O OSCAR E A INTERPRETAÇÃO SIMULTÂNEA!

A 88ª edição do Oscar (The Academy Awards), a mais antiga cerimônia de premiação na mídia e um dos maiores eventos televisivos do mundo, aconteceu no dia 28 de fevereiro de 2016. E como sempre, foi transmitido para cerca de 200 países. Porém, para que o evento seja compreendido em vários destes países, os canais de televisão utilizam da interpretação para atender ao seu público, e no Brasil, utilizam da interpretação simultânea para transmiti-lo.
Quem nunca assistiu à transmissão do Oscar e teve uma crítica sobre a tradução simultânea “desleixada”? Muitas vezes, até profissionais com a maior experiência em interpretação recebem críticas negativas sobre seu trabalho.
Resolvi pesquisar porque a interpretação simultânea deste evento é tão difícil. No texto “Oscar Tradução Simultânea e o Porta dos Fundos”, Ulisses Wheby de Carvalho – Intérprete de Conferência e Responsável pelo Tecla SAP desde 1997 – de acordo com sua experiência em Interpretação, aponta alguns itens que tornam esse trabalho complexo.
• REFERÊNCIAS LOCAIS
“No Oscar, como em outros eventos afins, são mencionados programas de TV, episódios da vida cotidiana, nomes de políticos, esportistas e subcelebridades que não são, em geral, do conhecimento dos brasileiros. Além disso, não são raras as referências à cultura judaica, muito presente no dia a dia de certas regiões americanas e no mundo do cinema, algo bem menos comum no Brasil. Prova disso são as palavras em iídiche que fazem parte do inglês falado nos Estados Unidos.”
• UNIVERSO CINEMATOGRÁFICO
“São inevitáveis as menções aos ícones do cinema, desde nomes de filmes e atores consagrados e reconhecidos pelo público em geral até diretores e profissionais menos conhecidos por quem não vive o dia a dia de Hollywood. Não é todo mundo que tem na ponta da língua o nome do roteirista que ganhou o Oscar em 2004, nem do diretor de fotografia daquele filme maravilhoso.”
• FOFOCAS
“A única vez em que assisti à cerimônia de entrega do Oscar e entendi a quase totalidade das piadas foi justamente no ano em que morei no Canadá. Ao longo dos três meses que antecederam a noite de gala, pude acompanhar nos programas de televisão, nos jornais e, é claro, nos cinemas tudo o que se falava sobre os filmes, sobre os vestidos, jóias e penteados das estrelas, sobre quem namorava quem, quem havia traído quem etc.”
• PIADAS E TROCADILHOS
“Os trocadilhos, puns ou play on words em inglês, e as piadas, jokes, não são exclusividade das transmissões ao vivo de cerimônias de premiação, como a do Oscar, mas são particularmente frequentes nesses programas por conta da própria natureza do evento. Nem preciso dizer que os trocadilhos e as piadas são uma dor de cabeça enorme até para quem faz tradução escrita – e que tem tempo para refletir, experimentar e, se necessário, buscar outra solução -, imagine para o intérprete de conferência que tem, em média, de dois a três segundos para tomar uma decisão.”

• IMITAÇÕES
“Já tive que traduzir um orador que, em certo momento, resolveu contar um episódio sobre Richard Nixon. O simpático conferencista começou a imitar o jeito peculiar de falar do ex-presidente americano. O que eu fiz? Traduzi só o relato, é claro.”
• ÁUDIO SUJO
“Algumas vezes, o áudio que vem do exterior chega aos ouvidos do intérprete com interferências. Por exemplo, na volta dos comerciais, o som da vinheta não para assim que os apresentadores começam a falar. O mesmo se aplica quando é chamado o intervalo, ou seja, a música começa antes mesmo de os mestres de cerimônia pararem de falar. As palmas e o som ambiente do auditório em que é realizada a cerimônia de entrega do Oscar também podem prejudicar o trabalho. Sem contar a comunicação dos técnicos da emissora de TV, que, eventualmente, geram ruído no áudio original.”

Com certeza, o desafio do profissional de interpretação é muito grande ao realizar um evento como este!

FONTE: http://www.teclasap.com.br/traducao-simultanea-oscar-e-porta-dos-fundos                                                                                                                                                                                        A ESPANGLISH Tradução Simultânea fala sua língua. Temos uma equipe afiadíssima de intérpretes que trabalham nos idiomas habitualmente utilizados em eventos no Brasil: Inglês, Português, Espanhol. Também organizamos equipes de tradutores simultâneos ou consecutivos de francês, alemão, italiano, japonês, coreano, russo, chinês, hebraico e outros idiomas no seu evento. Preferimos trabalhar com intérpretes AIIC e APIC, com mais de 10 anos de experiência em simultânea.

Espanglish fornece serviços em mais de 30 idiomas . Faça um orçamento sem compromisso!

http://www.espanglish.com.br

(41)3308-9498 / 9667-9498    atendimento@espanholinglescuritiba.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s