COREANO PARA INICIANTES – AULA 1 (INTRODUÇÃO)

Assista esta videoaula para iniciantes de coreano. (obrigado, Aprendendo Coreano).

Espanglish Traduções oferece os seus serviços da tradução em Coreano. Tradução juramentada, técnica, legendas e tradução simultânea e consecutiva em Coreano.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Anúncios

Nova Zelândia testa robô coreano que facilita tratamento de doença pulmonar

Pessoas que sofrem de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), problema respiratório associado à exposição ao tabagismo e a gases tóxicos, podem ganhar uma mãozinha da tecnologia para completar o tratamento com sucesso: o iRobi, um robô coreano recentemente testado por pesquisadores neozelandeses em estudo publicado no Journal of Medical Internet Research.

O iRobi funciona como um assistente. Além de monitorar e enviar parâmetros básicos da saúde do paciente para os pesquisadores, ele permite pedir ajuda e, mais importante, lembra quando é hora de tomar os remédios e fazer as inalações e os exercícios do tratamento, que depende, entre outros fatores, da disciplina com que as pessoas seguem as recomendações médicas.

Apesar de ter cura, a DPOC está entre as complicações de saúde que mais matam em todo o mundo.  Segundo o estudo dos neozelandeses, a taxa de pessoas com a doença pulmonar que seguem as orientações dos médicos com rigor é de apenas 50%, o que é alarmante. A inclusão do iRobi ao longo de 4 meses na rotina de um grupo de 25 pessoas, porém, permitiu confirmar que a tecnologia é capaz de exercer grande poder de influência sobre o tratamento, reduzindo as hospitalizações.

Além de monitorar e transmitir dados como oximetria de pulso, volume de expiração forçada, batimentos cardíacos e nível de consciência dos pacientes, o robô atua como um assistente, lembrando da necessidade de uso de medicamentos e da execução de exercícios. Ele também é equipado com um botão de emergência que envia dados para a avaliação de uma equipe de plantão, além de alertar os médicos sobre a falta de regularidade nas ações que devem ser seguidas pelos pacientes – o que pode reduzir significativamente as chances de sucesso do tratamento.

Tecnologia a serviço da Medicina

O uso de robôs na área de saúde física e mental é cada vez mais comum. Eles tornam os tratamentos mais baratos e menos complexos, ajudando também a diminuir sintomas de depressão e ansiedade, comuns entre pacientes que sofrem com os mais variados tipos de enfermidades.

Apesar de deixarem evidente que a tecnologia pode, de fato, auxiliar a recuperação de pacientes com diferentes complicações de saúde, casos como o do iRobi demandam estudos mais aprofundados antes de serem definitivamente incorporados à rotina de médicos e pacientes. É o que será feito daqui em diante, então ainda não é possível prever quando o robô será comercializado.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/ciencia/127533-nova-zelandia-testa-robo-coreano-facilita-tratamento-doenca-pulmonar.htm

Espanglish Traduções oferece os seus serviços de tradução na língua coreana.

Tradução de Coreano. Tradução Simultânea em Coreano.
Tradução Técnica em Coreano. Legendas de vídeos em Coreano. Tradução Juramentada em Coreano. Tradução Consecutiva em Coreano. Tradução Escrita em Coreano.

http://www.espanglish.com.br 

(41)3308-9498 / (41)99667-9498

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

 

Casa para youtubers será inaugurada dia 12 de março em Salvador

Um ambiente voltado exclusivamente aos youtubers que atuam com foco em música, entretenimento, humor e lifestyle. Essa é a proposta da Casa Salvador, localizada na Barra. Idealizada e administrada pela California Media House, a casa será lançada no dia 12 de março.

No imóvel, equipado com cinco estúdios de alta tecnologia em áudio e vídeo, já estão programados produções com youtubers de relevância nacional e internacional, gravação de clipes, eventos ao vivo, realitys e cursos com especialistas.

