edição da Peru Week, que promete movimentar os mercados do turismo e da gastronomia da capital, com um total de 70 empresas participantes. A 6ª edição da principal campanha de promoção do turismo e da gastronomia do Peru será realizada de 7 a 22 de novembro, em todo o Brasil, com o total de 200 ofertas de viagens ao Peru, diversas passagens aéreas em promoção e menus especiais com preços pra lá de convidativos, oferecidos por restaurantes peruanos espalhados pelas principais capitais brasileiras.

Na capital paulista, a Peru Week 2018 conta com 70 parceiros, sendo 42 operadoras de turismo vendendo pacotes a preços convidativos para vários destinos do Peru, as companhias aéreas Avianca e Latam com tarifas promocionais, e 28 restaurantes peruanos oferecendo menus especialmente elaborados com preços especiais durante a campanha.

Para saborear um pouco da reconhecida gastronomia peruana, uma das mais premiadas do mundo, os 28 restaurantes peruanos espalhados por São Paulo participarão do evento, oferecendo menus incluindo welcome drink preparado com Pisco (bebida típica peruana feita à base de uva), entrada, prato principal e sobremesa, durante os 16 dias da campanha (de 7 a 22 de novembro), por valores que vão de R$ 50,00 a R$ 120,00.

Depois de provar e aprovar o melhor da culinária peruana, é chegada a vez de organizar as próximas férias e viajar ao Peru. São dezenas de ofertas especiais das principais operadoras de turismo de São Paulo, que oferecem pacotes de viagens completos, com preços convidativos e condições de parcelamento favoráveis. Os pacotes variam também de acordo com as datas para viajar, opções de hospedagens e destinos a serem visitados.

fonte: https://www.mercadoeeventos.com.br/feiras-e-eventos/sao-paulo-recebe-nova-edicao-do-peru-week-com-70-empresas-participantes/

COMPRAS DE SUPERMERCADO NA ESPANHA 2018

Assista esse vídeo que mostra um brasileiro, que mora na Espanha, mostrando um pouco do supermercado de lá:

canalCanal Simbora

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Juramentada de Espanhol em São Paulo.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Escolas públicas de São Paulo terão aulas gratuitas de italiano

Espanglish Traduções oferece seus serviços de Tradução Simultânea em São Paulo nas línguas espanhola, inglesa, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

O cônsul-geral italiano em São Paulo, Filippo La Rosa, assinou nesta quarta-feira (24) um acordo de parceria com a Prefeitura de São Paulo para o ensino do idioma italiano em escolas da rede pública. Ao todo, 200 professores que já atuam na rede pública estão recebendo aulas e treinamentos, patrocinados pelo governo italiano, para que possam dar aulas do idioma na rede. A rede pública de São Paulo conta com 85 mil professores e 1 milhão de alunos, sendo 500 mil apenas no Ensino Fundamental. “Quando encontrei o prefeito Bruno Covas, há 40 dias, a primeira coisa que ele falou foi ‘precisamos do ensino da língua italiana’, assim como outros prefeitos do estado de São Paulo”, contou La Rosa. “O italiano era um curso pedido há muito tempo”, completou.

O cônsul ressaltou que “o italiano não é somente o idioma dos avós, mas também é o idioma do design, do automobilismo, do canto lírico, do direito, da igreja católica. Tem um viés profissional e as pessoas procuram o italiano por isso hoje em dia”.

“Cada dia notamos mais interesse de estudantes em fazer faculdade na Itália”, afirmou. As aulas já estão sendo oferecidas tanto para os professores quanto para os alunos, e serão completamente implementadas a partir do próximo semestre, em horários alternativos em cada escola. “Esse projeto é importante por ser estratégico, pois nos ajuda a buscar jovens talentos brasileiros que têm interesse na Itália, ressaltou La Rosa. “Faremos de tudo para que o processo vá adiante e possa crescer”, garantiu. Por sua vez, o secretário de Educação da cidade de São Paulo, Alexandre Schneider, afirmou que já é possível pensar em extensões para o acordo. Uma das ideias seria realizar palestras, mostras culturais e atividades sobre a Itália dentro da rede pública de ensino.

“Há grande potencial. Podemos fazer várias coisas, além das aulas de língua italiana. Temos, por exemplo, os CEUs, então por que não pensar eventualmente em mostras, exposições, para levar para a periferia um pouco da Itália?”, sugeriu. “Assim, um professor ou aluno de italiano pode ter uma vivência mais completa e uma relação direta com a cultura do país”, afirmou.

fonte: https://www.metrojornal.com.br/foco/2018/10/25/escolas-sao-paulo-aulas-gratuitas-italiano.html