“Desenvolver projetos especiais para a plataforma do youtube sempre foi um dos focos da nossa empresa. Já realizamos o Live do Youtube Carnaval, com 7 anos de duração, e administramos os conteúdos da FitDance, um fenômeno de audiência com mais de 2 bilhões de views. Esse histórico de trabalhos bem sucedidos nos fortalece ainda mais para realizar este sonho,  que irá gerar oportunidades de novos projetos de sucesso junto aos youtubers locais e nacionais”, destaca Bruno Duarte, presidente da California Media House e fundador da FitDance.

O projeto tem como primeira patrocinadora a Prefeitura de Salvador, que tem como objetivo fomentar a indústria criativa e despertar o interesse dos influenciadores digitais e youtubers na produção de conteúdo que aumentem o interesse no consumo da cidade do Salvador enquanto destino turístico e cultural. O patrocínio, que faz parte do programa Salvador 360,  prevê a geração de um pacote de conteúdos especiais em parceria com os YouTubers e o lançamento de um novo canal na plataforma: o YouTube.com/Salvador.

Outra parceira confirmada é a própria FitDance, maior empresa de dança do Brasil, que investirá em um centro de criação de coreografias, aulas especiais de dança e novos estúdios, denominados FitDance Space. A casa ainda contará com serviço de alimentação, assinada pela Red Burguer, e eventos de entretenimento que visam estimular o network e colaboração entre os criadores.

Fonte: http://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/casa-para-youtubers-sera-inaugurada-dia-12-de-marco-em-salvador/

Espanglish Traduções oferece os seus serviços de tradução na língua inglesa, espanhola, francesa, alemã, italiana, russa, holandesa, portuguesa (PT), japonesa, coreana, entre outras.

Disputa por aeroportos deve atrair empresas estrangeiras

Com as grandes construtoras penduradas na Lava Jato, a licitação de aeroportos deve ser protagonizada pelas companhias internacionais

O primeiro leilão de concessão da era Temer deve ter uma cara bem diferente das disputas verificadas nos governos Lula e Dilma Rousseff. Com as grandes construtoras penduradas na Lava Jato e sem a presença da Infraero, a licitação dos aeroportos de Salvador (BA), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS) e Florianópolis (SC), marcada para quinta-feira, deve ser protagonizada pelas companhias internacionais e fundos de investimentos.

A lista de candidatos às concessões é ampla. Entre as operadoras estrangeiras de aeroportos, estão as espanholas AviAlliance, Aena e OHL, a suíça Zurich, a argentina Corporación América, a alemã Fraport e a francesa Vinci. Do lado brasileiro, surgem grandes fundos como Pátria e Vinci Partners, a empresa de infraestrutura CCR e algumas construtoras, como a CR Almeida.

Na semana passada, a maioria delas estava debruçada sobre planilhas para traçar as estratégias e definir se vão ou não participar da disputa. Apesar de terem de entregar as propostas hoje na BM&F Bovespa, na sexta-feira algumas ainda tentavam ter aprovação dos acionistas para entrar no leilão e outras trabalhavam em acordos com construtores caso vençam a concessão.

Fontes ouvidas pela reportagem afirmam que a tendência é que as estrangeiras participem da licitação em parceria com empresas ou fundos brasileiros. É o modelo seguido pela AviAlliance, que se uniu ao Pátria, e pela Zurich, com a Vinci Partners. No mercado, também se cogitava a parceria entre a Fraport e a CR Almeida. Mas algumas podem entrar sozinhas, como a Corporación América, que administra os aeroportos de Brasília e de Natal.

Ao contrário do que ocorreu nas concessões passadas, protagonizadas pelas grandes construtoras, agora boa parte das empreiteiras não deve entrar como investidora, mas apenas no consórcio construtor. Para alguns grupos, a escolha da empresa que vai tocar as obras deve ficar para um segundo momento, depois da disputa. Mas, para reduzir os riscos, empresas estrangeiras têm preferido fechar acordos antes de entregar a proposta. Segundo fontes, Racional e Queiroz Galvão estavam entre as candidatas para tocar as obras de alguns grupos.

Apesar da quantidade de interessados que estudaram os quatro aeroportos, ninguém garante que o leilão será competitivo nem se terá ágios elevados como nas concessões passadas (Guarulhos, 373%; Brasília, 673%; Viracopos, 159%; Galeão, 294%; e Confins, 66%). Em todos esses aeroportos, havia participação direta ou indireta de construtoras.

Competição

“Esse leilão está mais justo. Pode não ter ágio (como no passado), mas terá pretendente”, afirma o sócio da BF Capital, Renato Sucupira, que fez os estudos de viabilidade dos quatro aeroportos que vão a leilão (dois foram selecionados pelo governo). Em Brasília, o clima também é de cautela. Fontes do governo acreditam que o leilão terá interessado, mas não descartam a possibilidade de algum lote dar vazio, ou seja, não ter interessado.

De fato, a preocupação aumentou na sexta-feira, quando a espanhola OHL, com um grupo coreano (KAC), desistiu de participar do leilão. Um dos entraves, que também pode afastar a presença da CCR, é a questão da defasagem de demanda. Os estudos do governo são de 2015. Mas, no ano passado, o volume de passageiros caiu 19% em Salvador, 13% em Fortaleza, 9% em Porto Alegre e 5% em Florianópolis, afirmam fontes que estão acompanhando os estudos. Isso atrapalha a elaboração da proposta, diz um candidato ao leilão.

Por outro lado, houve correções em relação ao processo anterior. A Infraero, que nos últimos leilões teve participação compulsória de 49% em todos os aeroportos, foi excluída das concessões. Essa foi uma medida para tentar atrair investidor estrangeiro já que as grandes construtoras, que lideraram os consórcios vencedores dos leilões passados, não têm capacidade financeira para entrar na disputa. Além disso, houve melhora nas condições de pagamento das outorgas, afirmou outro candidato à licitação.

Estrangeiros

Segundo especialistas, a expectativa é que os aeroportos do Nordeste tenham mais competição. Uma das explicações é a maior proximidade com a Europa e a possibilidade de trazer voos internacionais diretos para Salvador e Fortaleza. “O apelo comercial é maior, já que esses terminais têm maior capacidade de trazer estrangeiros”, disse uma fonte. De qualquer forma, alguns aeroportos também têm problemas delicados que afetam as decisões dos investidores.

Em Salvador, por exemplo, a construção da segunda pista terá de ser feito em uma área de dunas, o que significa ter problemas com órgãos ambientais. O edital tentou resolver a questão, dizendo que se não for possível construir haverá um reequilíbrio econômico para retirar as obrigações do concessionário. “Mas é um fator de insegurança”, disse uma empresa interessada no leilão. A extensão da pista de Porto Alegre também sofre algumas restrições, já que há uma invasão na área.

Para o governo, o leilão desta semana pode dar fôlego novo à economia, que vem de dois anos de recessão. De acordo com o edital de licitação, os quatro aeroportos vão exigir investimentos de 6,61 bilhões de reais durante o período de concessão. Além disso, o leilão vai reforçar o caixa do Tesouro, já que uma parte da outorga terá de ser paga à vista (25% do preço mínimo mais ágio). No mínimo, o governo federal, que vive grave crise fiscal, pode arrecadar cerca de 750 milhões de reais.

Fonte: http://veja.abril.com.br/economia/disputa-por-aeroportos-deve-atrair-empresas-estrangeiras/

Espanglish Traduções oferece serviço de tradução em Inglês, coreano e em mais de 20 idiomas. Consulte.

Serviço de tradução simultânea e consecutiva em Salvador, Bahia. Tradução Juramentada em Salvador. Tradução técnica (manuais, folhetos, etc) na Bahia e todo o Nordeste.

http://www.espanglish.com.br

atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

(41)3308-9498 / 99667-9498